Pluralidade Cultural

Chegada dos portugueses ao Brasil

Olá, turma! Como todos sabem, no dia 22 de abril é comemorado o Descobrimento do Brasil, não é verdade? Mas, como podemos afirmar que essas terras foram descobertas, se nelas já existiam centenas de milhares de habitantes? Bem, para melhor compreender esses questionamentos é preciso voltar um pouco na história. Nos últimos anos que antecederam as Grandes Navegações, Portugal vivenciava uma grave instabilidade econômica, dentre outros fatores, devido as revoltas camponesas que se alastravam na Europa. Naquele momento o mercantilismo foi adotado como política econômica para garantir os privilégios da nobreza abalada com a crise do feudalismo. Em busca de novos mercados, Portugal lançou-se ao mar. Essa expansão marítima resultou na vitória da burguesia sobre os interesse da nobreza. Em[…]

Abertas as inscrições para o Programa Jovens Embaixadores 2013

Estão abertas as inscrições para o Programa Jovens Embaixadores 2013, que oferece intercâmbio de três semanas nos Estados Unidos para estudantes do ensino médio da rede pública. Podem se candidatar os estudantes com excelente desempenho escolar, com inglês fluente, que prestam trabalho voluntário, e com idade até 18 anos em 10 de janeiro de 2013. Ao todo, 35 bolsas serão concedidas em todo o Brasil. Os vencedores vão embarcar para os Estados Unidos no mês de janeiro e seguem direto para Washington, capital do país, onde visitam escolas e projetos sociais. A inscrição pode ser feita até o dia 5 de agosto, exclusivamente pela internet, no site www.jovensembaixadores.org/2013. Após a primeira semana em Washington, o grupo é dividido em subgrupos[…]

E se os índios filmassem nas aldeias?

Os índios, nossos povos nativos, muito antes da chegada dos conquistadores europeus, viviam sob um modelo de organização social com base em suas próprias culturas, onde não havia diferença de classe, todos tinham os mesmos direitos e a divisão das tarefas era feita de acordo com o sexo e a idade, sem que uma desmerecesse a outra – Mantinham uma relação de muito respeito com a natureza e, por considerá-la sagrada, retiravam dela somente o necessário para a sua sobrevivência através de atividades como a pesca, o plantio, coleta e produção de utensílios domésticos. Eram profundos conhecedores dos fundamentos medicinais – onde a figura do pajé representava uma espécie de curandeiro e conselheiro espiritual, utilizando os recursos naturais para curar[…]

Cine PW: Home

Home é um documentário lançado em 2009, produzido pelo jornalista, fotógrafo e ambientalista francês Yann Arthus-Bertrand. O filme é inteiramente composto de imagens aéreas mostrando a diversidade de vida e os múltiplos ecossistemas existentes no planeta, as diferentes culturas e sociedades que o homem criou. Com belas imagens Home é um documentário que mostra os impactos ambientais causados pela humanidade: extinção de ecossistemas e animais, poluição, aquecimento global e outros tantos problemas ambientais. [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=Zi65SpcCi8E] Clique aqui para assistir o filme na integra De bônus confiram esse belo time-lapse que mostra como a bela a nossa casa [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=Rk6_hdRtJOE] Gostaram do filme ? Então, assistam e discutam com seus colegas e professores. Até a próxima quarta-feira com mais um Cine PW!

TERRA é PAZ é a proposta dos Tupinambá para a Semana do Índio (BA)

TERRA é PAZ é a proposta dos Tupinambá para a Semana do Índio Todo dia é dia de Índio. Neste espírito começa amanhã (16/04) as celebrações pelo dia 19/04 reservada no calendário oficial brasileiro para homenagear os mais antigos moradores dessas terras, hoje chamadas de Brasil. A cultura indígena está presente em nosso cotidiano em diversos contextos. A convivência com outras culturas vindas pelo atlântico adicionaram cores e sabores ao remix cultural existente no Brasil. A canoa, a rede, a peneira, o pilão, as palhoças de praia, as pinturas tribais, os adereços com penas são algumas das técnicas indígenas que encontramos na atu. Além das tecnologias os conhecimento sobre as ervas medicinais e a produção de farinha e macaxeira (aipim)[…]

