Geografia

Cine PW: Uma história de amor e fúria

Salve, salve turma! O Cine PW indica hoje a animação “Uma história de amor e fúria”. A animação retrata o amor entre um herói imortal e Janaína, a mulher por quem é apaixonado há 600 anos. Como pano de fundo do romance, o longa de Luiz Bolognesi ressalta quatro fases da história do Brasil: a colonização, a escravidão, o Regime Militar e o futuro, em 2096, quando haverá guerra pela água. Destinado ao público jovem e adulto com traço e linguagem de HQ, o filme traz Selton Mello e Camila Pitanga dublando os protagonistas. A obra conta ainda com a participação de Rodrigo Santoro, na pele do chefe indígena e de um guerrilheiro. (Fonte) [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=e8pzqnvV4AY&w=560&h=315]

Hiroshima e Nagasaki – 68 anos após as explosões

No dia 06 agosto de 1945, exatamente 68 anos atrás, uma bomba selou o destino da cidade japonesa de Hiroshima. Três dias depois, no dia 09 de agosto, foi a vez da cidade de Nagasaki. Lançadas por bombardeiros da força área dos Estados Unidos, sob as ordens do então presidente Harry S. Truman, o poder de destruição das bombas arrasou as duas cidades e matou milhares de pessoas. O governo japonês não encontrou outra alternativa a não ser se render em 15 de agosto de 1945, e assim, em 2 de setembro do mesmo ano acabava a Segunda Guerra Mundial. A bomba que arrasou Hiroshima matando cerca de 166 mil pessoas, era chamada de “Little Boy” (figura 1) e possuía[…]

Cine PW: Hannah Arendt

Salve, salve turma! Sem dúvida Hanna Arendt é uma das figuras mais importantes da filosofia do século XX. Dentre os seus trabalho destaca-se o estudo do Totalitarismo e a defesa do “pluralismo” político, conceito que potencializaria a liberdade e igualdade política entre as pessoas. Com esse pensamento, Arendt se situava de forma crítica ante a democracia representativa e preferia um sistema de conselhos ou formas de democracia direta. (saiba mais) [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=2SG9ZlXdUDY&w=560&h=315] Hannah Arendt (Barbara Sukowa) e seu marido Heinrich (Axel Milberg) são judeus alemães que chegaram aos Estados Unidos como refugiados de um campo de concentração nazista na França. Para ela a América dos anos 50 é um sonho, e se torna ainda mais interessante quando surge a oportunidade dela[…]

Cine PW: Dossiê Jango

Salve, salve turma! O Cine PW indica “Dossiê Jango”, documentário que levanta as questões sobre as duvidosas circunstâncias da morte do Presidente João Goulart e o início da Ditadura Militar. [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=29XzBNAxgTk&w=640&h=360] João Goulart havia sido eleito democraticamente presidente do Brasil, mas foi expulso do cargo após o golpe de Estado de 1 de abril de 1964. Depois disso, Jango viveu exilado na Argentina, onde morreu em 1976. As circunstâncias de sua morte no país vizinho não foram bem explicadas até hoje. Seu corpo foi enterrado imediatamente após a sua morte, aumentando as suspeitas de assassinato premeditado. Este documentário traz o assunto de volta à tona e tenta esclarecer publicamente alguns fatos obscuros da história do Brasil. (Fonte)  

Cine PW – O veneno está na mesa

Olá, amig@s! A relação de necessidade humana com os alimentos, passa além das questões biológicas. Para atender e fomentar demandas do setor alimentício, produtores lançam mão de formas de produção que geram destruição da natureza e, consequentemente, trazem danos aos consumidores, um exemplo alarmante é o uso dos agrotóxicos na produção agrícola. Embora o ideário de alimentação saudável esteja ganhando cada vez mais espaço em nossa cultura – o que é um grande passo, se pensarmos que grande parte da qualidade de vida está diretamente ligada a esse fator – nos vemos em uma verdadeira cilada no que se relaciona à qualidade dos alimentos que vão para as nossas mesas diariamente. Estamos sendo vitimados por uma forma de produção criminosa,[…]

