cine pw

Cine PW: Dossiê Jango

Salve, salve turma! O Cine PW indica “Dossiê Jango”, documentário que levanta as questões sobre as duvidosas circunstâncias da morte do Presidente João Goulart e o início da Ditadura Militar. [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=29XzBNAxgTk&w=640&h=360] João Goulart havia sido eleito democraticamente presidente do Brasil, mas foi expulso do cargo após o golpe de Estado de 1 de abril de 1964. Depois disso, Jango viveu exilado na Argentina, onde morreu em 1976. As circunstâncias de sua morte no país vizinho não foram bem explicadas até hoje. Seu corpo foi enterrado imediatamente após a sua morte, aumentando as suspeitas de assassinato premeditado. Este documentário traz o assunto de volta à tona e tenta esclarecer publicamente alguns fatos obscuros da história do Brasil. (Fonte)  

Cine PW: Os Heróis do Brasil

Salve, salve turma! Ainda inspirado pelas comemorações do Dois de Julho, o Cine PW indica o recém-lançado documentário “Os Heróis do Brasil”. A resistência baiana a colonização portuguesa foi uma das mobilizações mais importantes que garantiu a Independência do Brasil. O conflito é um resultado das restrições econômicas e comerciais impostas por Portugal, que tem o seu maior ponto de tensão quando general português Luis Ignacio Madeira de Melo assumi o governo da província e tenta acabar com os movimentos de independência da Bahia, essa atitude do governo português resulta numa reação imediata do partido brasileiro juntamente com as tropas nacionais tornando a guerra pela independência inevitável.  [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=bM1j5ezrjms&w=640&h=360] É importante que o Brasil enfatize sua cultura, seus valores e seus[…]

DOCSETOQUE – Ações e retirada das tropas do exército brasileiro do Haiti

O DOCSETOQUE é parte das iniciativas promovidas pelo LAVSAMB – Laboratório de Audiovisual em Saúde e Meio Ambiente da Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia da UFBA, o qual se dedica à pesquisa na área de comunicação em saúde e meio ambiente, à produção de documentários nessas áreas, bem como, a estimular o interesse dos estudantes na utilização do audiovisual como ferramenta complementar à reflexão e difusão do conhecimento científico, fomentando uma educação que contribua para a transformação da nossa sociedade, tornando-a capaz de respeitar outras formas de vida e o ambiente que a todos abriga e alimenta. Para saber mais, acesse: http://docsetoque.blogspot.com.br

Cine PW – O veneno está na mesa

Olá, amig@s! A relação de necessidade humana com os alimentos, passa além das questões biológicas. Para atender e fomentar demandas do setor alimentício, produtores lançam mão de formas de produção que geram destruição da natureza e, consequentemente, trazem danos aos consumidores, um exemplo alarmante é o uso dos agrotóxicos na produção agrícola. Embora o ideário de alimentação saudável esteja ganhando cada vez mais espaço em nossa cultura – o que é um grande passo, se pensarmos que grande parte da qualidade de vida está diretamente ligada a esse fator – nos vemos em uma verdadeira cilada no que se relaciona à qualidade dos alimentos que vão para as nossas mesas diariamente. Estamos sendo vitimados por uma forma de produção criminosa,[…]

Cine PW: Guerra de Canudos

Salve, salve turma! Hoje, o Cine PW indica o filme “Guerra de Canudos” (1997), obra dirigida por Sérgio Rezende que retrata a situação de seca e miséria que o sertão baiano se encontrava. Através de um movimento político-religioso liderado por Antônio Conselheiro, Belo Monte, região de Canudos, fica persuadida com suas ideias libertárias. Logo é colocado como líder espiritual e, sobretudo, político. Suas transformações naquela pequena sociedade são percebidas pelo governo, que intervem no processo estrutural daquele povo. Naturalmente, por questões de divergência de poder, Canudos entra em guerra com o próprio Estado. “Guerra de Canudos” é um filme bem construído, levou quase quatro anos pra ser montado e o resultado é surpreendente, visto que não existia tantos filmes do[…]

