Audiovisual

Cine Documental – Minha Escola, Meu Lugar – Pankararé

O quadro Minha Escola, Meu Lugar, do programa Intervalo, apresenta a influência histórica e sociocultural de uma Unidade Escolar baiana com seu município ou seu bairro. Neste episódio, a escola evidenciada é a Escola Estadual Ângelo Pereira Xavier e o Anexo, em Baixa do Chico – Raso da Catarina, e a aldeia Pankararé, em Brejo dos Burgos, município de Glória. Sob a liderança do Cacique Afonso e da pedagoga Patrícia Pankararé, essas unidades escolares atendem à clientela da Educação Infantil e Ensino Fundamental I. O diretor da extinta Direc 10, atual NRE 24,  professor Marcos Pires, também contribui com a gestão dessas escolas. A comunidade Pankararé é incansável na defesa de uma educação de qualidade, em suas terras. Professores, dirigentes, estudantes,[…]

Cine Documental – Minha Escola, Meu Lugar – Colégio Pedro Álvares Cabral

O quadro Minha Escola, Meu Lugar, do programa Intervalo, apresenta a influência histórica e sociocultural de uma Unidade Escolar baiana com seu município ou seu bairro. Neste episódio, a escola evidenciada é o Colégio Estadual Pedro Álvares Cabral e a cidade de Porto Seguro. O Colégio Pedro Álvares Cabral foi a primeira instituição escolar estadual de Porto Seguro e por isso participou do homologaolvimento dessa cidade, assim como da vida escolar de boa parte de seus moradores. Porto Seguro atrai baianos e turistas pelas suas belezas naturais e por ser um museu a céu aberto, pois andar pelas ruas dessa cidade é remontar a história do Brasil. A presença da população indígena também é um traço marcante desse lugar que[…]

Cine Documental – Minha Escola, Meu Lugar – Tupinambá de Olivença

O quadro Minha Escola, Meu Lugar, do programa Intervalo, apresenta a influência histórica e sociocultural de uma Unidade Escolar baiana com seu município ou seu bairro. Neste episódio, a escola evidenciada é a Escola Estadual Indígena Tupinambá de Olivença e naquele distrito pertencente à cidade de Ilhéus. A aldeia Tubinambá de Olivença possui 23 comunidades, sendo uma urbana e as demais na zona rural. A escola indígena, 14 Km de Olivença, possui uma sede na Sapucaeira, que oferece Ensino Fundamental II, e mais 18 núcleos com Educação Infantil e Fundamental I. Professores, dirigentes escolares, estudantes, caciques participam dessa produção, mostrando suas impressões acerca da Escola Tupinambá de Olivença e seu papel na afirmação e continuidade da cultura e da luta[…]

O que é que a Mulher Contemporânea tem?

Olá, pessoal! Uma novidade no Blog da ProfessoraOline e ProfessorWeb é a assinatura nas postagens produzidas e a outra é que a equipe de suporte estará promovendo e reforçando o seu acompanhamento, avaliação, sugestão e, enfim, contando com a sua efetiva colaboração para o bom homologaolvimento de nosso blog, afinal de conta ele é 100% colaborativo e 100% educativo. De início, o RADIOLA PW traz a música “O que é que a baiana tem?”, proporcionando uma analogia dessa obra de Caymmi com as atribuições sociais da mulher contemporânea em nossa sociedade. “O que é que a baiana tem?” é uma canção composta por Dorival Caymmi, gravada em dezembro de 1939. É uma das músicas mais conhecidas da carreira da cantora[…]

Radiola PW – Gramofone

Gramofone é um quadro do programa Intervalo que apresenta clipes musicais com estudantes e professores da escola pública baiana. Neste episódio, os clipes são do professor de História, Carlos Barros, que interpreta a música “Rua da Graça”, composição de Harlei Eduardo e a aluna Caroline Marques, com a música “Chuva da gente”. A Graça da cidade de Salvador Oitenta metros acima do nível do mar são a guarida do bairro da Graça na cidade de Salvador. Árvores e casas habitadas por pessoas da classe média e média alta soteropolitana caracterizam a população do lugar. Sua história está ligada aos momentos iniciais da colonização quando a região fazia parte da chamada Vila Velha do Pereira, que coincidia com a velha Salvador,[…]

