Filosofia

Dia Mundial do Trabalho

Olá, pessoal! O Dia Mundial do Trabalho foi criado em 1889, por um Congresso Socialista realizado em Paris. A data foi escolhida em homenagem à greve geral, que aconteceu em 1º de maio de 1886, em Chicago, o principal centro industrial dos Estados Unidos naquela época. Milhares de trabalhadores foram às ruas para protestar contra as condições de trabalho desumanas a que eram submetidos e exigir a redução da jornada de trabalho de 13 para 8 horas diárias. Naquele dia, manifestações, passeatas, piquetes e discursos movimentaram a cidade. Mas a repressão ao movimento foi dura: houve prisões, feridos e até mesmo mortos nos confrontos entre os operários e a polícia. Diante das lutas, mortes, injustiças históricas, perseguições e expropriações da[…]

Cine PW: Histórias Cruzadas

Salve, salve turma! O fim da escravidão não determinou o fim da relações escravistas, pois até meados dos anos 60 a comunidade afro-descendente estadunidense lutava por direitos civis e o fim do regime apartheid, essas reivindicações somavam-se com as lutas feministas. Nesse contexto, o Cine PW desta semana traz o filme The Help (Histórias Cruzadas). Baseado no livro romance homônimo de Kathryn Stockett  o filme retrata a história de Eugenia “Skeeter” Phelan, Aibileen Clark e Minny Jackson que decidiram escrevê-lo a fim de mostrar uma das fases mais cruéis que já foram submetidas empregadas negras, tais como o racismo e exploração sofridos. [youtube https://www.youtube.com/watch?v=Q7XOj3wHxl8] Além das questões de gênero e raciais, o filme discute as relações de trabalho d@s empregad@s doméstic@s. Assunto de grande relevância, sobretudo[…]

Parabéns Salvador!!

A primeira capital do país expõe no seu contexto histórico influências africanas que são marcantes nos seus aspectos culturais. Reconhecida popularmente pela sua beleza e conjuntos arquitetônico tais como o Pelourinho, Elevador Lacerda e Farol da Barra e festas populares como a Lavagem do Senhor do Bonfim e o carnaval, mas especialmente pela importância para a emancipação política e pelas suas lutas sociais. Confiram a postagem em homenagem a Salvador, feita pela equipe do Professor Web. Clique aqui. Abraços!!

Café Filosófico – CPFL Cultura: A criança em seu mundo

Salve, salve, turma! O Brasil conta atualmente com mais de 190 milhões de habitantes de acordo com o Censo Demográfico de 2010. Segundo o IBGE (PNAD 2001), estima-se que 89 % dos lares brasileiros possuem televisão, enquanto 85% possuem geladeira, demostrando a importância que as famílias brasileiras atribuem a TV. Em um país marcado pelas desigualdades econômicas e sociais, analfabetismo e um sistema de educação carente, a maioria dos jovens, crianças e famílias tem a televisão como principal fonte de entretenimento, informação e educação. “De acordo com os dados do Ibope de 2003, as crianças ficam em média 4 horas diárias assistindo TV”¹ e antes de iniciar sua vida escolar essas crianças terão assistido cerca de 5 à 6 mil[…]

Cine PW: "Crianças Invisíveis"

Salve, turma! “Crianças invisíveis” é um filme composto por sete curta-metragens, filmados nos países da África (Mehdi Charef), Servia Montenegro (Emir Kusturica), Estados Unidos (Spike Lee), Brasil (Kátia Lund), Inglaterra (Ridley Scott), Itália (Stefano Veranuso) e China (Jonh Woo). De modo geral o filme descortina um mundo de negligência de cuidados, maus-tratos, violência psicológica e familiar, tráfico e uso de drogas, exploração de trabalho infantil e conflitos étnicos, políticos e econômicos, onde as crianças e adolescentes estão imersos. Diante desse cenário nos perguntamos: O que fazemos enquanto família, educadores(as), escola, políticos(as) e cidadãos(ãs) para mudar essa trágica realidade que aponta para futuros incertos?   [youtube http://www.youtube.com/watch?v=trGs9Jmeom0] Fonte: Crianças Invisíveis: Um filme sobre a violência em suas múltiplas formas.  

