Ciências Humanas e suas Tecnologias

Belo ou trágico?

Belo ou trágico?

Fala, comunidade! Água, do latim aqua, substância líquida e incolor, insípida e inodora, essencial para a vida da maior parte dos organismos vivos, cobre 70% da superfície terrestre, sob a forma de mares, lagos e rios. Mas será que sabemos administrá-la racionalmente de forma sustentável? Será que se faz necessária a devastação ambiental, a degradação econômica e social dos povos tradicionais e suas matrizes culturais, para o pleno desenvolvimento do Brasil? O papo de hoje é sobre a importância da água e suas políticas de sustentabilidades econômica, social e ambiental no Brasil. Segundo o Ministério do Meio Ambiente brasileiro, a matriz energética do país é considerada a matriz mais “limpa” e renovável do mundo, sendo que 45,3% é de matriz[…]

Português Nosso de Cada Dia

Português Nosso de Cada Dia

Olá, turma! Vocês estão lembrados que foi em 22 de abril de 1500 que os primeiros portugueses chegaram às terras brasileiras? Pois é, segundo a historiografia sobre o período colonial, o tupi era o tronco linguístico mais falado pelos indígenas do litoral baiano. Com a colonização portuguesa, sabemos que o português passou a ser nossa língua oficial. Sabiam que a Língua Portuguesa é a 5ª mais falada no mundo e primeira no Hemisfério Sul? Que é uma das línguas oficiais da União Europeia, do Mercosul, da União de Nações Sul-Americanas, da Organização dos Estados Americanos, da União Africana e dos Países Lusófonos? E que, além de Portugal e Brasil, também é falada Guiné-Bissau, Angola, Cabo Verde, Moçambique, Timor Leste, São[…]

Salvador: da ocupação dos espaços à urgência de ocuparmos espaço

Salvador: da ocupação dos espaços à urgência de ocuparmos espaço

Fala, comunidade! Hoje, Salvador completa mais um aninho, são 469 anos de luta. Os desafios são enormes, principalmente no que se refere ao uso e ocupação de seu espaço geográfico (cartografia). Afinal de contas, existe uma cidade única ou uma cidade partida? Existe, na cidade do Salvador, espaços compartilhados, em que as estruturas de comércio e lazer são pensadas para usos comuns dos seus munícipes ou é possível pensarmos nesses espaços como áreas de exclusão? Depende. Devemos analisar, sobretudo, as estruturas que envolvem (historicamente) as relações sociais e econômicas nesses espaços, a mobilidade urbana em consonância a estas relações, a geografia urbana como metodologia de gestão pública, como epicentro dos fluxos e dinâmicas desta rede espacial. Nesse sentido é possível[…]

Percussão com Sotaque Francês

Percussão com Sotaque Francês

  Olá, pessoal! Vocês conhecem o termo interculturalidade? Pois é! A interculturalidade ocorre quando duas ou mais culturas interagem de forma horizontal, igualitária. Nos dias de hoje, a interação com culturas diversas está cada vez mais comum, devido, principalmente, ao processo de globalização, sem falar dos inúmeros refugiados espalhados pelo planeta que fugiram das guerras em seus países de origem. A equipe da Rádio Anísio Teixeira, para um episódio do programa Nas Ondas da Rede, teve a oportunidade de vivenciar uma experiência intercultural, quando acompanhou um grupo de mulheres percussionistas, da cidade de Lyon na França, chamado Timbahia, que veio conhecer de perto a cultura afro-baiana. Já faz algum tempo que mestres baianos levaram a nossa capoeira, reconhecida pela Unesco[…]

#Mulher, sujeito de direitos

#Mulher, sujeito de direitos

    Olá! No intuito de fortalecer a marcha em prol da erradicação da violência contra às mulheres, este texto traz informações pertinentes à sustentação desta bandeira, que pode ser reforçada, constantemente, não apenas na data de 08 de março, simbolicamente, escolhida para comemorar o Dia Internacional da Mulher e dar visibilidade a causa. É preciso batalhar durante os 365 dias do ano, em prol de resultados positivos, pois apesar de estarmos em pleno século XXI, a mulher ainda é vítima de crimes, como o feminicídio : “Quem abre os principais portais de notícia do país quase sempre se depara com algum episódio de violência cometido contra a mulher, afinal, são dez mulheres mortas por dia no Brasil, segundo dados[…]

Deveria ter Educação Sexual nas escolas?

