Áreas do Conhecimento

Tecnologia e Educação no CJCC – Vitória da Conquista

Tecnologia e Educação no CJCC – Vitória da Conquista

A Revolução Tecnológica ou Digital do Século XX traz em sua essência um novo sistema de comunicação que provocou e , continua a provocar, em pleno século XXI, uma dinâmica mudança e transformação na organização estrutural da sociedade, resultando em uma nova forma de organização social. Por quê? Porque o cenário social movido e transformado por pessoas conectadas, apresenta novas reconfigurações e significados, a partir da inserção de elementos universalizantes como: a linguagem, sons, cultura, política, economia, identidade, imagens que seguem alterando a economia, as identidades culturais, a sociabilidade, as atividades políticas e, em especial, a EDUCAÇÃO.

É nessa “pegada” sobre Tecnologia e Educação que o Rede em Movimento apresenta o trabalho criativo desenvolvido por Renata Valença Gondim e Márcia de Souza Santos, estudantes do Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC) de Vitória da Conquista, que tiveram seus projetos apresentados em diversos eventos.

Ambientes Inovadores de Aprendizagem : Educação 4.0

Ambientes Inovadores de Aprendizagem : Educação 4.0

A partir da década de 80 fomos atingidos por uma avalanche de constantes inovações tecnológicas que perduram até os dias atuais. Vivemos na atual Sociedade 4.0, onde o conhecimento e manejo tecnológico são fundamentais para nossa sobrevivência. Tudo mudou, a maneira de fazer as coisas mudaram, e a educação precisa acompanhar as transformações. Ao atendermos a essa demanda, possibilitaremos a inserção e permanência dos estudantes na sociedade, pois a inclusão social pressupõe inclusão digital, questão que precisa ser levada a sério, principalmente, pela Rede Pública de Ensino.

A grande aventura humana

A grande aventura humana

Em 24 de julho de 1969, a cápsula Columbia retornava da maior aventura da humanidade desde as grandes navegações. O módulo de comando tripulado pelos astronautas Neil Armstrong, Buzz Aldrin e Michael Collin caiu 950 milhas a sudoeste do Havaí, após uma viagem de 8 dias pelo espaço.

ENEM: do Analógico para o Digital

ENEM: do Analógico para o Digital

Se liga! Vem aí a prova do Enem direto no computador !
Em 2020, teremos mais novidades para o Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM. Será o início da transição do ENEM analógico para o Digital, que deve ser finalizada até o ano de 2026. Essa é a informação registrada no projeto piloto anunciado no dia três de julho do corrente ano, por Alexandre Lopes, Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP.

A Universidade Pública e suas importâncias

A Universidade Pública e suas importâncias

Fala comunidade,

 

Para que serve a Universidade? Para produzir conhecimento? Para modificar o status quo? Para doutrinar? Ou para balburdiar? As primeiras organizações conhecidas como produtoras de conhecimento, ou melhor, o estudo das “essências universais”, daí o nome Universidade, surgem na Europa, no período da Idade Média, estas regidas pela Igreja, e para poucos privilegiados (clérigos ou herdeiros do poder). Uma dessas universidades que hoje pode ser considerada uma das mais importantes na produção de conhecimento no mundo é a Universidade de Paris, mais conhecida como a Universidade de Sorbonne, fundada em 1214, em Paris.

Tecnologia na Educação, ferramenta ou metodologia?

Tecnologia na Educação, ferramenta ou metodologia?

A tecnologia aqui apresentada, já é algo corriqueiro entre os estudantes, faz parte da vida deles, e nesse sentido, a escola precisa, de maneira coerente, também se inserir nesse contexto. É através da boa mediação docente e do estímulo ao uso qualificado das TDIC pelos estudantes, que a escola, efetivamente, possibilitará aos jovens o protagonismo crítico necessário, dificultando assim, que estes sujeitos sejam muitas vezes subjugados no universo tecnológico em que vivemos.

A geografia e seu objeto de investigação

A geografia e seu objeto de investigação

Fala comunidade,

Você sabe o que estuda a geografia? Será que a geografia deveria se debruçar apenas sobre os aspectos fisiográficos do planeta? Qual será realmente o objeto de estudo e de investigação da ciência geográfica? Para entendermos estas questões se faz necessário a interpretação do que entendemos como categorias geográficas, responsáveis por compartimentar o espaço natural em categorias específicas, levando em consideração as transformações da paisagem, derivadas das ações antrópicas, ou melhor, dos espaços naturais modificados pelo trabalho do homem.

Sobre o XIX Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino

Sobre o XIX Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino

Olá pessoal! Hoje eu venho contar pra vocês como foi o XIX Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino – ENDIPE. Com o tema “Para onde vai a Didática? O enfrentamento às abordagens teóricas e desafios políticos da atualidade”, o evento apresentou os seguintes objetivos: Divulgar pesquisas, estudos, experiências sobre a didática, práxis pedagógicas, docência, saberes docentes, currículo e formação de professores, no entrecruzamento de múltiplos olhares sobre o cenário político-social da atualidade, seus desafios, embates, enfrentamentos e implicações sobre a educação básica e educação superior. Discutir coletivamente e ressignificar o estatuto da didática na contemporaneidade com base em abordagens críticas, emancipatórias, inovadoras, criativas, em busca da compreensão e (re)construção de práxis efetivas em favor da transformação social. Congregar[…]

A importância da motivação para o sucesso do estudante !

A importância da motivação para o sucesso do estudante !

O século XXI é marcado como a Sociedade da Informação e Comunicação pela grande popularização  das  tecnologias digitais ubíquas e difusas como a Internet. Tal cenário altera, incomensuravelmente, a forma de buscar e produzir o conhecimento, atraindo o estudante que reconhece a Internet como ferramenta potencialmente válida para a comunicação mundial e inestimável fonte de conhecimentos e múltiplas   formas   de conteúdos midiáticos que ela pode oferecer. Diante dessa realidade, a escola, enquanto espaço multicultural, se insere nesse contexto e é convidada a fomentar diálogos entre os sujeitos que nela transitam e que compreendem a importância das Tecnologias da Informação e Comunicação – TIC no processo de ensinar e aprender. Vale ressaltar que as inovações advindas das TIC alteram a forma[…]

É possível desassociar educação de tecnologia?

É possível desassociar educação de tecnologia?

A Terceira Revolução Industrial teve início após a Segunda Guerra Mundial, em especial na década de 1970, em decorrência de muitas descobertas no campo tecnológico, vindo até os dias atuais com as constantes inovações tecnologias. Para Manuel Castells (1999), “a transição da Sociedade Industrial para Sociedade da Informação é vista como a Revolução Digital, ou Sociedade da Informação ou em Redes, e com ela ocorrem transformações diversas na nossa cultura, socialização, interação e na forma de compreender o mundo”. Assim, a contemporaneidade tem um novo paradigma que é a Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC, tendo a Internet como ferramenta de valor inestimável para a comunicação mundial. A partir de pesquisas militares no auge da Guerra Fria, no final[…]

Nossos Colaboradores