Educação

A Mulher e os Espaços Ocupados no Carnaval da Bahia

A Mulher e os Espaços Ocupados no Carnaval da Bahia

A mulher hoje vem ocupando lugares de destaque e respeito cada vez maiores na sociedade baiana e brasileira. Na música produzida no e/ou para o carnaval da Bahia, mais centralmente no carnaval de Salvador, a presença feminina é marcante nos dias atuais. O número de intérpretes femininas é grande e o foco midiático sobre elas também. Nem sempre foi assim. O modelo do carnaval de rua soteropolitano data suas origens nos anos 50  do século XX, quando a dupla  Dodô e Osmar criou a Fobica, que depois originou o moderno Trio Elétrico. Nos anos sessenta e setenta, os afoxés e blocos afro ampliam sua ação no carnaval.   A primeira cantora a subir num Trio Elétrico para cantar foi  Baby do[…]

"Arvorear-se"

Comumente nos lares e lugares, encontramos a tradicional árvore de Natal nessa época do ano. Mas, de onde vem a sua origem? O que esse símbolo representa? Seu surgimento se deu entre as civilizações mais antigas dos continentes europeu e asiático, por acreditarem que a árvore era um símbolo divino. Muitos afirmam que tenha surgido na Alemanha, por volta de 1530, e se propagado por todo mundo. De acordo com a tradição cristã predominante no Brasil, a decoração natalina deve ser feita no início do Advento, que são os quatro domingos que antecedem o aniversário de Cristo. Aos 6 de janeiro,Dia de Reis, é a data em que se finalizam os festejos natalinos e, portanto, a árvore é desmontada. Desde[…]

1° Encontro Estadual de Líderes de Classe

Estudante-repórter: Tayline Alves Neste vídeo, você vai conferir o 1° Encontro Estadual de Líderes de Classe, realizado no 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual e teve como objetivo buscar o fortalecimento da cultura de participação estudantil nas escolas públicas da rede estadual e dar voz ao estudante e líderes de classe. Se ligue aí:   Abraços, pessoal!   Tayline Alves tem 17 anos, é estudante do Colégio Estadual Polivalente do Cabula, que fica em Salvador, e faz parte da equipe de Cobertura Colaborativa Estudantil

Festival de Capoeira dos Jogos Estudantis da Rede Pública (Jerp)

Estudante-repórter: Tayline Alves Olá, galera! Neste vídeo, você vai conferir o Festival de Capoeira que faz parte dos Jogos Estudantis da Rede Pública (Jerp). O objetivo do Festival é divulgar, democratizar e qualificar a inserção da capoeira na Rede Estadual de Ensino.     Tayline Alves tem 17 anos, é estudante do Colégio Estadual Polivalente do Cabula, que fica em Salvador, e faz parte da equipe de Cobertura Colaborativa Estudantil

Capoeira, uma riqueza cultural

Olá, galera!! A Copeira é um patrimônio histórico que se expressam, ao mesmo tempo, a dança, os golpes, a brincadeira, o toque dos instrumentos, o canto, além de ser uma luta de resistência. No 4° Encontro Estudantil, acontece a Roda de Capoeira com a participação de vários agentes culturais, ligados a essas oficinas que busca a valorização de expressões artísticas e culturais afro-brasileiras. Em entrevista com o Professor Carlos Fereira, ele nos conta o valor da capoeira na educação de crianças e adolecentes: “A capoeira como ferramenta de educação homologaolve a criatividade, alegria, ritmo, coletividade, ou seja, o espirito de partilha, por isso vejo como uma grande contribuição, não só pelo lado histórico, mas também ajuda a seguir as regras[…]

