Mensagem

Tecnologias que deixaram saudade

Tecnologias que deixaram saudade

Estudante-repórter: Elias Júnior* Olá, jovens! É difícil não lembrar das tecnologias utilizadas antigamente, que fizeram parte da vida de várias pessoas. Essas tecnologias foram renovadas ou até esquecidas por parte da sociedade. Mas, afinal, estas novas ferramentas estão mesmo trazendo um ponto positivo para a sociedade? Com base nisso, nós, estudantes de produção de mídias na educação, com o apoio da Rede Anísio Teixeira, fomos atrás dessa resposta. Entrevistamos Carmem Lúcia Pinto dos Santos, funcionária do Instituto Anísio Teixeira, que é a atual encarregada da turma de conservação e limpeza, para saber a opinião dela. Blog da Rede: Das tecnologias do passado, quais marcaram a sua vida? E o que melhorou para a sociedade com as tecnologias da informação e comunicação[…]

As novas tecnologias prejudicam a sociedade?

As novas tecnologias prejudicam a sociedade?

Estudante-repórter: Luana Brito* O Blog da Rede saiu pelos corredores do Instituto Anísio Teixeira (IAT) para saber o que as pessoas acham em relação ao uso das novas tecnologias na nossa sociedade: é bom ou ruim? Ajuda ou atrapalha? A secretária da Rede Anísio Teixeira, Patrícia Oliveira, 40 anos, deu a opinião dela: “A internet, na família, prejudica sim. Em contrapartida, ela também favorece muito no aprendizado, nas informações e até em termos de cultura e tudo mais!”. Patricia também disse que a internet distancia as famílias e as pessoas, porque, hoje em dia, perde-se mais tempo trocando mensagens no WhatsApp do que conversando uns com os outros. ________ * Luana Brito tem 16 anos, é estudante do Centro Estadual[…]

Um Ser de Luz…

Num universo com turbilhões de informações e acontecimentos se torna cada vez mais desafiador ser estudante, ao tempo em que se torna mais e mais necessária a compreensão do mundo em que vivemos através do conhecimento construído no espaço escolar. O aluno,  (do latim alumnus, alumnié) ou discente é o indivíduo que recebe formação e instrução de um ou vários professores ou mestres para adquirir ou ampliar seus conhecimentos. No entanto, se estamos querendo dizer de alguém capaz de guiar seus passos para sua construção pessoal (quiçá profissional) podemos chamar este ser de Estudante. Ele é, sim, um ser de luz, pois, através dele, fatos e coisas são elucidados pela sua curiosidade e vontade de desbravar outros mundos. Como chamar   esse ser de pessoa sem luz? Como disse Paulo Freire[…]

2016 – Sonhos, colaboração e muito aprendizado!

Olá, pessoal! Queremos compartilhar com vocês a alegria de termos passado todo ano trocando informações e somando conhecimentos. Desejamos que todos/as continuem interagindo em nossas mídias, que essas despertem e agucem criticamente, cada dia mais, a curiosidade inerente a cada um/a, pois acreditamos que um mundo de possibilidades se revela para aqueles/as que buscam, no direito de aprender, a base para transformação do meio em que estão inseridos/as e evolução pessoal. Colocamo-nos à disposição e temos plena certeza de que é por meio de nossa interação que nascem os sonhos e ideias. Com o esforço mútuo conseguimos construir, inovar e vencer todos os impedimentos. “Sonho que se sonha junto é realidade.” (Raul Seixas) Excelente 2016, comunidade escolar!