Inscrições abertas para o Seminário Internacional Independências nas Américas

Nos dias 30, 31 de julho e 1º de agosto, em Salvador -Bahia, Brasil acontecerá o Seminário Internacional Independências nas Américas. Em comemoração aos 190 anos de Independência do Brasil na Bahia pesquisadores e historiadores renomados nacionais e internacionais estarão reunidos, na Sala Walter da Silveira, no Complexo Cultural dos Barris, para debater as Independências das Américas, com atenção especial a Independência do Brasil na Bahia. Este é um evento realizado pela Fundação Pedro Calmon, em parceria, com a Universidade Federal da Bahia, Universidade do Estado da Bahia, Universidades Estadual do Recôncavo e do Sudoeste da Bahia, cujo objetivo é promover o diálogo sobre diferentes fatos ocorridos nas Independências de países das Américas. Nos dias 31 de julho e 1º[…]

Cine PW: Guerra de Canudos

Salve, salve turma! Hoje, o Cine PW indica o filme “Guerra de Canudos” (1997), obra dirigida por Sérgio Rezende que retrata a situação de seca e miséria que o sertão baiano se encontrava. Através de um movimento político-religioso liderado por Antônio Conselheiro, Belo Monte, região de Canudos, fica persuadida com suas ideias libertárias. Logo é colocado como líder espiritual e, sobretudo, político. Suas transformações naquela pequena sociedade são percebidas pelo governo, que intervem no processo estrutural daquele povo. Naturalmente, por questões de divergência de poder, Canudos entra em guerra com o próprio Estado. “Guerra de Canudos” é um filme bem construído, levou quase quatro anos pra ser montado e o resultado é surpreendente, visto que não existia tantos filmes do[…]

[Censurado] O papel da imprensa no Brasil – O Pasquim

Olá, pessoal! Existiu um período na história do Brasil, que os(as) filhos(as) deste solo, viveram apreensivos(as), com os rumos políticos e sociais que abruptamente estavam sendo submetidos(as) – estamos falando da Ditadura ou Regime Militar, instituída em abril de 1964, prosseguindo até 1985. Vozes e vontades foram aprisionadas pelo medo da repressão física, moral e intelectual. O pensar e o agir eram permeados pela restrição da liberdade, onde até mesmo situações em que duas pessoas conversando na rua poderia representar perigo ou conspiração contra o governo vigente e essas em muitos casos sofreram violentas punições e, algumas, jamais retornaram aos seus lares. Nesse contexto, o processo democrático foi sumariamente negligenciado, assim como a comunicação crítica, a literatura, a música ou[…]

Cine Pw: O Último Rei da Escócia

Salve, salve turma! O Cine PW indica hoje o filme “O Ultimo Rei da Escócia”. Na sua abordagem, a produção levanta questões como regimes ditatoriais e consequências do imperialismo europeu na África. O filme dirigido por Kevin Macdonald retrata a realidade de Uganda na década de 70, um país pobre nas mãos do ditador Idi Amin, que governou entre 1971 e 1979. Diferentemente de outros dois filmes famosos sobre a África, Hotel Ruanda (2004) e Diamante de sangue (2006), O último rei da Escócia é mais brando quando o objetivo é denunciar as atrocidades. Mas isso não impede de perceber o quanto a sociedade Ugandense sofreu nesse período e ficou exposta aos quesitos, muitas vezes pessoais, do presidente. [youtube http://www.youtube.com/watch?v=2VtSLDKPNPs][…]

Reflexões sobre o 13 de maio de 1888 e suas consequências

“Vamos! De pé! Abram alas À ideia da Abolição! Já não existem senzalas, Foi outrora a escravidão!” (Oliveira e Silva) Olá, amig@s! Na rica história do Brasil, uma face atroz não pode ser escondida, muito embora cause-nos ainda sofrimento, é impossível deixar de refletir sobre os séculos de escravidão que foram submetid@s milhares de negr@s oriund@s do continente africano, em terras brasileiras. Num tempo em que mulheres, homens e crianças foram retirad@s violentamente de seus lares, tratad@s como mercadorias, conduzid@s nos porões de tumbeiros em condições desumanas, destinad@s a servidão além-mar, pelas mãos dos escravocratas europeus, e, de semelhante forma, ocorreu no tenebroso período da então colonização portuguesa em nosso país, iniciado em abril de 1500 no território que já[…]

Nossos Colaboradores