Autor: Patricia Nascimento

Maria Felipa – A heroína negra esquecida

Maria Felipa –  A heroína negra esquecida

Olá, pessoal! Quem aporta nas praias da Ilha de Itaparica, localizada na Baía de Todos os Santos, talvez nem possa imaginar que naquelas areias percorreu bravamente a figura que teve papel crucial nas lutas pela Independência da Bahia. Contrariando a conjuntura de sua época, que, às mulheres, sobretudo às mulheres negras, eram destinados servis papéis de subordinação na sociedade, Maria Felipa de Oliveira fez palco na história e atuou bravamente na liderança de seu território em busca de melhores tempos para o seu povo. Diferentemente de mulheres que atuaram nas disputas que culminaram no 2 de julho, a exemplo de Maria Quitéria e Joana Angélica, a guerreira itaparicana teve o seu nome diminuído na história oficial e foi relegada ao[…]

Oficina Gestão de Blogs Livres – Protagonismo e colaboração

Olá, amig@! Se está navegando nessa plataforma de conteúdos educacionais livres, certamente já refletiu sobre o potencial das tecnologias da informação e comunicação  (TICs) no contexto educacional e em como educadoras/es e educandas/os podem tornar as aulas/escolas mais significativas e atrativas com o suporte dessas tecnologias, não é mesmo?! Essa e outras questões foram levantadas também na oficina Gestão de Blogs Livres, realizada pela Rede Anísio Teixeira, nos dias 26 e 28 de maio, em parceria com o Centro Juvenil de Ciência e Cultura – Central. A atividade difundiu no espaço escolar importantes discussões acerca do blog, que é uma mídia mundialmente utilizada, tanto por quem busca informações e conteúdos, quanto por quem deseja compartilhar suas experiências pessoais e/ou coletivas[…]

Oficina Gestão de Blogs Livres

A fim de colocar em prática algumas de suas premissas básicas (divulgar, realizar formação de docentes e estudantes e dá apoio técnico e pedagógico ao uso de tecnologias da informação e da comunicação), o Programa de Difusão de Mídias e Tecnologias Educacionais – Rede Anísio Teixeira, em parceria com o Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC), promove a oficina Gestão de Blogs Livres. Com carga horária de 8h, a oficina é voltada para docentes e estudantes de escolas públicas, tem como objetivos apresentar os conceitos de criação de blogs, a partir de um desenho pedagógico minucioso, que apontará quais estratégias serão aplicadas às necessidades do(a) publicador(a), a fim de divulgar informações e conteúdos pertinentes para alcançar o público-alvo. Serão[…]

Oficina “Migração para o Uso de Software Livre”

A fim de colocar em prática algumas de suas premissas básicas (divulgar, realizar formação de docentes e estudantes e dá apoio técnico e pedagógico ao uso de tecnologias da informação e da comunicação), o Programa de Difusão de Mídias e Tecnologias Educacionais – Rede Anísio Teixeira, em parceria com o Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC),  promove a oficina Migração para o Uso de Softwares Livres.  A oficina tem carga horária de 8h e é voltada para docentes e estudantes de escolas públicas, tendo como principais objetivos conscientizar os/as participantes da importância dos softwares livres no contexto socioeducativo e do trabalho, mobilizá-los/as para a construção coletiva proposta nessa perspectiva, assim como capacitar para o uso nas atividades diárias com[…]

Espaço Aberto – A rede social da educação

Olá, educadores(as)! Atualmente, é impossível ignorar a grande influência que as mídias digitais exercem em nosso cotidiano, bem como o auxílio que elas trazem em diversos aspectos, viabilizando ações que antes demandavam maior tempo ou limitavam a comunicação e interação com o mundo.  O que antes era visto como um obstáculo, pois alguns resistiam à ideia de que fosse possível utilizar a internet e seus múltiplos recursos tecnológicos para fins educacionais, hoje a realidade mostra o potencial da rede e que quando suas ferramentas são aplicadas e agregadas ao uso pedagógico trazem avanços significativos.  Com o objetivo de fortalecer ainda mais a apropriação e construção de novos saberes nos meios interativos, sugerimos, para @s professor@s da Rede Estadual de Educação[…]

