Sociologia

ENEM – O que você não deve deixar de estudar para o exame

Uma das características do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM é a interdisciplinaridade, ou seja, na prova, uma questão pode envolver assuntos de duas ou mais disciplinas. Todavia, muitas pessoas têm dúvidas quando ao que estudar para a prova. O site Canal do Ensino publicou no último dia 3, a lista dos assuntos mais cobrados no ENEM por área do conhecimento, e nós da Rede Anísio, disponibilizamos links de alguns conteúdos digitais que você encontra no Ambiente Educacional Web, para você obter êxito no exame. Note que, essa lista não exclui outros assuntos a serem estudados, porém o conteúdo dela tem mais probabilidade de ocorrer. Não perca tempo! Confira a lista e os conteúdos, abaixo. Clique no link e depois[…]

Você beija com Ciência?

(texto elaborado a partir do Livro Didático Público de Química da Secretaria de Educação do Paraná, disponível no Ambiente Educacional WEB através do link: http://ambiente.educacao.ba.gov.br/conteudosdigitais/conteudo/exibir/id/3574) Provavelmente você já viu, sentiu ou experimentou o sabor de um beijo Vamos ver como isso começou? O beijo é uma forma de manifestar carinho entre alguns seres vivos. Os seres humanos os conhecem de longa data. Representações de beijos, em desenhos, foram encontradas nas paredes dos templos de Khajuraho, na Índia, por volta de 2500 a.C., segundo um artigo publicado no dia 09/06/2005 na revista BOA SAÚDE. O que leva um casal a se apaixonar, a trocar carinhos? Dizem os românticos que é o “AMOR”. E você? Nunca sentiu aquele suorzinho nas mãos, alguns[…]

A ciência indígena

É senso comum entre as pessoas achar que os índios que aqui viviam antes da chegada dos portugueses não tinham nenhum conhecimento científico e matemático. Infelizmente, a cultura ocidental só aceita como verdadeiro o conhecimento matemático e científico produzido pelos gregos e por grandes expoentes da Ciência, como Galileu Galilei, Isaac Newton, Einstein e outros; desconsiderando, assim, qualquer outro tipo de produção que não fosse daqueles cientistas. Cada grupo de mesma cultura, mesma língua, possui um modo particular de homologaolver seu conhecimento científico e matemático. As comunidades Aruak, por exemplo, cujas principais tribos eram aruã, pareci, cunibó, guaná e terena, tinham uma forma bem diferente de contar. No seu sistema de numeração, não há números do sistema decimal, tais como[…]

ARTE AFRICANA

Olá,galera! A Arte Africana é o retratar da vida dos povos africanos, de suas sociedades. Nada é por acaso. Arte vibrante, informativa e cultural que transcende a beleza de sua estética para revelar, contar, repousar , perpetuar e sedimentar sua história.De extrema sensibilidade,é uma arte funcional e simbólica. Os africanos buscam na natureza, no elemento animal, muito de sua inspiração. Fazem um dinâmico registro de sua história representado em pintura, escultura, adorno, roupa, máscara, culinária, urna funerária, tecido,dança, etc…,exibindo elementos que representam e suscitam interpretações. A Etnografia, através de elementos plásticos e estruturais, como: simetria,horizontalidade,material usado para sua elaboração,acabamento da peça de arte,código cromático,etc…,possibilita a leitura da arte africana trazendo informações referentes a diversos aspectos de sua cultura como: A[…]

ENEM 2013

Olá galera! Se você vai prestar exame ENEM 2013 eis aqui mais um aliado que lhe ajudará a arrebentar na prova. Trata-se de uma excelente série de materiais denominada GABARITANDO NO ENEM da Secretaria de Estado da Educação do Paraná composta de 1 prova – simulado ENEM 2013, com gabarito e mais 6 vídeos – gabaritos comentados por Professores especialistas em Arte, Física, Língua portuguesa, Matemática, Química e Biologia. Isso sim é que é simulado. Não perca tempo! Acesse agora mesmo o AEW – Ambiente educacional WEB, e saia na frente de seus concorrentes! Para acessar o ambiente é fácil: Clique aqui e na guia ‘busca’ digite SIMULADO ENEM e Pronto! É só baixar a prova e o gabarito e[…]

Cine PW: “Crianças Invisíveis”