Jogos com Realidade Aumentada do CJCC

Olá, amigos ! Tudo bem ? Hoje, 4 de dezembro, foram apresentados no Centro Juvenil de Ciência e Cultura – CJCC, os jogos com realidade aumentada. Quem visitou o estande pode acompanhar painéis feitos por Janaír Borges, diretora dos Centros Juvenis presentes no evento, acompanhados de elementos em 3D feitos por Fagner Ramos, monitor de Ciências da Natureza do Centro Juvenil de Senhor do Bomfim. Além dos painéis, também foi apresentado um jogo homologaolvido pelo monitor Fagner Ramos juntamente com alunos do Centro Juvenil de Senhor do Bomfim.” Eles aprenderam a modelar, aprenderam a lógica de programação, utilizando softwares livres”, disse Fagner. Roniton Fernandes tem 18 anos, é estudante do Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira, que fica em Salvador,[…]

Matemática e suas diversas funções

Estudante-repórter: Érica de Jesus Olá, galerinha! A Feira Baiana de Matemática visa implementar melhorias para problemas no cotidiano estudantil e educacional. Nessa edição, a Secretária da Educação do Estado promove a 5° Feira de Ciências da Bahia ( Feciba) e a 10° Feira Baiana de Matemática ( FBM), expondo de 240 trabalhos de estudantes de diversos municípios do Estado. Alberto Amorim Filho, 49 anos, é professor e orientador da disciplina geografia e do Projeto “ Planetário na escola : Uma proposta para popularizar a astronomia e o software livre na sala de aula ”, Colégio Estadual Teotônio Vilela ( CETV), Feira de Santana. O professor também orientou os subprojetos: Astro engenharia , Luar do Sertão, Matemática e Astronomia e Telescópios[…]

Memorial do TOPA: A Arte de Lembrar 4º Encontro Estudantil

Por: Joalva Moraes   Olá, pessoal! Passeando pelo 4º Encontro Estudantil, encontrei um espaço dedicado ao projeto que luta contra o analfabetismo em nosso estado, o Memorial do TOPA: A Arte de Lembrar. O TOPA (Todos pela Alfabetização) existe desde 2007 e já contribuiu com mais de um milhão de jovens, adultos e idosos a aprenderem a ler e escrever. No Memorial, podemos encontrar material didático utilizado pelos alfabetizadores, fotos, trabalhos escolares e artesanato feito pelos estudantes, além de outros itens que ajudam a contar a história do TOPA. Branca Queiroz, assessora da Superintendência, informou que o projeto está presente em todos os municípios baianos, funcionando em salas de aulas de Unidades Escolares ou em espaços cedidos por outras instituições[…]

O ensaio é geral e o tempo das artes literarias é agora!

Estudante-repórter: Dandara Lopes Fala, galerinha! Tudo bem? Estamos no 4º Encontro Estudantil, no ensaio geral do TAL (Tempos de Arte Literária). O TAL, neste ano, está com o objetivo de fazer com que as palavras “criem vida e lutem”, sejam a voz dos estudantes e jovens do Estado da Bahia. No áudio a seguir, um pouco sobre o ensaio geral do TAL. Confira: Dandara Lopes tem 14 anos, é estudante do Colégio Estadual Governador Lomanto Júnior, que fica em Salvador, e faz parte da equipe de Cobertura Colaborativa Estudantil.

Caravana Digital Formação em Apropriações Tecnológicas no processo de ensino-aprendizagem

Olá, amig@s! A Rede Anísio Teixeira compreende que a apropriação tecnológica é condição importante à formação de todos os atores educacionais. Não se trata tão somente do empoderamento na utilização dos recursos tecnológicos, mas, sobretudo, de um movimento político, socialmente efetivo à fomentação intelectual de produção, apropriação e compartilhamento de Mídias e Tecnologias Educacionais cuja promoção está em defender a tecnocultura livre. Diante do exposto, nos dias 10 e 13 de novembro, ocorreram as “Caravanas Digitais”, movimento idealizado pela Rede AT, em parceria com as escolas públicas da Rede Estadual de Ensino da Bahia. Dessa vez, a equipe de educadores esteve no Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira e no Colégio Estadual Mestre Paulo dos Anjos. O propósito da atividade[…]

Nossos Colaboradores