Criatividade não tem preço – Softwares e tutoriais livres

Olá, pessoal! Atualmente, vivenciamos um avanço tecnológico e o uso cada vez mais acelerado das novas tecnologias. Isso nos faz pensar sobre algumas perspectivas e formas de contribuirmos, afinal o crescimento de toda a sociedade seja ela tecnológica ou não, depende da contribuição de cada um de seus indivíduos ou coletivos organizados. O surgimento dos Softwares de licenças Livres rompeu com a lógica perversa de mercado no seguimento, que delimita o acesso dos usuários por meio de exigências econômicas, e, temos, na alternativa oferecida pelas licenças livres, além da construção colaborativa, liberdade de uso, bem como de compartilhamento, pois grande parte desses programas têm seus códigos abertos para que todos possam apontar e fazer melhorias. Pensando em tudo isso e[…]

Cine PW – O veneno está na mesa

Olá, amig@s! A relação de necessidade humana com os alimentos, passa além das questões biológicas. Para atender e fomentar demandas do setor alimentício, produtores lançam mão de formas de produção que geram destruição da natureza e, consequentemente, trazem danos aos consumidores, um exemplo alarmante é o uso dos agrotóxicos na produção agrícola. Embora o ideário de alimentação saudável esteja ganhando cada vez mais espaço em nossa cultura – o que é um grande passo, se pensarmos que grande parte da qualidade de vida está diretamente ligada a esse fator – nos vemos em uma verdadeira cilada no que se relaciona à qualidade dos alimentos que vão para as nossas mesas diariamente. Estamos sendo vitimados por uma forma de produção criminosa,[…]

[Censurado] O papel da imprensa no Brasil – O Pasquim

Olá, pessoal! Existiu um período na história do Brasil, que os(as) filhos(as) deste solo, viveram apreensivos(as), com os rumos políticos e sociais que abruptamente estavam sendo submetidos(as) – estamos falando da Ditadura ou Regime Militar, instituída em abril de 1964, prosseguindo até 1985. Vozes e vontades foram aprisionadas pelo medo da repressão física, moral e intelectual. O pensar e o agir eram permeados pela restrição da liberdade, onde até mesmo situações em que duas pessoas conversando na rua poderia representar perigo ou conspiração contra o governo vigente e essas em muitos casos sofreram violentas punições e, algumas, jamais retornaram aos seus lares. Nesse contexto, o processo democrático foi sumariamente negligenciado, assim como a comunicação crítica, a literatura, a música ou[…]

O lugar da mulher na sociedade – Bertha Lutz e a emancipação das mentes

Olá, pessoal! Atravessando uma dura realidade social num tempo em que foram prisioneiras do lar ao longo de suas histórias, as mulheres, tratadas como seres inferiores, subordinadas a padrões de gênero estabelecidos por conceitos essencialmente machistas e consequentemente excludentes, visto que cerceavam a liberdade e  negavam direitos civis, políticos e sociais a estas – demarcou-se assim, a hegemonia masculina sobre o dito “sexo frágil”. A despeito de imposições históricas que limitavam ou inviabilizavam as suas realizações pessoais e construção de identidade, muitas mulheres uniram-se em lutas por cidadania, emancipação intelectual, libertação e representatividade feminina na sociedade – dando origem então aos Movimentos Feministas. Aqui no Brasil, uma das primeiras representantes desse importante movimento social foi a bióloga Bertha Lutz, que[…]

Reflexões sobre o 13 de maio de 1888 e suas consequências

“Vamos! De pé! Abram alas À ideia da Abolição! Já não existem senzalas, Foi outrora a escravidão!” (Oliveira e Silva) Olá, amig@s! Na rica história do Brasil, uma face atroz não pode ser escondida, muito embora cause-nos ainda sofrimento, é impossível deixar de refletir sobre os séculos de escravidão que foram submetid@s milhares de negr@s oriund@s do continente africano, em terras brasileiras. Num tempo em que mulheres, homens e crianças foram retirad@s violentamente de seus lares, tratad@s como mercadorias, conduzid@s nos porões de tumbeiros em condições desumanas, destinad@s a servidão além-mar, pelas mãos dos escravocratas europeus, e, de semelhante forma, ocorreu no tenebroso período da então colonização portuguesa em nosso país, iniciado em abril de 1500 no território que já[…]

Nossos Colaboradores