Cine PW: “Crianças Invisíveis”

Salve, turma! “Crianças invisíveis” é um filme composto por sete curta-metragens, filmados nos países da África (Mehdi Charef), Servia Montenegro (Emir Kusturica), Estados Unidos (Spike Lee), Brasil (Kátia Lund), Inglaterra (Ridley Scott), Itália (Stefano Veranuso) e China (Jonh Woo). De modo geral o filme descortina um mundo de negligência de cuidados, maus-tratos, violência psicológica e familiar, tráfico e uso de drogas, exploração de trabalho infantil e conflitos étnicos, políticos e econômicos, onde as crianças e adolescentes estão imersos. Diante desse cenário nos perguntamos: O que fazemos enquanto família, educadores(as), escola, políticos(as) e cidadãos(ãs) para mudar essa trágica realidade que aponta para futuros incertos?   [youtube http://www.youtube.com/watch?v=trGs9Jmeom0] Fonte: Crianças Invisíveis: Um filme sobre a violência em suas múltiplas formas.  

Semana da Internet Segura – Cine PW: Mundo virtual: relações humanas, demasiado humanas.

Salve, Turma! O Cine PW discuti como a Internet transformou as relações humanas, dinamizou o acesso a informação, influenciou na relação ensino aprendizagem e alterou a compreensão do homem como agente histórico. Confiram a palestra com Marcelo Tas, Martha Gabriel, Ronaldo Lemos e Jorge Mautner sobre Mundo virtual: relações humanas, demasiado humanas.  Parte 1 Parte 2 “É inegável: nunca na história da civilização tivemos acesso a tal quantidade de informação. Junto com a avalanche de estímulos, uma igual quantidade de dúvidas, angústias e mudança na forma de nos educar, amar e fazer negócios nos atormentam. Afinal, os responsáveis por processar-transformar informação em conhecimento- continua sendo cada um de nós mesmos. Como conviver com tanto ruído? Como aprimorar a troca de saberes[…]

Café Filosófico: Retratos de Família

Salve, salve turma! A família de fato é a célula base da sociedade, ficaria muito difícil imaginar como seria a sociedade desprovida da instituição familiar. No entanto, a cada tempo a família assume novas configurações, se depara com novos desafios e valores éticos e morais. Sobre esse tema confiram o Café Filosófico com os psicanalistas Diana Lichtenstein Corso e Mário Corso.  [youtube http://www.youtube.com/watch?v=J0xcCszAlqc] “Mutações da família I: “Um filho, se e quando eu quiser”, foi reivindicação atendida a partir da consolidação das conquistas feministas. A maternidade que nasce do livre arbítrio da mulher homologaolveu-se, então, longe do ideal de reclusão familiar, de papéis fixos. Mesmo em família, os filhos sentem-se sempre meio desamparados, assim como suas próprias mães, tal como a noviça órfã Maria[…]

Cine PW: O Riso dos Outros

Salve, turma! Quem não gosta de dar risada? De assistir uma comédia, ou contar uma boa piada? Mas, o que é uma “boa piada”? Será que reforçar estereótipos, preconceitos ou constranger grupos minoritários é engraçado? Será que a máxima: “Eu perco amigo, mas não perco a piada” vale a pena? Será que existe um limite para o humor? São esses e tantos outros questionamentos proposto pelo documentário “O Riso dos Outros”. [youtube http://www.youtube.com/watch?v=PRQ1LuBWoLg] Ótima sessão, pessoal!

Cine PW: Retro 2012

Salve, salve, turma! Ao longo de 2012 a sétima arte foi a nossa grande companheira. Todas as quarta-feiras nós aprendemos, rimos, nos emocionamos e descobrimos novos olhares sobre o mundo através dos filmes, documentários, curtas e longa-metragens. Confiram algumas das produções que passaram pelo Cine PW este ano e tenham uma ótima sessão, pessoal! Cine PW: Tempos Modernos e O Grande Ditador. Cine PW: Lixo Extraordinário e Ilha das Flores Cine PW especial – Escritores da Liberdade Cine PW: Milton Santos e Bertold Brecht Cine PW: “O Auto da Compadecida”, “Orfeu” e “O Pagador de Promessas” Cine PW: “O que é isso, companheiro?” e “Hércules 56” Cine PW: “O crime do Padre Amaro”, “Deus e o Diabo na terra do[…]

Nossos Colaboradores