"Arvorear-se"

Comumente nos lares e lugares, encontramos a tradicional árvore de Natal nessa época do ano. Mas, de onde vem a sua origem? O que esse símbolo representa? Seu surgimento se deu entre as civilizações mais antigas dos continentes europeu e asiático, por acreditarem que a árvore era um símbolo divino. Muitos afirmam que tenha surgido na Alemanha, por volta de 1530, e se propagado por todo mundo. De acordo com a tradição cristã predominante no Brasil, a decoração natalina deve ser feita no início do Advento, que são os quatro domingos que antecedem o aniversário de Cristo. Aos 6 de janeiro,Dia de Reis, é a data em que se finalizam os festejos natalinos e, portanto, a árvore é desmontada. Desde[…]

Gêneros e sexualidades em março

Olá, galera! Março foi um mês bastante produtivo para nossas discussões, pois alinhamos mais nosso diálogo quanto aos assuntos que envolvem as relações de gêneros e sexualidades. Compartilhamos com vocês textos, filmes, vídeos e músicas que embalaram nossos diálogos em torno dos avanços conquistados, das lutas travadas, das buscas e dos entraves que ainda envolvem as diversidades de gêneros e sexualidades. Nosso propósito foi o de agregar o conhecimento dos temas transversais em torno de uma mesma causa, uma vez que a promoção do respeito às diversidades também envolve os processos educacionais. Com isso, agradecemos pela interação de todas/os que colaboraram neste sentido, visitaram nossos conteúdos e interagiram conosco através das redes sociais e de comentários. Acreditamos que a prática[…]

Já é carnaval cidade, acorda pra ver!

A maior festa popular de rua do mundo já começou. Muitas músicas e ritmos embalam as emoções; milhões de foliões nas ruas e avenidas enchendo de alegria a praça e o poeta. É o carnaval de Salvador. Que este ano homenageará os blocos afros com o tema “40 anos de Blocos Afro – É diferente. É de Salvador”. Então, vamos nessa conhecer essa história. Os blocos afros são instituições carnavalescas composta majoritariamente pela população negra e afrodescendente. Surgidas ainda no final do século XIX, em Salvador desde os anos trinta, com o Afoxé Pai Burocô – 1935, criado por Mestre Didi, e o Filhos de Ghandy, em 1945, que até hoje estende o seu “tapete branco” por onde passa. Você[…]

A internet é uma cidade. Os internautas seus habitantes.

Olá, turma esperta!  Vamos continuar nossa conversa sobre o uso seguro e consciente da internet? Imagine uma cidade, onde habitam cidadãos com intenções e afinidades diversas… Esta cidade pode ser comparada à internet; É como se passeássemos pela rua e encontrássemos com inúmeras pessoas, ao mesmo tempo que vemos o que os outros fazem, também somos vistos de imediato a cada postagem ou publicação de textos, fotos, vídeos… Eis os riscos que nos expomos ao navegar por esta extraordinária ferramenta! Por isso, é preciso que você tome certos cuidados e fique atento ao comportamento das pessoas com as quais troca informações. Além dos cuidados com o fornecimento de dados pessoais, é preciso saber com quem conversamos, em que site estamos[…]

Concurso Cultural “Todo livro começa com uma frase”

Oi, pessoal! Tudo bem? A Bienal do Livro Bahia 2013 começou na semana passada e a equipe do Professor Web marcará presença no evento! Nesta quinta-feira, 14 de novembro, vamos participar da sessão Blog, a nova literatura online/Literatura e mídias digitais na educação, dentro da programação do Território Jovem. E você, que é o nosso convidado especial, poderá participar também! Por isso, estamos lançando o concurso cultural Todo livro começa com uma frase. O concurso é voltado para estudantes da rede estadual de ensino e funcionará da seguinte maneira: @ estudante interessad@ em participar do concurso deverá criar uma frase em que una as palavras Bienal, leitura e Professor Web e enviar para o e-mail professorweb2010@gmail.com até às 14h desta[…]

Consciência para além de negra

Olá, turma esperta! Mais um novembro começando e com ele ampliam-se as discussões acerca dos povos negros e de suas conquistas até aqui. É o mês para debatermos, de maneira mais aprofundada, questões sobre como tem sido a inserção de negr@s na vida social, quais os caminhos trilhados para uma inclusão de forma justa e livre de preconceitos. É válida também a crítica de quem acredita que a discussão a respeito dos povos negros não deve se restringir a um curto período, mas ser forte o ano inteiro. Porém, também consideramos essencial aproveitar a oportunidade em que tantas ações convergem para essa discussão no intuito de promover aproximação de pessoas e coletivos para ações além novembro. Este ano, temos razões[…]

Nossos Colaboradores