Cursos e eventos

Abril Indígena na UFBA

Desde o início de abril, a Universidade Federal da Bahia está promovendo o evento Abril Indígena na UFBA. Na programação, oficinas, mostra de filmes, mesas e rodas de conversa. Veja a agenda para os próximos dias e programe-se! ||AGENDA|| Mesa Movimento Indígena na Bahia, com Aruã Pataxó e Uilton Tuxá. Mediação: Kâhu Pataxó, 23/4, às 14h. Exposição Tonã – ritual da preservação | Sarau Minha Aldeia é o Mundo – Declamação das poesias vencedoras do I concurso de poesia Abril Indígena, 23/4, às 16h. Local: Museu de Arqueologia e Etnologia da UFBA _____________ Mostra de filme II: Quando os Yãmiy vêm dançar conosco| Palestra Políticas Culturais e Povos Indígenas: diálogos interculturais, com Marina Vieira, 24/4, às 9h30 Roda de conversa com Mulheres[…]

Secretaria da Educação lança projeto de formação para estudantes e educadores

  Com o objetivo de incentivar a produção de vídeos por estudantes e educadores da rede estadual de ensino, a Secretaria de Educação do Estado da Bahia, por meio do Instituto Anísio Teixeira e dos Centros Juvenis de Ciência e Cultura (CJCC), realiza, até 29/04, as inscrições para o projeto Memórias e Identidades: produção formativa de vídeos educacionais. Realizado pela Rede Anísio Teixeira (Rede AT), em parceria com o CJCC e a Faculdade de Comunicação da Universidade Federal do Estado da Bahia (Facom-Ufba), a formação busca fazer com que o estudante tenha o olhar voltado para a valorização das suas culturas e das realidades das comunidades onde moram ou estudam, através da oferta de formações práticas para a produção de[…]

Oficina “Migração para o Uso de Software Livre”

A fim de colocar em prática algumas de suas premissas básicas (divulgar, realizar formação de docentes e estudantes e dá apoio técnico e pedagógico ao uso de tecnologias da informação e da comunicação), o Programa de Difusão de Mídias e Tecnologias Educacionais – Rede Anísio Teixeira, em parceria com o Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC),  promove a oficina Migração para o Uso de Softwares Livres.  A oficina tem carga horária de 8h e é voltada para docentes e estudantes de escolas públicas, tendo como principais objetivos conscientizar os/as participantes da importância dos softwares livres no contexto socioeducativo e do trabalho, mobilizá-los/as para a construção coletiva proposta nessa perspectiva, assim como capacitar para o uso nas atividades diárias com[…]

Biblioteca do Instituto Anísio Teixeira inicia projeto "Possibilidades Além da Estante" com oficina de contação de histórias

A Biblioteca do Instituto Anísio Teixeira promove a primeira edição do projeto “Possibilidades além da estante”, no dia 14 de abril, das 13h às 17h, com a oficina Contadores de Histórias. O projeto tem como objetivo usar o espaço da biblioteca para criar atividades que possam constituir novos sujeitos, subjetividades e sociabilidades. As inscrições devem ser feitas até o dia 10 de abril, na Biblioteca do IAT, ou enviando a ficha anexa devidamente preenchida para o email: biblioteca.iat@educacao.ba.gov.br. Realizada em parceria com o Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC), a oficina de Contação de História é destinada aos educadores de arte e linguagens, e busca homologaolver a arte de contar histórias envolvendo criação, interpretação e performance teatral. Biblioteca –[…]

Quem sabe o que é a UNE?

Reunidos na Casa do Estudante do Brasil, no Rio de Janeiro, em 11 de agosto de 1937, o então Conselho Nacional de Estudantes conseguiu consolidar um grande projeto almejado há anos anteriores, os jovens a batizam como União Nacional dos Estudantes (UNE). Desde então, a UNE começou a se organizar em congressos anuais e a buscar articulação com outras forças progressistas da sociedade. O primeiro presidente oficial da entidade foi o estudante gaúcho Valdir Borges, eleito em 1939. Os primeiros anos da UNE acompanharam a eclosão do maior conflito humano da história, a Segunda Guerra Mundial. Os estudantes brasileiros, recém-organizados, tiveram ação política fundamental no Brasil durante esse processo, opondo-se desde o início ao nazifascismo de Hitler e pressionando o[…]