Cine Documental – Minha Escola, Meu Lugar – Colégio Ypiranga

O quadro Minha Escola, Meu Lugar, do programa Intervalo, apresenta a influência histórica e sociocultural de uma Unidade Escolar baiana com seu município ou seu bairro. Neste episódio, a escola evidenciada é o Colégio Estadual Ypiranga e o bairro Dois de Julho, em Salvador. O Ypiranga funciona no histórico Solar do Sodré, datado do século XVII e tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 1938. O poeta baiano Castro Alves (1847-1871) residiu nesse prédio nos seus últimos anos de vida. O tradicional bairro Dois de Julho, nome que registra a data da Independência da Bahia, está localizado no centro comercial de Salvador, mas guarda ares pitorescos de área residencial, além de possuir uma vista privilegiada para[…]

Videoclipe de Jornada Pedagógica mostra força do protagonismo estudantil da rede estadual da Bahia

O videoclipe O Saber de Transformar, feito especialmente para ser exibido na Jornada Pedagógica 2015 das unidades de ensino da rede pública estadual da Bahia, contou com a participação de estudantes e moradores do bairro Praia Grande, em Salvador, e foi produzido pelos profissionais e educadores da Rede Anísio Teixeira. O Saber de Transformar é fruto de um trabalho conjunto, em que a relação da comunidade escolar e da sociedade civil se fortalece. Da composição da música à finalização do videoclipe, tudo teve como base enaltecer e considerar as especificidades da cultura baiana. “A musicalidade e a batida que estão no rap são bastante autênticas. É um rap da terra, não americanizado. Tem identidade. É um rap com dendê”, brinca[…]

Vídeo do MEC apresenta indicadores do PROUNI para esse ano de 2015

O Ministério de Educação (MEC) apresenta vídeo apontando os indicadores do Programa Universidade Para Todos (Prouni) para esse primeiro semestre de 2015, o vídeo ainda convoca os estudantes para as inscrições que seguem até o próximo dia 29 de janeiro. Segundo o MEC para se inscrever no Prouni 1º/2015 é preciso ter participado do Enem 2014 e ter obtido no mínimo 450 pontos na média das notas do Exame.Também é necessário, ainda, ter obtido nota acima de zero na redação. Maiores informações pelo site: http://siteprouni.mec.gov.br/ Não esqueçam de conferir o vídeo clicando no link abaixo. http://centraldemidia.mec.gov.br/index.php?option=com_hwdmediashare&task=get.embed&id=9696&width=580&height=375&Itemid=444

Cine PW: Samba Riachão

O documentário Samba Riachão (2001), de Jorge Alfredo, é uma obra bastante significativa para quem quer saber e entender um pouco sobre a história do samba, principalmente o da Bahia. Ao colocar o sambista Riachão como protagonista, o cineasta produziu uma narrativa em que fica evidente o quanto Clementino Rodrigues, verdadeiro nome de Riachão, se confunde com o samba. E vice-versa. O nome do documentário já evidencia isso. É como se Jorge batizasse uma vertente do samba como sendo “Riachão”, para contrapor à samba-canção, samba de roda, samba-reggae e etc. Por isso, não há vírgula no título. O “Riachão”, no caso, não é vocativo; é adjetivo. Ou seja, o nome do filme não remete a um comando para que Riachão[…]

Tenda Digital – Lugar de Diversidade

A banda Brutos e Sensíveis foi uma das atrações do 2º dia  da Tenda Digital. Esse grande projeto que tem como objetivo mostrar a diversidade com a qual convivemos dia após dia. Através desse projeto, estudantes e professores mostraram os seus talentos como: dança, música e teatro. A Tenda Digital, com grandes misturas culturais, possibilitou o conhecimento e entretenimento para todos que estiveram nos dias do 3º Encontro Estudantil, apresentando grandes taletos baianos que um dia poderão ganhar o mundo, provando que a Bahia é uma lugar que tem taleto e cultura. Segundo professor Yuri Wanderley, coordernador da Rede Anísio Texeira, a Tenda Digital é um espaço interativo, aberto no qual os estudantes e professores são protagonista deste projeto: “Fico[…]

Nossos Colaboradores