Sociologia

Cine PW: “Kirikú”

Olá, turma! O Cine PW apresenta hoje a saga do pequeno Kirikú, um recém-nascido superdotado que sabe falar, andar e correr muito rápido e que é incumbido de salvar a sua aldeia de Karabá, uma feiticeira terrível que deu fim a todos os guerreiros da aldeia, secou a sua fonte d’água e roubou todo o ouro das mulheres. Kiriku é tratado de forma ambígua pelas pessoas de sua aldeia por ser um bebê: é desprezado pelos mais velhos quando tenta ajudá-los, porém quando realiza atos heroicos é muito festejado, embora logo em seguida voltem a desprezá-lo. Apenas a sua mãe lhe trata de acordo com sua inteligência. Kirikú e a Feiticeira [youtube http://www.youtube.com/watch?v=KLsRTEs7Skg] Kirikú – Os animais selvagens [youtube http://www.youtube.com/watch?v=dek6065rdTE] Fonte: Wikipédia

Seminário “Novas Letras” na ALB com o prêmio Nobel Wole Soyinka e lançamento de “O leão e a jóia”

A Academia de Letras da Bahia e a Fundação Pedro Calmon promovem um encontro com o escritor nigeriano, Wole Soyinka, no dia 19 de novembro, as 17h. O dramaturgo, romancista e poeta, Wole Soyinka, nasceu em 13 de julho de 1934, em Abeokuta, região oeste da Nigéria. Doutorou-se em Londres e foi um crítico das ditaduras militares nigerianas. A qualidade de seus poemas foi reconhecida mundialmente quando recebeu o Prêmio Nobel de Literatura no ano de 1986. Primeiro africano negro a receber a honraria, Soyinka possui mais de 20 obras publicadas. Seus escritos e peças teatrais possuem influencia das histórias em iorubá, inspiração oriunda de sua tribo natal. Wole Soyinka é o destaque do Seminário Novas Letras na ALB, onde[…]

Seminário "Novas Letras" na ALB com o prêmio Nobel Wole Soyinka e lançamento de "O leão e a jóia"

A Academia de Letras da Bahia e a Fundação Pedro Calmon promovem um encontro com o escritor nigeriano, Wole Soyinka, no dia 19 de novembro, as 17h. O dramaturgo, romancista e poeta, Wole Soyinka, nasceu em 13 de julho de 1934, em Abeokuta, região oeste da Nigéria. Doutorou-se em Londres e foi um crítico das ditaduras militares nigerianas. A qualidade de seus poemas foi reconhecida mundialmente quando recebeu o Prêmio Nobel de Literatura no ano de 1986. Primeiro africano negro a receber a honraria, Soyinka possui mais de 20 obras publicadas. Seus escritos e peças teatrais possuem influencia das histórias em iorubá, inspiração oriunda de sua tribo natal. Wole Soyinka é o destaque do Seminário Novas Letras na ALB, onde[…]

Cine PW: “Cafundó”

Olá, pessoal! O Cine PW apresenta “Cafundó” uma película que retrata o Brasil pós-abolição, um país de incertezas, conflitos e transformações sociais. [youtube http://www.youtube.com/watch?v=C6viFWVII_I] Cafundó é inspirado em um personagem real saído das senzalas do século XIX. Um tropeiro, ex-escravo, deslumbrado com o mundo em transformação e desesperado para viver nele. Este choque leva-o ao fundo do poço. Derrotado, ele se abandona nos braços da inspiração, alucina-se, ilumina-se, é capaz de ver Deus. Uma visão em que se misturam a magia de suas raízes negras com a glória da civilização judaico-cristã. Sua missão é ajudar o próximo. Ele se crê capaz de curar, e acaba curando. O triunfo da loucura da fé. Sua morte, nos anos 40, transforma-o numa das[…]

Dia internacional do Hip Hop

Êa, turma! Ontem, 12 de novembro, comemoramos o dia internacional do Hip Hop, um dos movimentos culturais que melhor representa os anseios e desejos da juventude negra da periferia. Mas vocês sabem como surgiu esse movimento  artístico-cultural? O Hip Hop surge em meados da década de 1970 nos subúrbios de Nova Iorque, onde a maioria da sua população era formada por negros e latinoamericanos. Essas comunidades enfrentavam diversos problemas de ordem social como pobreza, violência, racismo, tráfico de drogas, carência de infra-estrutura e de educação. Os jovens encontravam na rua o único espaço de lazer, e geralmente entravam num sistema de gangues, as quais se confrontavam de maneira violenta na luta pelo domínio territorial. As gangues funcionavam como um sistema[…]

Novembro Negro – Silenciadas na história, porém atuantes!