A Tenda Digital no 3º Encontro Estudantil

O 3º Encontro Estudantil Todos Pela Escola, promovido pela Secretaria da Educação e realizado de 28 a 30 de outubro, na Arena Fonte Nova, reuniu estudantes e professores de todos os cantos da Bahia. Na ocasião, as comunidades escolares apresentaram projetos artísticos, científicos, esportivos e culturais. Quem esteve na Fonte Nova, viu o 7º Festival Anual da Canção Estudantil (Face), o 6º Sarau Estadual do Tempos de Arte Literária (TAL), a 7ª Mostra do Artes Visuais Estudantis (AVE), a 3ª Aventuras Patrimoniais do Educação Patrimonial e Artística (EPA), a 2ª Mostra de Curtas de 5 minutos do Produção de Vídeos Estudantis (Prove), a 1ª Mostra do Projeto Dança Estudantil (Dance), a 1ª Apresentação do Canto Coral Estudantil (Encante), os Jogos Estudantis[…]

Alunos do CEEP apresentam projeto de Conversor Eletromagnético na FECIBA

Estudante-repórter: Isabela Paixão O projeto de Conversor Eletromagnético, homologaolvido pelos alunos Caio Santos e Ronaldo Anunciação, ambos de 18 anos, estudantes do Centro Estadual de Educação Profissional Pio XII, localizado na cidade de Jaguaquara, tem o objetivo de converter a energia das forças do vento em força magnética, para continuar gerando movimento e produzir o vento, de uma forma limpa e sustentável. Os estudantes afirmam que “serem reconhecidos por esse trabalho é de grande importância, pelo fato de ser um projeto eficaz e que também poderia ser outra fonte de energia, além da hidroelétrica, que usa o autoconsumo da água, que um dia ela poderá acabar”. Sobre a repórter   Isabela Paixão tem 15 anos, estuda no Colégio Estadual Thales[…]

Escola Estadual Luiz Pinto de Carvalho cria projetos para ajudar alunos a entender o mundo da automoção

Estudante-repórter: Andresa Santos Os projetos de automoção da Escola Luiz Pinto de Carvalho, que fica em Salvador, ajudam os alunos a praticarem e aprederem sobre o mundo automotivo. Com esse projeto, os alunos têm condição de ampliar os seus conhecimentos e de buscar novos horizontes. Os estudantes se envolvem 100% nesse projeto. A vontade de aprender deles é maior do que seus obstáculos. O professor Djalma Tavares nos conta que, entre tantos projetos que poderiam ser feitos, a turma optou pela criação de um elevador automotivo. Além desse projeto, existem outros, como um automóvel e um refrigerador didático, que fazem parte do mundo tecnológico da escola. Os alunos Rodrigo Sousa, Adriele Alves e Mauricio Teles disseram que o projeto os[…]

Artes Visuais Estudantis no 3° Encontro Estudantil

Estudante-repórter: Isabela Paixão O projeto Artes Visuais Estudantis (AVE) foi criado em 2008 e seu objetivo é estimular os alunos a conhecer as artes e os seus contextos. Além disso, os estudantes que participam deste projeto mostram a sua arte e os sentimentos impostos nela; e, de um certo modo, tentam influenciar as pessoas a observar a arte do jeito que ela deveria ser. As atividades do AVE estão acontecendo no 6° nível da Arena Fonte Nova, durante o 3° Encontro Estudantil. “Me sinto muito bem, consigo observar diversos contextos nas artes”, afirma Herbert Andrade Nascimento, estudante do 9° ano do ensino fundamental, um dos participantes do AVE. Nascimento diz que “o projeto é de muita importância, pelo fato de[…]

Ciência e escuridão se encontram no 3º Encontro Estudantil

Estudantes-repórteres: Rebeca Correia e Yasmin Sales A FECIBA (Feira de Ciências da Bahia) trouxe um recheado banquete de conhecimento e novidades para estudantes e professores, que tiveram a honra de estar no 1º dia do 3º Encontro Estudantil. Segundo o coordenador da Feira,  Rogério Lima, ela tem como objetivo trabalhar a iniciação científica na educação básica. Os estudantes fazem projetos voltados para atender a realidade da sua comunidade, fortalecendo a ideia de pertencimento. Os estudantes trouxeram suas ideias e mostraram que a ciência e matemática podem fazer parte do nosso dia a dia. Como, por exemplo, o projeto  de reaproveitamento da água, da estudante Siele Lais, 17 anos, do Colégio Estadual Simone Simões Neri, que nos mostra como podemos economizar[…]

Nossos Colaboradores