candomblé

Culto a Nossa Senhora da Boa Morte, Resistência e Luta do Povo Negro Contra a Escravidão

  De que forma a fé e a devoção à Nossa Senhora da Boa Morte tem a ver com a luta e resistência do povo negro contra a escravidão na Bahia oitocentista? Para sabermos mais sobre esse assunto, é preciso viajarmos pela história, atravessando o oceano Atlântico, em direção a Portugal! As confrarias, dentre as quais situamos as irmandades e ordens terceiras, surgem em Portugal no século XIII. Tinham por objetivo primeiro assistir a seus membros e demais pessoas não associadas em tempos difíceis da vida, segundo o professor de história João José Reis. Formada por pessoas leigas, as irmandades necessariamente deveriam buscar abrigo em uma igreja, podendo também construir uma. A partir da expansão marítima, esta forma de “agremiação”[…]

13 de maio no Bembé do Mercado

Desde o século XIX, na data 13 de maio, em Santo Amaro, região do Recôncavo baiano, acontece o Bembé do Mercado, festa realizada em comemoração à abolição da escravatura. O Bembé reúne os principais terreiros de candomblé no Mercado Municipal da cidade em um momento de cantos, danças e toque dos atabaques. O objetivo não é comemorar a assinatura da Lei Áurea, mas sim a liberdade simbolizada pela livre vivência da religiosidade. Nesse sentido, os tambores que ecoam no mercado simbolizam a libertação dos negros. Santo Amaro tem uma população majoritariamente negra/mestiça, em virtude da quantidade de engenhos instalados ali no período colonial. O Recôncavo baiano foi o principal centro produtor e exportador de cana de açúcar, responsável pelo abastecimento[…]

VII Caminhada contra a Violência, a Intolência Religiosa e Pela Paz

O artigo 18 da Declaração Universal dos Direitos Humanos assegura juridicamente a liberdade do manifesto a religião, inclusive por meio dos ritos, entretanto, cotidianamente esse direito é violado. Essa atitude de negação ao candomblé esta intrinsecamente atrelada ao desrespeito a liberdade de crença e ao racismo. Na Bahia, especificamente em Salvador, é notório o quanto vários mecanismos tem sido utilizado a fim de inferiorizar as religiões de matriz africana. A Intolerância religiosa mascara até mesmo resultados de pesquisas estatísticas, a exemplo de dados atuais que apontam o Sul com um índice maior de pessoas com religião de matriz africana que a Bahia. Esses dados não traduzem nossa realidade, portanto, a VII Caminhada Contra Violência, a Intolerância Religiosa e pela Paz, traz o tema: Vamos[…]

“Siré Obá – A Festa do Rei” se apresentará gratuitamente em 8 cidades do interior baiano

As sessões acontecem de 3 a 25 de novembro, aos sábados e domingos, nos terreiros de candomblé de cada município foto: Jô Stella | Divulgação Após levar o espetáculo “Siré Obá – A Festa do Rei” a diversas Comunidades de Santo de Salvador e apresentar-se em vários palcos, mostras e festivais, o NATA – Núcleo Afrobrasileiro de Teatro de Alagoinhas, faz temporada gratuita em terreiros de candomblé de 8 cidades no interior da Bahia, durante o mês de novembro. As apresentações, que passam pelas cidades de Catu, Feira de Santana, Alagoinhas, Dias D´Avila, Inhambupe, Santo Amaro, Simões Filho e Cachoeira, acontecem aos sábados e domingos, sempre às 16h, de 3 a 25 de novembro. O NATA inspira-se nos orikis (poesia em exaltação aos[…]

Nossos Colaboradores