Salve, turma! “Crianças invisíveis” é um filme composto por sete curta-metragens, filmados nos países da África (Mehdi Charef), Servia Montenegro (Emir Kusturica), Estados Unidos (Spike Lee), Brasil (Kátia Lund), Inglaterra (Ridley Scott), Itália (Stefano Veranuso) e China (Jonh Woo). De modo geral o filme descortina um mundo de negligência de cuidados, maus-tratos, violência psicológica e familiar, tráfico e uso de drogas, exploração de trabalho infantil e conflitos étnicos, políticos e econômicos, onde as crianças e adolescentes estão imersos. Diante desse cenário nos perguntamos: O que fazemos enquanto família, educadores(as), escola, políticos(as) e cidadãos(ãs) para mudar essa trágica realidade que aponta para futuros incertos?   [youtube http://www.youtube.com/watch?v=trGs9Jmeom0] Fonte: Crianças Invisíveis: Um filme sobre a violência em suas múltiplas formas.  

O “Internetês” e a Língua Portuguesa

Olá, pessoal! A cada dia estamos mais envolt@s pelo mundo digital, resultado da evolução tecnológica que trouxe, entre outros aspectos, mudanças na forma com que nos relacionamos e comunicamos. Não é raro vermos, em um rápido acesso nas redes sociais da internet, uma linguagem diferente, que nem sempre conseguimos identificar ou, poderíamos dizer, “decodificar”: estamos falando do “Internetês”. No turbilhão das informações automáticas em rede essa forma de expressão pela palavra surgiu entre @s adolescentes que buscam formas rápidas de conversação nas salas de bate-papo, bem como nos mensageiros instantâneos. Mas, surge o questionamento: quanto o uso desse vocabulário pode influenciar nas relações formais desses jovens? É necessário o ponderamento e maior consciência por parte d@s usuári@s e adept@s desta[…]

Cine PW: “Narradores de Javé”

Olá, turma! Como vocês já sabem, toda quarta-feira é dia de Cine PW e hoje levantamos as seguintes provocações: o que é História? Quem escreve a História? Para isso indicamos o excelente filme nacional “Narradores de Javé”. “As palavras são tecidas a partir de uma multidão de fios ideológicos e servem de trama a todas as relações sociais em todos os domínios”. (Mikhail Bakhtin) [youtube http://www.youtube.com/watch?v=GlaFRraqeOg] A pequena cidade de Javé será submersa pelas águas de uma represa. Seus moradores não serão indenizados e não foram sequer notificados porque não possuem registros nem documentos das terras. Inconformados, descobrem que o local poderia ser preservado se tivesse um patrimônio histórico de valor comprovado em “documento científico”. Decidem então escrever a história da[…]

Cine PW: “Kirikú”

Olá, turma! O Cine PW apresenta hoje a saga do pequeno Kirikú, um recém-nascido superdotado que sabe falar, andar e correr muito rápido e que é incumbido de salvar a sua aldeia de Karabá, uma feiticeira terrível que deu fim a todos os guerreiros da aldeia, secou a sua fonte d’água e roubou todo o ouro das mulheres. Kiriku é tratado de forma ambígua pelas pessoas de sua aldeia por ser um bebê: é desprezado pelos mais velhos quando tenta ajudá-los, porém quando realiza atos heroicos é muito festejado, embora logo em seguida voltem a desprezá-lo. Apenas a sua mãe lhe trata de acordo com sua inteligência. Kirikú e a Feiticeira [youtube http://www.youtube.com/watch?v=KLsRTEs7Skg] Kirikú – Os animais selvagens [youtube http://www.youtube.com/watch?v=dek6065rdTE] Fonte: Wikipédia

Seminário "Novas Letras" na ALB com o prêmio Nobel Wole Soyinka e lançamento de "O leão e a jóia"

A Academia de Letras da Bahia e a Fundação Pedro Calmon promovem um encontro com o escritor nigeriano, Wole Soyinka, no dia 19 de novembro, as 17h. O dramaturgo, romancista e poeta, Wole Soyinka, nasceu em 13 de julho de 1934, em Abeokuta, região oeste da Nigéria. Doutorou-se em Londres e foi um crítico das ditaduras militares nigerianas. A qualidade de seus poemas foi reconhecida mundialmente quando recebeu o Prêmio Nobel de Literatura no ano de 1986. Primeiro africano negro a receber a honraria, Soyinka possui mais de 20 obras publicadas. Seus escritos e peças teatrais possuem influencia das histórias em iorubá, inspiração oriunda de sua tribo natal. Wole Soyinka é o destaque do Seminário Novas Letras na ALB, onde[…]

Nossos Colaboradores