Não categorizado

Consumo e Meio Ambiente

Consumo e Meio Ambiente

Olá, pessoal! Muitos desejam trocar o celular por um de última geração, aquela TV digital com 1001 funções ou até mesmo, aquele carro do ano. Mas depois que trocamos, para onde vão as coisas antigas? Será que precisamos mesmo substituí-las? As coisas se deslocam através de um sistema, que vai desde a extração, produção, distribuição, consumo e teoricamente o tratamento de lixo. O conjunto de tais etapas se chama Economia de Materiais. Trata-se de um sistema linear em um planeta de recursos finitos, que interage com as pessoas que vivem e trabalham nesse sistema, onde algumas são mais importantes de que outras, ou que têm maior poder de decisão dentre elas: o governo e as grandes corporações. Onde a primeira[…]

Mães de Outdoors

Mães de Outdoors

Tarefa delicada para o(a) professor(a) é olhar o mundo como um legítimo portador de conteúdos para o trabalho com seus pares e com seus estudantes. Reconhecer a relação dinâmica entre o mundo e a educação é o primeiro passo porque “toda vez que dou (damos) um passo o mundo sai do lugar”, já diz Siba, cantor pernambucano. Vale então se perguntar o que pensam os professores sobre o fato de costumeiramente pararem suas atividades didáticas e entrarem em campanha para o Dia das Mães, em maio; ou Dia dos Pais, em agosto. Será que – para além do aspecto comercial destas datas – as escolas já problematizam o lugar da mulher no mundo atual?  E a mulher no papel de[…]

Etnomatemática

Olá pessoal! Tudo Beleza? Espero que sim! Para abrirmos as discussões do mês de maio, falaremos sobre a etnomatemática, sob o ponto de vista dos povos e da cultura indígena. Durante muito tempo, essa etnia teve sua cultura, língua, ciência e conhecimento matemático renegados pelos povos colonizadores e pelo Ocidente. No entanto, sabemos que cada etnia  possui a sua própria forma de produzir ciência e de representá-la.  Assim como ocorre nas ciências, cada etnia  também produz seu conhecimento matemático, no qual esse saber também é representado de diversas formas  e surge a partir das necessidades de cada grupo étnico. A etnia Guarani-Kaiowá por exemplo, não atribui o valor três  quando estão diante de três folhas de uma mesma planta. Os[…]

Reformatório Krenak: O Purgatório dos Pataxó Durante a Ditadura Militar

Reformatório Krenak: O Purgatório dos Pataxó Durante a Ditadura Militar

No dia 17 de abril de 2016, o Brasil assistiu perplexo à cena grotesca protagonizada pelo deputado federal Jair Bolsonaro, durante o plenário de votação da admissibilidade do processo de impedimento da presidente Dilma Rousseff, ao dedicar o seu voto ao coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, chefe do DOI-CodI do Exército de São Paulo, órgão de repressão política do governo militar. O dito coronel foi responsável pelas sessões de tortura praticadas contra a então militante política Dilma Rousseff e muitos outros jovens que lutaram contra a opressão vivida no Brasil. Mas o que o ato infame do deputado Bolsonaro tem a ver com o reformatório de Krenak e com os índios Patoxó do sul da Bahia? Para entendermos esse elo[…]

Bahia Indígena

    Você já teve a curiosidade de saber quem são seus ancestrais? Quem já fez essa pergunta aos pais, às vezes, se surpreende ao perceber que seus bisavós, ou mesmo tataravós, eram indígenas. Conhecer esse passado significa explorar as nuances de nossa identidade e reencontrar as nossas raízes étnicas. Há muitas histórias que se cruzam com a trajetória das nossas famílias, afinal, os grupos familiares compõem uma amostra privilegiada, de observação, sobre a vida social e o processo histórico. Na Bahia, a dinâmica de ocupação e povoamento, pelos portugueses se deu em meio a confrontos violentos com povos indígenas, por vezes, esse contexto de resistência se confunde com a formação das famílias que habitaram desde o litoral até o[…]

