Fique Sabendo

Harry up!

Harry up!

E aí, galera do ENEM? Nada de deixar para última hora os conteúdos de inglês! O ENEM e os vestibulares focam nas questões de Língua Estrangeira Moderna em interpretação e  compreensão do texto. Vamos iniciar mais uma jornada para a preparação. Sinta-se convidado, pelo título desse texto, para aprender sobre phrasal verb. Harry up! Isso mesmo! Apresse-se!

Um olhar além do que se pode ver

Um olhar além do que se pode ver

Olá pessoal! Vocês sabiam que dia 02 de abril é dia mundial de conscientização do autismo? Como nós professores e estudantes podemos contribuir para o desenvolvimento de crianças e adolescentes autistas no ambiente escolar?

Para isso precisamos compreender um pouco sobre a maneira diferente de ver o mundo dos autistas. Então vamos lá!

Que inglês é esse que ensinamos nas escolas?

Que inglês é esse que ensinamos nas escolas?

Olá pessoal!

Ter fluência em inglês em muitas situações aparece como um diferencial, não é verdade? Mas o que estamos aprendendo do inglês em nossas escolas?

Existem quatro habilidades fundamentais : ouvir (listening), falar (speaking) , ler (reading) e escrever (writing). O que vemos é que, em muitas das nossas escolas, as atividades, na maioria das vezes, são direcionadas apenas para reading e writing.

Como como?

Como como?

– O quê?

-Ah! Não diga que você não entendeu!

– Sim! Eu como, tu comes, ele come, nós comemos…Um momento! Nós comemos o quê?  Já parou para pensar? ComER é essencial para vivER. Todos nós sabemos! Quer dizer: quase todos! Os verbos comungam de uma mesma conjugação, mas nós, seres humanos, não comungamos de uma mesma alimentação. Por isso! Chega de matar!  Esse é o maior equívoco.

Novembros negros e a Educação na Bahia

Novembros negros e a Educação na Bahia

A canção Me abraça e me beija, de Gileno Felix e Lazzo Matumbi diz: “Vem vem, dia 20 de novembro / Se todo dia é dia santo meu bem…”. A cada novembro no Brasil desde a necessária atuação dos movimentos negros a partir dos anos setenta se comemora o dia da Consciência negra, como uma lembrança da data em que morreu Zumbi dos Palmares, em 1695, numa emboscada contra a força do Quilombo dos Palmares, onde ele era um líder. Na Bahia, pensar o mês de novembro como um marco referencial para a luta antirracista é mais que uma obrigação de calendário. É uma obrigação de cidadania, de liberdade e de autonomia dos sujeitos. Nas escolas, desde que a Lei[…]

Baianidades e educação no 17º Simpósio Internacional Processos Civilizadores

Baianidades e educação no 17º Simpósio Internacional Processos Civilizadores

Norbert Elias foi um sociólogo e filósofo alemão, que viveu entre os anos de 1897 e 1990. De família judaica, foi perseguido pelo regime nazifascista e se exilou na França, em 1933. Sua obra traz contribuições importantes para o estudo das sociedades em seus aspectos teóricos e práticos. No Brasil, seu trabalho começou a ter mais destaque a partir dos anos setenta e assim segue até hoje. Os livros escritos por ele são fontes para muitas abordagens sobre a vida social e a história do Ocidente. Entre os dias 16 e 19 de outubro de 2018, realizou-se em Londrina – estado do Paraná, Brasil – o 17º Simpósio Internacional Processos Civilizadores (SIPC). O evento traz uma série pesquisas em diversas[…]

VIII Congresso Internacional de Pesquisa (Auto)biográfica

VIII Congresso Internacional de Pesquisa (Auto)biográfica

Olá Pessoal! Você sabe a quanto tempo o Congresso Internacional de Pesquisa (Auto)Biográfica é realizado? O Congresso Internacional de Pesquisa (Auto)Biográfica, realizado bianualmente, completa, em 2018, quatorze anos de contribuição à pesquisa educacional. O VIII CIPA foi realizado no período de 17 a 20 de setembro, na Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) em parceria com a associação Brasileira de Pesquisa (Auto)biográfica (BIOgraph). O evento teve como objetivo contribuir para ampliação e socialização da produção científica na área através de discussões com pesquisadores das instituições participantes (Européias, latino-americanas e brasileiras), bem como diálogos diversos com jovens pesquisadores no domínio da pesquisa (auto)biográfica. Com a temática Pesquisa (Auto)biográfica, mobilidades e Incertezas: Novos arranjos sociais e refigurações identitárias, o congresso mantém a[…]

Violência contra as mulheres

Violência contra as mulheres

A violência em si é uma coisa preocupante. Em se tratando de violência contra o ser humano a coisa ainda fica mais grave. Imagine, então, a violência contra a mulher. De acordo com a Wikipédia a violência contra a mulher é todo ato que resulta em morte ou lesão física, sexual ou psicológica, tanto na esfera pública quanto na privada. Pode, também, ser considerado um crime de ódio. A violência contra a mulher faz parte da nossa história como um fato natural, pois a mulher era, e ainda é vista, como objeto a ser manipulado, um “troféu” a ser exibido e “possuído”. De acordo com o jornal online G1 BA, a Segurança Pública do Estado (SSP-Ba) registrou no ano de[…]

A Cultura Maker nas escolas

A Cultura Maker nas escolas

As práticas de ensino vivenciadas nos dias atuais, tanto nos espaços formais, como as escolas, quanto nos informais, estão entre as atividades mais antigas ainda desenvolvidas. É claro que com algumas mudanças em decorrência dos passar dos anos. Segundo Blikstein (2013), um professor do século XVI, embora tivesse que fazer um grande esforço para compreender os avanços no conhecimento, ele teria pouco trabalho para adaptar suas práticas de ensino ao modelo atual. Ele ainda menciona que técnicas como memorização e procedimentos teóricos ainda estão presentes nos métodos de ensino e aprendizagem, tanto da educação básica, quanto do ensino superior. Embora haja muitos resquícios de uma educação tradicional, pode – se dizer que houve alguns avanços no processo de ensino e[…]

É possível desassociar educação de tecnologia?

É possível desassociar educação de tecnologia?

A Terceira Revolução Industrial teve início após a Segunda Guerra Mundial, em especial na década de 1970, em decorrência de muitas descobertas no campo tecnológico, vindo até os dias atuais com as constantes inovações tecnologias. Para Manuel Castells (1999), “a transição da Sociedade Industrial para Sociedade da Informação é vista como a Revolução Digital, ou Sociedade da Informação ou em Redes, e com ela ocorrem transformações diversas na nossa cultura, socialização, interação e na forma de compreender o mundo”. Assim, a contemporaneidade tem um novo paradigma que é a Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC, tendo a Internet como ferramenta de valor inestimável para a comunicação mundial. A partir de pesquisas militares no auge da Guerra Fria, no final[…]

Nossos Colaboradores