A Sexta-feira 13 e suas superstições

Olá, galera! Tudo certo? Hoje é Sexta-feira 13 e, como vocês sabem, essa data é considerada por muitas pessoas como um dia de azar. Tudo porque o 13 é considerado um número irregular, sinal de infelicidade. Junto a uma sexta-feira, que também é repleta de crendices, acabam criando inúmeras lendas em torno do tema. Muitas são as explicações para a superstição referente a essa data, variando de acordo com a cultura de cada lugar. Há quem atribui a má sorte deste dia ao sofrimento de Jesus quando foi crucificado ou a Última Ceia, onde estavam presentes 13 apóstolos. Outra justificativa fala da perseguição aos Cavaleiros Templários ordenada pelo rei da França, Felipe IV, numa sexta-feira, 13 de outubro de 1307.[…]

Sertão na Tela Grande

Em seu retorno em abril, programa Circuito Popular de Cinema e Vídeo da Secretaria de Cultura do Estado traz o sertão como tema central de seus filmes A produção cinematográfica baiana contemplou, por vários momentos, as belezas, histórias e tradições do estado, e o sertão não ficou de fora. Um bom exemplo disso é a obra “O dragão da maldade contra o santo guerreiro”, lançada no ano de 1969 e dirigida por Glauber Rocha. Em abril, como prévia da Celebração das Culturas dos Sertões, este e outros filmes sob a temática sertaneja serão exibidos para a alegria dos cinéfilos de plantão, com a retomada do Circuito Popular de Cinema e Vídeo (CPCV), considerado o maior circuito público de exibição nacional.[…]

Visite o Parque Castro Alves

Você sabia que existe um rico museu esperando por você no interior da Bahia? É o museu biográfico Parque Castro Alves, que homenageia o poeta baiano Castro Alves, nascido na cidade de Cabaceiras do Paraguaçu, em14 de março de 1847. O poeta difundia ideais abolicionistas em suas obras, escrevendo livros como Espumas Flutuantes, Vozes D’África e O Navio Negreiro. O museu foi inaugurado em março de 1971, em comemoração ao centenário do poeta baiano, que este ano completou seu 165º aniversário. A data foi comemorada com o Festival de Declamação de Poemas Castro Alves, missa, feira cultural, shows musicais e ainda a entrega de comendas, uma homenagem a vários cidadãos da cidade. Mas não acaba por aí! O museu conta[…]

2 de fevereiro: fé, tradição e consciência ambiental

Oi, Pessoal! Hoje, é dia dois fevereiro, e como em todos os anos, acontece a festa em homenagem a Iemanjá, orixá das águas do mar e seu ecossistema. O festejos se concentram na colônia de pescadores, na igreja e no mar do Rio Vermelho. Neste dia muitos presentes são levados nas dezenas de barcos ao som de muitos fogos e saudações até o alto mar, enquanto outros são deixados ali mesmo na chegada. O mais importante para os devotos é que a ‘rainha do mar’ aceite suas ofertas. Ainda é madrugada quando começam a chegar os primeiros grupos de pessoas vindas de várias partes da cidade em direção ao bairro levando suas oferendas para a Colônia de Pescadores e mais[…]

Tradições e costumes – A Quadrilha

A quadrilha brasileira tem o seu nome de uma dança de salão francesa para quatro pares, a “quadrille”, em voga na França entre o início do século XIX e a Primeira Guerra Mundial. A “quadrille” francesa, por sua parte, já era um homologaolvimento da “contredanse”, popular nos meios aristocráticos franceses do século XVIII. A “contredanse” se homologaolveu a partir de uma dança inglesa de origem campesina, surgida provavelmente por volta do século XIII, e que se popularizara em toda a Europa na primeira metade do século XVIII. Quadrilha Junina da Festa do São Pedro de Belém (Paraíba) A “quadrille” veio para o Brasil seguindo o interesse da classe média e das elites portuguesas e brasileiras do século XIX por tudo[…]

Nossos Colaboradores