Estatística Indígena

Estatística Indígena

  Olá, pessoal! No Brasil, até a década de 80, acreditava-se que os povos indígenas estavam a caminho da extinção. Segundo o CEDI – Centro Ecumênico de Documentação e Informação, a população indígena estimada era de, apenas, 204.000 habitantes, quando a população brasileira era de, aproximadamente, 133 milhões de habitantes. Ou seja, a população indígena brasileira era de aproximadamente 1,53% do total da população. O País tinha cerca de 662 terras indígenas. Nas décadas seguintes, no entanto, essa tendência se reverteu, houve rápido crescimento populacional verificado na maioria dos grupos, todavia, o Censo 2010 revelou algo preocupante. Acompanhe os dados. De acordo com o último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizado em 2010, a população brasileira[…]

Salvador e Sua História: Celebrar e Tornar Melhor como Necessidade Cotidiana

Salvador e Sua História: Celebrar e Tornar Melhor como Necessidade Cotidiana

Salvador é a cidade mais velha do Brasil. Algumas vilas se formaram antes, como São Vicente (1532) e Olinda (1535), mas no formato cidade (organizada como uma zona urbana e planejada para tal), a cidade de São Salvador da Baía de Todos os Santos é a mais antiga da colônia portuguesa que posteriormente se torna o país Brasil. O nome da cidade é uma referência cristã católica ao Salvador, Jesus Cristo, o que condizia com o projeto cristianizador das navegações que foram realizadas no sentido Europa/América, processo que originou a colonização das terras americanas ao sul do Equador por Portugal. Fruto de uma ordem do Rei D. João III de Portugal, Salvador foi oficialmente fundada em 29 de março de[…]

A Matemática Epidêmica

Olá galerinha do PW! Tudo beleza? As últimas notícias sobre a epidemia do Zika Vírus que assola nosso país, me levaram a uma reflexão: a Matemática pode nos fornecer modelos capazes de descrever o comportamento de uma epidemia sobre uma população? Bom, pesquisei muito sobre o tema e obtive resultados interessantes!  O primeiro fato que eu levantaria é que o estudo e a obtenção desses modelos são importantes para prever o futuro dessas infecções, podendo ajudar a controlá-las! Por mais que essas epidemias nos pareçam fenômenos aleatórios, elas apresentam padrões comportamentais e é através deles, que a Matemática pode descrever a dinâmica da doença e prevê o futuro dessas infecções. Por exemplo, sabemos que fatores como a temperatura ambiente e a pluviosidade influenciam[…]

A Mulher e os Espaços Ocupados no Carnaval da Bahia

A Mulher e os Espaços Ocupados no Carnaval da Bahia

A mulher hoje vem ocupando lugares de destaque e respeito cada vez maiores na sociedade baiana e brasileira. Na música produzida no e/ou para o carnaval da Bahia, mais centralmente no carnaval de Salvador, a presença feminina é marcante nos dias atuais. O número de intérpretes femininas é grande e o foco midiático sobre elas também. Nem sempre foi assim. O modelo do carnaval de rua soteropolitano data suas origens nos anos 50  do século XX, quando a dupla  Dodô e Osmar criou a Fobica, que depois originou o moderno Trio Elétrico. Nos anos sessenta e setenta, os afoxés e blocos afro ampliam sua ação no carnaval.   A primeira cantora a subir num Trio Elétrico para cantar foi  Baby do[…]

Pré-Vest UFBA

Olá, turma esperta! Preparados para mais um ano de estudos? Para auxiliar vocês nessa jornada, a Universidade Federal da Bahia criou o Pré-Vest UFBA, um curso pré-vestibular inteiramente gratuito que irá contemplar estudantes de baixa renda. Podem participar alunos que já concluíram o ensino médio ou estudantes que devem concluir esse ano. As inscrições estarão abertas nos dias 15 e 16 de fevereiro para o curso extensivo de 2016. Para mais informações, acesse: prevestufba.com. Leia o edital clicando aqui. Bons estudos!

Nossos Colaboradores