Olá, amigas(os)! No mês em que dedicamos as nossas publicações para contarmos um pouco mais sobre as lutas e conquistas do povo negro em nosso país, não podemos deixar de fora o que os fatos históricos não negam e a estatística também revela, mas que durante muito tempo foi ocultado por aqueles que hegemonicamente “contavam” a história – A participação da mulher negra na sociedade. Mesmo que silenciadas por uma cultura racista e machista, elas tiveram papel fundamental nos avanços dos direitos d@s afrodescendentes e figuraram em momentos cruciais na defesa destes(as). Dentre as tantas mulheres negras que fizeram e fazem a diferença desde a diáspora aos tempos atuais, temos como exemplo as ganhadeiras, que com os seus esforços vendiam[…]

Brasil tem 1,17 milhão de quilombolas

Em audiência na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), a ministra da Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial (Sepir), Luiza Bairros, informou que o Brasil tem hoje uma população estimada de 1,17 milhão de . A maior parte vivendo no Nordeste. Ainda segundo a ministra, existem 1.948 comunidades remanescentes dos quilombos reconhecidas, sendo que 1.834 delas já foram certificadas pela Fundação Palmares, instituição vinculada ao Ministério da Cultura, cuja finalidade é preservar a cultura afro-brasileira. Luiza Bairros apresentou um panorama das políticas públicas para o segmento contidas no Programa Brasil Quilombola, criado em 2004 pelo governo federal. O programa tem como principais objetivos promover o acesso à terra, a construção de moradias e eletrificação; a recuperação ambiental,[…]

FESTIVAL A CENA TÁ PRETA

Festival internacional A Cena Tá Preta reúne teatro, música, cinema, dança, exposição e manifestações populares, de 09 a 18 de novembro, em Salvador. A quarta edição do A Cena Tá Preta, festival internacional de arte negra que integra teatro, dança, música, cinema, exposição e manifestação popular, acontece de 09 a 18 de novembro, em Salvador, no Teatro Vila Velha, com entrada franca. O encontro inclui mostra artística e ações de caráter formativo (oficinas) e reflexivas (seminário com conferência e mesas-redondas), reunindo produções de cinco estados brasileiros (São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Minas Gerais e Bahia), Moçambique, Guiné, Burkina Faso, Togo e França. Além da programação artística, o festival conta com participação de pesquisadores do Brasil, Congo, Cuba e[…]

Cine PW – “Amistad” e “Besouro”

Salve, turma! O PW convida a tod@s a assistirem duas belas obras sobre a escravidão, “Amistad” e “Besouro”. “Amistad”   [youtube=http://youtu.be/KP0hwVVUTac] A história remonta ao ano de 1839 e é baseada em factos verídicos que ocorreram a bordo do navio La Amistad. O filme relata a luta de um grupo de escravos africanos em território americano, desde a sua revolta até seu julgamento e libertação. Através desta trama de forte conteúdo emocional, é possível conhecer as condições de captura e transporte de escravos africanos para os trabalhos na América do Norte, a máquina jurídica americana de meados do século XIX e o germe das primeiras medidas para a abolição da escravatura naquele território. “Besouro”  [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=btOzK8NrOGA] Bahia, década de 20. No[…]

SJCDH realiza Seminário em comemoração ao Novembro Negro

Em alusão a um dos maiores heróis do povo brasileiro, a Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos – SJCDH, realizará na próxima terça e quarta-feira (06 e 07/11) no Auditório da Fundação Luís Eduardo Magalhães – FLEM, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), o 1º Seminário Luís Gama de Cidadania e Direitos Humanos. O evento destinado a Estudantes, Professores e Sociedade Civil, tem o objetivo de fortalecer discussões na promoção da Cidadania e Direitos Humanos no Estado da Bahia, e faz partes das comemorações do Novembro Negro, mês da consciência negra. O secretário, Almiro Sena fará a conferência de abertura no dia 6/11 às 19h. No dia seguinte, a partir das 8h30, os participantes terão a oportunidade de ampliar[…]

Nossos Colaboradores