História

Mangá na Educação, uma experiência multimodal estudantil

Mangá na Educação, uma experiência multimodal estudantil

Olá pessoal! Tudo bem? Vocês já ouviram falar na FEBRACE ? E em Mangás? Pois é: a matéria da Rede em Movimento de hoje vai, através de um texto multimodal, tratar um pouco disso e de como eles se relacionam. A FEBRACE é a Feira Brasileira de Ciências e Engenharia, que tem por objetivo estimular o desenvolvimento de projetos criativos e inovadores, bem como, aproximar as escolas públicas e privadas das Universidades, e os jovens das diferente culturas e de reconhecidos cientistas. A FEBRACE assume um papel de cunho social relevante, tendo em vista o incentivo a criatividade e ao pensamento crítico dos sujeitos da educação básica, por meio de projetos com fundamentação científica. Na edição de 2018, a Feira[…]

Elevador Lacerda – O primeiro elevador urbano do mundo.

Elevador Lacerda – O primeiro elevador urbano do mundo.

Você conhece Elevador Lacerda? O Elevador Lacerda é o primeiro elevador no mundo a servir de transporte público, em 1873, quando foi inaugurado era o mais alto do planeta com 63 metros de altura. Cumprindo a função de transporte público entre a praça Cairu, na cidade baixa e a praça Tomé de Sousa na cidade alta. É um dos principais pontos turísticos e cartão postal da cidade de Salvador. Foi idealizado pelo empresário Antonio de Lacerda, construído com a ajuda de seu irmão que era engenheiro, Augusto Frederico de Lacerda e financiado por seu pai Antônio Francisco de Lacerda, o elevador mais famoso da Bahia chega a transportar novecentos mil passageiros por mês, em média, vinte oito mil pessoas por dia. Durante sua história passou por quatro grandes e importantes reformas. A[…]

Viva São João!

Viva São João!

    Olá, turma!   Quando pensamos no mês de junho, lembramos festas, alegrias, comidas típicas e forró, não é mesmo? Isso porque é nessa época que acontecem as festas juninas. Segundo historiadores, essas festividades dizem respeito às comemorações, principalmente religiosas, que ocorriam, e ainda ocorrem, no mês de junho, homenageando três santos católicos: Santo Antônio, São João, São Pedro. Existe também uma versão que afirma que os países católicos da Europa homenageavam apenas São João, por isso chamavam de festa joanina. O certo é que os portugueses trouxeram essas festividades para o Brasil, ainda no período colonial, contando também com influências culturais de chineses, espanhóis e franceses. A dança marcada francesa, presente nos bailes nobres, influenciou as nossas típicas[…]

Disciplina na UFBA discute ruptura democrática e o Golpe de 2016

Disciplina na UFBA discute ruptura democrática e o Golpe de 2016

No ano de 2016, o Brasil passou por um processo de ruptura traumático de sua democracia, com o impeachment que destituiu a Presidenta Dilma Rousseff, eleita com  54.501.118 votos . Esse é um tema que desperta interesse de uma grande parte da sociedade, tendo em vista que há controvérsias em relação a legitimidade sobre o modo como tudo aconteceu. Segundo pesquisa do Instituto da Democracia e da Democratização da Comunicação, 47,9% dos brasileiros e brasileiras dizem que houve um golpe no país em 2016. Portanto, persiste, entre muitas pessoas,  o sentimento de que  o processo de impeachment não tenha sido legítimo. Esse contexto  abriu  possibilidade para  que as universidades pudessem criar disciplinas cujo objetivo é discutir as características da ruptura na[…]

“Os Sete Pedaços Inteligentes”

“Os Sete Pedaços Inteligentes”

Você gosta de quebra-cabeça? Já ouviu falar sobre o Tangram? Alguns o conhecem como a placa das “sete astúcias”, para outros é o “tabuleiro da sabedoria”, o Tangram é um quebra-cabeça milenar de origem oriental. Formado por sete peças, é um jogo que desafia a criatividade e a capacidade de reproduzir figuras, utilizando apenas essas, sem sobrepor uma a outra.   Aí vocês me perguntam: Mas qual a relação que um jogo como o Tangram tem com os conteúdos educacionais?   Bem, ele pode ser um eficiente recurso pedagógico, pois, de forma lúdica e interdisciplinar, o trabalho com o Tangram pode ser desenvolvido por alunos de vários níveis de ensino. As disciplinas de História, Português, Matemática, Arte e Informática podem[…]

As comemorações do dia do índio na escola

As comemorações do dia do índio na escola

É chegado o dia 19 de abril, data em que se comemora o dia do índio, e nessa oportunidade as escolas adotam diferentes metodologias para abordar o tema, muitas são acertadas, outras nem tanto. Um exemplo muito conhecido de opção metodológica é quando os professores exploram o conteúdo imanente à data, pedindo para que os estudantes se inspirem na pintura corporal e vestimenta indígena. Essa leitura sobre a cultura indígena utiliza referenciais de 1.500 sem respeitar as diferenças entre os povos ameríndios e seu contato com a cultura contemporânea. Mario Sérgio Cortella, filósofo da PUC de São Paulo afirma que a escola deve adotar práticas com intenção educativa, acolhedora e pluralista, pois, toda vez que se trata o outro com[…]

#Mulher, sujeito de direitos

#Mulher, sujeito de direitos

    Olá! No intuito de fortalecer a marcha em prol da erradicação da violência contra às mulheres, este texto traz informações pertinentes à sustentação desta bandeira, que pode ser reforçada, constantemente, não apenas na data de 08 de março, simbolicamente, escolhida para comemorar o Dia Internacional da Mulher e dar visibilidade a causa. É preciso batalhar durante os 365 dias do ano, em prol de resultados positivos, pois apesar de estarmos em pleno século XXI, a mulher ainda é vítima de crimes, como o feminicídio : “Quem abre os principais portais de notícia do país quase sempre se depara com algum episódio de violência cometido contra a mulher, afinal, são dez mulheres mortas por dia no Brasil, segundo dados[…]

O Dia das Mulheres e suas Lutas

O Dia das Mulheres e suas Lutas

Aproxima-se o dia oito de março, dia internacional da mulher, nessa data são recorrentes os elogios dirigidos às mulheres bem como os presentes: buquês de flores e bombons de chocolates. Mas, para além de frases feitas e elogios pontuais, essa é uma data icônica no histórico de lutas que as mulheres empreenderam para ter sua cidadania reconhecida e também direitos civis. Portanto, é um momento para professores e estudantes trazerem à memória as lutas e conquistas das mulheres durante o século XX. Durante a  Revolução Industrial, mulheres e crianças foram as maiores vitimas do ambiente insalubre das fábricas, as condições de trabalho eram precárias, a carga horária era exaustiva chegava a seis dias por semana, entre dez e doze horas[…]

Nossos Colaboradores

%d blogueiros gostam disto: