cultura

Varal Cultural – Museu Eugênio Teixeira Leal

Olá! Hoje trazemos uma dica imperdível! Localizado em um dos pontos históricos de nossa cidade, o Museu Eugênio Teixeira Leal – Pelourinho/Salvador – BA nos convida para uma excelente programação cultural. Que tal participar de uma aula expositiva sobre cordel? Então, anotem aí e divirtam-se! Conheçam um pouco mais sobre as ações realizadas no museu: INCLUSÃO SÓCIO DIGITAL Projeto homologaolvido desde 2007 que propõe à democratização do acesso as tecnologias da informação com acesso à internet, disponibilizando computadores como ferramenta para pesquisas, estudos e entretenimento dos estudantes e a comunidade geral. A inclusão é acessível de terça a sexta-feira, das 09h às 18h. PONTO DE LEITURA LÚDICO TÉCNICO Um espaço educativo, com acervo especializado para o público infanto-juvenil, com o[…]

Dica Cultural: Solar Ferrão recebe exposição que conta a história da Capoeira

Capoeira – luta, dança e jogo da liberdade é uma exposição fotográfica itinerante, que já passou pelo Rio de Janeiro, Brasília e São Paulo entre 2010 e 2011. Neste ano de 2012, com o patrocínio da Petrobras (via Lei Rouanet), a mostra foi exibida em Aracaju, Recife e agora poderá ser vista em Salvador, a partir de 13 de julho, às 18h, no Solar Ferrão. Realizada pela Aori Produções Culturais com o apoio da Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia, a exposição fica em cartaz até 19 de agosto. A mostra apresenta fotografias de André Cypriano e é fruto da pesquisa para o livro homônimo – com textos de Rodrigo de Almeida e Letícia Pimenta[…]

Parque Memorial Quilombo dos Palmares – Passeio Virtual

Olá, pessoal! Tudo em paz? Conhecer a nossa história é sempre uma aventura, não é verdade? Pois é! Só através dela podemos de fato construir a nossa identidade para sermos atuantes na sociedade. Trazermos à memória os momentos bons, ruins ou que marcaram a nossa trajetória, é imprescindível para o nosso amadurecimento e concepção de tudo que nos rodeia. Desta forma, hoje queremos convidá-los para um passeio virtual na história de lutas, cultura e contribuições do negro no Brasil, através do site “Parque Memorial Quilombo dos Palmares”, mantido pela Fundação Palmares. “Primeiro equipamento do gênero no País, o Parque Memorial Quilombo dos Palmares reconstitui o cenário de uma das mais importantes histórias de resistência à escravidão ocorridas no mundo: a[…]

GONZAGÃO, O REI DO BAIÃO!

Olá, meu povo! Peço licença aqui para homenagear um “cabra retado”, que nasceu em Exu, lá pras bandas de Pernambuco, filho do Seu Januário e de Dona Ana Batista. Quando “mulequim era malero, bochudo, cabeça-de-papagaio, zambeta, feeei pa peste!” Depois de grande parecia um Major, tocava um 120 baixos como ninguém nesse sertão. E o Velho Lua mostrou, pra esse mundão de meu Deus, como é linda a cultura nordestina. Se consagrou como Rei do Baião e para acompanhar o seu acordeão casou a zabumba com o triangulo inventando o trio pé-de-serra. Ao Sr. Luiz Gonzaga fica o nosso agradecimento pelo seu legado para a cultura do nosso país. Com a palavra a Vossa Majestade, o Rei do Baião: [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=7G5sK7kNr4U]

O PERIGO DA HISTÓRIA ÚNICA

Fala, turma esperta! Como vocês já devem ter desconfiado a cultura e a história de um povo não são apenas uma, mas muitas e diferentes culturas e histórias que, “juntas e misturadas”, compõem o rico e colorido quadro que é uma nação! Porém para que possamos reconhecer e valorizar todos os aspectos que contribuem para a formação da nossa história é preciso que estejamos sempre atentos às “outras histórias”, àquelas nem sempre ditas ou escritas, pois somente conhecendo o nosso passado poderemos construir um futuro mais justo, onde as diferenças não sejam mais motivo de guerra ou dominação, mas sim de paz e contentamento pelo reconhecimento de que a diferença do “outro” em relação a nós é o que nos[…]

E se os índios filmassem nas aldeias?

Os índios, nossos povos nativos, muito antes da chegada dos conquistadores europeus, viviam sob um modelo de organização social com base em suas próprias culturas, onde não havia diferença de classe, todos tinham os mesmos direitos e a divisão das tarefas era feita de acordo com o sexo e a idade, sem que uma desmerecesse a outra – Mantinham uma relação de muito respeito com a natureza e, por considerá-la sagrada, retiravam dela somente o necessário para a sua sobrevivência através de atividades como a pesca, o plantio, coleta e produção de utensílios domésticos. Eram profundos conhecedores dos fundamentos medicinais – onde a figura do pajé representava uma espécie de curandeiro e conselheiro espiritual, utilizando os recursos naturais para curar[…]

Segunda é dia de Ginga, Corpo e Cultura na TVE

Comece turbinando sua semana com o Ginga! Ginga é um programa produzido pela TV Anísio Teixeira que aborda conteúdos de disciplinas como educação física, biologia, história, artes, dentre outras, além de registrar e incentivar as práticas da cultura corporal e desportiva da rede pública de educação. Um dos objetivos é dar visibilidade a diversas expressões desta cultura e de esportes cuja prática ainda é pouco conhecida do ambiente escolar, a exemplo do xadrez, dos esportes olímpicos e radicais; valorizar expressões artísticas como danças, artes circenses, brincadeiras; além de incentivar a prática de esportes pelo gênero feminino. O programa também fornece informações sobre anatomia e fisiologia humana, além de dicas de qualidade de vida. A série defende a cultura corporal e[…]

Nossos Colaboradores