Deveria ter Educação Sexual nas escolas?

Estudante-repórter: Paloma Almeida* Olá, galera! Tudo bem? Hoje, fomos saber um pouco mais sobre educação, métodos de prevenção de gravidez precoce e disseminação de DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis). Para isso, entrevistamos os estudantes Frank Bulhões,19 anos, Nathalia Bulhões, 17 anos e Pablo Paixão, 18 anos, do Colégio Estadual Polivalente Edivaldo Boaventura, que fica em Jequié. Segundo eles, a escolha do tema foi porque o Brasil tem o pior índice de educação nas escolas e, por isso, resolveram escolher essa temática, pois os jovens de hoje em dia iniciam a vida sexual cedo e é comum ver meninas de 12 anos grávidas. Muitos adolescentes não conhecem outros métodos contraceptivos, além da camisinha. Esta, inclusive, de acordo com alguns especialistas, é a[…]

AIDS: o que pensam os adolescentes?

AIDS: o que pensam os adolescentes?

Estudante-repórter: Paloma Almeida* Olá, galera! Tudo bem ? AIDS- ontem e hoje: o que pensam os jovens? Nós fomos atrás dessa resposta! Segundo Bianca Sobrinho, 18 anos, estudante do Centro Estadual Educação Profissional em Gestão e Negócios do Centro Baiano Professora Felicidade de Jesus Magalhães, que fica em Jacobina, “AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) não é um assunto muito aprofundado nas escolas, se aprofundam mais nas DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis) no geral”. Ela relata também que o motivo de escolher e aprender mais sobre esse tema foi por curiosidade. Ainda disse que o índice de pessoas que fazem tratamento no hospital que fez a pesquisa, na sua cidade, é de 30% a 40% . Para ela, o fato da incidência[…]

Globalização ou Globalitarismo?

Globalização ou Globalitarismo?

Olá, galerinha! Continuamos com nossa série Mutirão para o ENEM. Hoje, vamos falar sobre um tema muito rico para a Geografia, mas muito complexo para o entendimento dos seus processos. Primeiro, devemos entender como se deu o processo de Globalização e internacionalização do capital no mundo. O início desse processo data do final do século XV, principalmente com fluxos advindos do continente Europeu, mais intensamente pelos países ibéricos, França e Inglaterra, avançando pelas terras dos continentes americano, africano e asiático. As grandes navegações foi um processo de intensificação dos processos de globalização econômica no mundo na Era Moderna. Mas que Globalização é essa? Existe mais de um processo de globalização no mundo? A  Globalização pode ser entendida em duas perspectivas analíticas: a[…]

Uma ideia na cabeça, uma escrita e o começo de tudo

Uma ideia na cabeça, uma escrita e o começo de tudo

Olá, pessoal!   Desenvolveu-se no Instituto Anísio Teixeira mais uma oficina para o audiovisual que faz parte da formação Produção de Mídias na Educação (PME). Estudantes do  Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira participaram desse momento reflexivo, de leitura, planejamento, criação e produção escrita de roteiro que faz parte de um contexto discursivo multiletrado, mais amplo que enreda várias linguagens artísticas e suas semioses. Potencializar a leitura, a escrita, a expressão oral, o planejamento e, sobretudo, o pensamento crítico são objetivos da formação em todas as suas etapas que se desenvolvem sempre de forma dialógica e colaborativa.     Minissérie, telenovela, cinema, gênero ficcional, documental e outras tantas formas narrativas verossímeis ou não são arquiteturas e discursos humanos. Nesse sentido,[…]

Cultura Indígena Projetada

Cultura Indígena Projetada

Uma sala de projeção, escura. Sinal de que uma sessão de cinema está prestes a começar. Contudo, não se trata de uma sessão comum, bem que poderia ser. Em poucos instantes, o público vai se deparar com produções audiovisuais realizadas e protagonizadas por povos indígenas. A situação narrada pode até parecer ficção, principalmente quando a gente pensa na realidade desses povos no nosso país, mas não é. A cena descrita aconteceu durante o Cine Kurumin, em Salvador, no último dia 13, quando o Palacete das Artes recebeu parte da programação do evento. Tendo a frase “Da minha aldeia vejo o mundo” como uma forma de provocar, a mostra chegou à 6ª edição com status de festival, promovendo bate-papos após as[…]

Nossos Colaboradores