Ética e Cidadania

Com a palavra, Ninfa Cunha

Com a palavra, Ninfa Cunha

Em conversa com o Blog da Rede, gestora do Espaço Xisto Bahia fala de acessibilidade, educação e cultura O Blog da Rede bateu um papo muito interessante com Ninfa Cunha, produtora cultural, relações públicas, dançarina-intérprete e, atualmente, gestora do Espaço Xisto Bahia; função que exerce desde dezembro de 2015. Na conversa, Ninfa levantou questões importantes para a convivência em sociedade. A temática da acessibilidade esteve na pauta e ela, assertiva como sempre, pontuou que é preciso dar um passo a cada dia, mas que, pelo menos, a questão já é debatida. Assista ao vídeo abaixo e veja a opinião da gestora.   Em outro momento, Ninfa falou de toda a discussão gerada a partir do tema da prova de Redação[…]

Vai ter empoderamento da mulher na tecnologia, sim!

Vai ter empoderamento da mulher na tecnologia, sim!

Estudante-repórter: Gilana Ferreira* No quarto dia da Campus Party Bahia, na Arena Fonte Nova, ocorreu uma palestra sobre o empoderamento feminino na área de tecnologia. O grupo responsável pela palestra foi o OxenTI Menina!, cujo objetivo é levar a tecnologia para as meninas carentes que ainda não escolheram uma profissão ou então têm interesse em participar dessa área, promovendo a tecnologia de uma forma social, através de discursos, palestras, workshops e até mesmo minicursos, além de promover o empoderamento da mulher. “A gente tem essa proposta de tentar atrair mais mulheres para a área e levar inovação, criatividade, estimular o desenvolvimento, estimular o empreendedorismo social”, disse Jamille Cerqueira, uma das palestrantes e cofundadora do grupo. “A ideia surgiu no Technovation.[…]

Os “invisíveis” da Campus Party

Os “invisíveis” da Campus Party

Estudante-repórter: Gilana Ferreira* A Campus Party Bahia está sendo um sucesso: palestras, protótipos, campeonatos, você encontra tudo que estiver relacionado a tecnologia. Mas você já parou para pensar nos profissionais cujo trabalho é garantir o bem-estar e segurança das pessoas que estão no evento? Será que eles são lembrados? Será que são bem tratados? “Por incrível que pareça, quase fui destratado”, disse um dos seguranças da Campus, Bruno Silva. “Eu estava revistando uma mochila e lá tinha computador, notebook e a pessoa achou ruim. Algumas pessoas têm que entender que só estamos fazendo o nosso trabalho”. Jaqueline Cordeiro, membro do Corpo de Bombeiros, também opinou: “O fato é que muitas vezes estamos trabalhando e esse evento depende muito da gente,[…]

Cultura Indígena Projetada

Cultura Indígena Projetada

Uma sala de projeção, escura. Sinal de que uma sessão de cinema está prestes a começar. Contudo, não se trata de uma sessão comum, bem que poderia ser. Em poucos instantes, o público vai se deparar com produções audiovisuais realizadas e protagonizadas por povos indígenas. A situação narrada pode até parecer ficção, principalmente quando a gente pensa na realidade desses povos no nosso país, mas não é. A cena descrita aconteceu durante o Cine Kurumin, em Salvador, no último dia 13, quando o Palacete das Artes recebeu parte da programação do evento. Tendo a frase “Da minha aldeia vejo o mundo” como uma forma de provocar, a mostra chegou à 6ª edição com status de festival, promovendo bate-papos após as[…]

(Des)Sustentabilidades ambientais

(Des)Sustentabilidades ambientais

Olá, comunidade! A cada ano, chegamos ao mês de Junho com a possibilidade de rediscutirmos mais intensamente sobre os caminhos que devemos escolher para vivermos com mais harmonia, respeitando as culturas, identidades e o meio ambiente. Ou seja, discutir a melhor estratégia de nos relacionarmos com o meio ambiente de maneira sustentável. Será que estamos conseguindo, ao menos, discutir estas questões democraticamente? Será que os rumos dessas discussões podem, efetivamente (ações de políticas públicas), transformar nosso comportamento desenvolvimentista? Será que realmente respeitamos a diversidade étnica? Uma coisa temos em mente: caminhar é preciso… Fig. 1: Caminhar é preciso. Imagem: Peterson Azevedo É pensando nessas questões, que devemos refletir sobre qual Brasil queremos construir para a nossa e as futuras gerações,[…]