[Censurado] O papel da imprensa no Brasil – O Pasquim

Olá, pessoal! Existiu um período na história do Brasil, que os(as) filhos(as) deste solo, viveram apreensivos(as), com os rumos políticos e sociais que abruptamente estavam sendo submetidos(as) – estamos falando da Ditadura ou Regime Militar, instituída em abril de 1964, prosseguindo até 1985. Vozes e vontades foram aprisionadas pelo medo da repressão física, moral e intelectual. O pensar e o agir eram permeados pela restrição da liberdade, onde até mesmo situações em que duas pessoas conversando na rua poderia representar perigo ou conspiração contra o governo vigente e essas em muitos casos sofreram violentas punições e, algumas, jamais retornaram aos seus lares. Nesse contexto, o processo democrático foi sumariamente negligenciado, assim como a comunicação crítica, a literatura, a música ou[…]

Desde quando a saúde é promovida coletivamente?

Olá, pessoal! Vocês já se perguntaram por que tantas pessoas, em debates sobre “saúde”, falam muito das doenças, sintomas, transmissão e como tratar, mas, pouco discutem, efetivamente, sobre a saúde? Pode parecer uma questão de pouca relevância, mas nossa sociedade tornou-se tão medicalizada que a maioria das pessoas passou a lembrar da saúde apenas quando é identificada alguma doença ou quando é feita relação com necessidades estéticas. Bom, em 1986, cerca de 4000 representantes, de diversos grupos sociais, reuniram-se para realizar a VIII Conferência de Saúde, em pleno período de redemocratização do Brasil. Independente das constantes investidas militares contra as mobilizações sociais, foi por força de articulação social que as conferências continuaram a acontecer e, no relatório final da VIII[…]

O lugar da mulher na sociedade – Bertha Lutz e a emancipação das mentes

Olá, pessoal! Atravessando uma dura realidade social num tempo em que foram prisioneiras do lar ao longo de suas histórias, as mulheres, tratadas como seres inferiores, subordinadas a padrões de gênero estabelecidos por conceitos essencialmente machistas e consequentemente excludentes, visto que cerceavam a liberdade e  negavam direitos civis, políticos e sociais a estas – demarcou-se assim, a hegemonia masculina sobre o dito “sexo frágil”. A despeito de imposições históricas que limitavam ou inviabilizavam as suas realizações pessoais e construção de identidade, muitas mulheres uniram-se em lutas por cidadania, emancipação intelectual, libertação e representatividade feminina na sociedade – dando origem então aos Movimentos Feministas. Aqui no Brasil, uma das primeiras representantes desse importante movimento social foi a bióloga Bertha Lutz, que[…]

Cine Pw: O Último Rei da Escócia

Salve, salve turma! O Cine PW indica hoje o filme “O Ultimo Rei da Escócia”. Na sua abordagem, a produção levanta questões como regimes ditatoriais e consequências do imperialismo europeu na África. O filme dirigido por Kevin Macdonald retrata a realidade de Uganda na década de 70, um país pobre nas mãos do ditador Idi Amin, que governou entre 1971 e 1979. Diferentemente de outros dois filmes famosos sobre a África, Hotel Ruanda (2004) e Diamante de sangue (2006), O último rei da Escócia é mais brando quando o objetivo é denunciar as atrocidades. Mas isso não impede de perceber o quanto a sociedade Ugandense sofreu nesse período e ficou exposta aos quesitos, muitas vezes pessoais, do presidente. [youtube http://www.youtube.com/watch?v=2VtSLDKPNPs][…]

Cine PW: Somos Tão Jovens

Salve, salve turma! O cine PW indica hoje a produção nacional “Somos Tão Jovens”. O filme retrata os anos de 1976 a 1982 período que Renato Manfredini Junior, passa a ser conhecido como Renato Russo (uma homenagem aos pensadores Jean-Jacques Rousseau e Bertrand Russel), uma das mais importantes referências do rock nacional. O longa registra a fase de produção das primeiras composições como: “Será?”, “Geração Coca-cola”, “Química, Tédio com um ‘T’ bem grande pra você” e “Tempo Perdido”, nessa mesma época Renato cria o Aborto Elétrico (banda que deu origem a Legião Urbana e Capital Inicial). Além disso, o filme conta um pouco do cotidiano dos jovens brasilienses no período da ditadura militar, a influência da cultura estadunidense do movimento[…]

Nossos Colaboradores