Educação inclusiva

Primeiros habitantes

Primeiros habitantes

Havia uma coisa que a primeira professora do lugar onde nasci não sabia. E se soubesse, teria procedido de um outro modo. É que sua escola ficava muito próxima da zona rural da cidade de Camacã e, com frequência, era visitada por alguns indígenas locais.

Um olhar além do que se pode ver

Um olhar além do que se pode ver

Olá pessoal! Vocês sabiam que dia 02 de abril é dia mundial de conscientização do autismo? Como nós professores e estudantes podemos contribuir para o desenvolvimento de crianças e adolescentes autistas no ambiente escolar?

Para isso precisamos compreender um pouco sobre a maneira diferente de ver o mundo dos autistas. Então vamos lá!

Photo(grafia) na escola

Photo(grafia) na escola

Fala comunidade, Será que a fotografia pode ser um recurso didático? A fotografia pode ser uma estratégia metodológica de ensino e aprendizagens? Uma imagem é o mesmo que uma fotografia? Hoje, com o advento das tecnologias da informação e da comunicação, em especial os dispositivos móveis como instrumento de captura e as redes sociais como suporte de difusão e compartilhamento, a imagem pode ser uma forma mais dinâmica e um poderoso instrumento de aprendizagem e diálogo no mundo globalizado, já que a escrita visual independe de entendimento direto, no que se refere à linguística, amplificando o modo de se expressar, por meio da interpretação imagética. Uma fotografia se difere de uma imagem, porque necessita sempre de uma intenção! A fotografia[…]

Outras possibilidades de ver o mundo

Outras possibilidades de ver o mundo

  Olá, pessoal! Tudo bem? Hoje, 02 de abril, é o dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo. Nesse sentido, quero aqui, além de ajudar a divulgar essa informação, refletir um pouco sobre o assunto com vocês. O que é o autismo? Como ele se apresenta? Quais os tipos de tratamento? Como a questão tem sido discutida no Brasil? Enfim, pelo visto, são muitas as informações e as dúvidas também, não é? Por isso, é muito importante tomarmos conhecimento e dialogarmos, sempre que possível, sobre o tema. À medida que vamos obtendo informações e conhecendo o assunto, qualificamos nosso olhar para com o outro, para a aceitação das diferenças e também aprendemos a negar todo e qualquer tipo de julgamento,[…]

Nossos Colaboradores