Translúcida: transgeneridade em foco

Vamos refletir sobre ética, cidadania, direitos humanos, diversidade de gênero e sexual a partir de um filme realizado por estudantes e professores como vocês? O interessante curta Translúcida foi escrito e dirigido por Neto Asterio e com produção de Carlos Miguel Brandão da Silva e Paula Maiele Silva Oliveira, todos estudantes  3º ano do ensino médio do Colégio Profª Olgarina Pitangueira Pinheiro, situado em Conceição do Coité. Selecionado pela Mostra da Produção Visuais Estudantis (Prove), Translúcida aborda um tema atual, a transgeneridade. A personagem Vera, se sente humilhada por uma professora que insiste em lhe chamar pelo seu nome de registro , ao invés do nome social. Apesar do nome social ser utilizado há alguns anos em alguns estados brasileiros, a lei que o regulamenta em âmbito[…]

Duas faces de uma mesma prática

Duas faces de uma mesma prática

“A leitura é muito mais do que decifrar palavras. Quem quiser parar pra ver pode até se surpreender: vai ler nas folhas do chão, se é outono ou se é verão; nas ondas soltas do mar, se é hora de navegar; e no jeito da pessoa, se trabalha ou se é à-toa…” O trecho acima, do poema Aula de Leitura, do escritor, ilustrador e pesquisador paulista Ricardo Azevedo, mostra como a leitura é uma prática que nos enche de possibilidades de ver o mundo. Através dela, a gente decifra tudo, até as coisas consideradas mais difíceis. Por mais clichê que pareça, para quem lê, a vida tem outra face e várias facetas. Quem lê, de fato, se torna possível e[…]

Fique ligado!

  Olá, pessoal! Preparado? É positivamente válido revelar experiências exitosas no cenário educacional, notadamente, quando elas vêm de sujeitos que valorizam e lutam por uma educação cada vez melhor. O quadro “Faça Acontecer” que integra o Programa Intervalo da TV Anísio Teixeira (TVAT)/ Rede Anísio Teixeira  trata-se de um documentário em que, educandos da rede estadual de ensino, participam de atividades, seleções ou premiações incentivadas pela Secretaria Estadual de Educação e Cultura / SEC. Atavés dos projetos que estimulam o pensar educativo, científico, cultural e tecnológico orientados pela Lei de Diretrizes e Bases (Lei 9394 de 20 de dezembro de 1996) como: Festival Anual da Canção Estudantil (FACE), Artes Visuais Estudantis (AVE),Projeto Tempos de Arte Literária (TAL),Produções Visuais Estudantis (PROVE), Feiras[…]

Arte perigosa!

Salve, gente boa que prestigia o nosso blog! Muito provavelmente você já viu alguém fazendo pinturas incríveis em azulejos em alguma calçada. São verdadeiras obras de arte que exprimem sensibilidade e criatividade. Normalmente, são artistas de rua que usam os dedos para dar efeitos impressionantes à tinta que é aplicada ao azulejo através de spray como na foto 1, a seguir: Foto 1: Arte perigosa! Por Sílvia Santana. A mistura de tinta com ar, formando uma dispersão de pequenas partículas, chamada de aerosol, pode ser obtida através de latas de spray (foto 2) ou produzida com o auxílio de um sistema de bombeamento (bombas ou borrifadores de inseticida ou equipamentos específicos, como compressores de ar acoplados a recipientes que permitem[…]

A Matemática dos superbenefícios dos senadores

Caro leitor, Este texto tratará exclusivamente dos subsídios e outros “direitos” dos senadores, que são parte dos políticos brasileiros que têm os maiores benefícios do mundo. No cenário político, o Brasil possui 57.949 vereadores, 5.568 prefeitos e o mesmo número de vice-prefeitos, 1059 deputados estaduais, 513 deputados federais, 81 senadores, 27 governadores e o mesmo número de vice – governadores, secretários municipais, secretários de estado, o presidente da República e o vice – presidente, ministros e seus assessores, e outros tantos servidores da máquina pública, das casas onde atuam esses políticos. Todos eles são funcionários do povo, trabalham pelo povo, ou deveriam! Quem paga o salário deles somos nós, por meio de 94 tributos que colocam o Brasil na 14ª[…]

Nossos Colaboradores