Autor: Mônica Mota

GREENpense

GREENpense

  Hi there! “We will move ahead!” Essa foi a frase que ambientalistas de vários países apresentaram com o término da COP 22. Do inglês Conference of the Parties, (Conferência das Partes – COP22) corresponde a 22ª Conferência da ONU sobre o Clima, em Marraquexe, no Marrocos, ocorrida em novembro com 196 países, inclusive, o Brasil. A presença de líderes mundiais definiram particularidades do regulamento que regerá o Acordo de Paris, que definirá as diretrizes universais para seguir em frente no combate ao aquecimento global. Fig.1 Luciano Albuquerque. Frase exposta por ambientalistas na COP 22 “Nós seguiremos adiante.” O Brasil também promove ações e políticas voltadas às questões ambientais. Da árvore que o nomeou, foi inaugurado o Parque Nacional do[…]

Eu me LIVRO

Hello, readers! Reading is to the mind what exercise is to the body! Richard Steele Fig.1 Graphic novel Todos devem saber sobre a importância da leitura no processo de busca do conhecimento e da informação, mas, se essa leitura fosse em inglês? Será que qualquer um poderia encarar esse desafio? A leitura sempre foi uma das melhores formas de ampliar o vocabulário e,  realizada  em uma segunda língua, é uma das formas de expandir um número maior de palavras e estar exposto à estrutura do idioma. Quando se está aprendendo outra língua, escolher diferentes tipos de contato com o idioma pode ajudar muito na conquista da fluência. Uma fonte imensurável e cheia de oportunidades para a aprendizagem do inglês é[…]

SOS

    Fig.1 Tráfico humano Yes. SOS – Save Our Souls, ou seja, “Salve nossas almas.” O texto começa com esse apelo! Um pedido de socorro! O papo é muito sério. Muitas pessoas estão clamando por SOS! O Tráfico de Seres Humanos (TSH) é um fenômeno de caráter mundial, pois atinge países em diferentes partes do mundo, de acordo com informações da Organização das Nações Unidas (ONU). Em inglês, conhecido por human trafficking ou trafficking in persons, remonta a tempos antigos e aponta que o escravagismo ou escravidão resulta na “coisificação” do sujeito, pois na Idade Antiga, algumas sociedades definiam legalmente o escravo como mercadoria. Tomava-se posse da vida do outro de diferentes formas para a exploração econômica ou social[…]

Protest Signs

Hello,folks! Stop now and read this text! Vamos aprender algo diferente? Você sabe o que é o termo “protest signs”? Fig. 1 http://www.wikihow.com/Make-Protest-Signs A escrita, bem como a leitura,está incessantemente, em nossa vida cotidiana. Fazemos ainda, registros manuscritos, anotações, mas com a celeridade tecnológica, os textos deixaram de ser lineares, estáticos e se tornaram dinâmicos, interativos, hipertextuais. Passamos a fazê-los de formas variadas: digitalizados, impressos, fotografados,dentre outros. O diferencial está na intencionalidade da mensagem, ou seja, ela definirá que tipo de gênero. Não basta tão somente, a escrita do texto, é necessário colocá-lo em circulação. Os “protest signs” (cartazes de protesto) fazem parte de um gênero textual para a divulgação de um propósito como justiça social e ativismo que se[…]

Oxe! Forró é For all?

Fig. 1: Ilustração feita por Josymar Alves Oxente! É São João! Vou aquecer essa indagação no calor de uma fogueira, ao som da zabumba do Rei do Baião! Aliás, assim ele já cantava a composição de José Batista e Antônio Barros: “ Reinado, coroa Tudo isso o baião me deu Estrelas de ouro No meu chapéu Roupa de couro e gibão Como um milagre caído do céu…” Fig.2 Selo produzido pelos Correios em homanagem a Luiz Gonzaga no ano de 2012 Mas, a propósito! De onde vem a expressão for all? Bem… muitos tentam explicá-la, até mesmo Geraldo Azevedo em sua canção “For All Para Todos”, mas a verdade é que, segundo a pseudoetimologia a palavra forró resultaria da expressão[…]

Labor or Labour?

Hey everyone! Vamos bater um papo meio portuglês? Por sermos espertos, sabemos que existem diferentes formas de se expressar e de dizer as coisas em inglês e em português. Bem, estamos no mês temático do trabalho e,diferentemente, do Brasil o Labor Day é comemorado em outra data em alguns países que têm o inglês como idioma oficial. Para abordar a temática,vamos aprender algumas expressões do universo laboral e ampliar o nosso vocabulário, tão necessário para a aquisição de um novo idioma. Mas, à propósito, o correto é labor ou labour ? Em verdade, ambos estão corretos, pois a primeira forma trata-se da grafia do inglês americano enquanto que a segunda trata-se do inglês britânico. Para aquecer a nossa discussão sobre[…]

Parabéns, Salvador!

Fig.1:Josymar Alves Tudo começou quando Tomé de Souza aqui chegou e no Porto da Barra desembarcou Rei de Portugal governador-geral o nomeou e do espaço geográfico se apossou Que beleza! Aqui a fez “cidade-fortaleza” Muitos índios, portugueses encontraram e, durante séculos marcam presença, são os Tupinambás de Olivença símbolo de luta e resistência Eis Salvador, construída com muito labor Ótima localização, a exportação impulsionou os escravos que aqui aportaram muito cultivaram do açúcar, fumo, algodão, criação de gado o Recôncavo era a região Boa não era a situação, pois havia exploração Poeta baiano quis acabar com a escravidão morreu com pouca idade mas com muita sensibilidade a essa gente falou Castro Alves, “Poeta dos Escravos”, alguém o nomeou Oh, Salvador,[…]

"Arvorear-se"

Comumente nos lares e lugares, encontramos a tradicional árvore de Natal nessa época do ano. Mas, de onde vem a sua origem? O que esse símbolo representa? Seu surgimento se deu entre as civilizações mais antigas dos continentes europeu e asiático, por acreditarem que a árvore era um símbolo divino. Muitos afirmam que tenha surgido na Alemanha, por volta de 1530, e se propagado por todo mundo. De acordo com a tradição cristã predominante no Brasil, a decoração natalina deve ser feita no início do Advento, que são os quatro domingos que antecedem o aniversário de Cristo. Aos 6 de janeiro,Dia de Reis, é a data em que se finalizam os festejos natalinos e, portanto, a árvore é desmontada. Desde[…]

AFRObetizando: abadá ou abatá?

Imagem: http://outraspalavras.net Axé, mano! Hã? Calma, xará! Falta pouco! Carnaval está chegando! A propósito, já comprou seu abadá? Nem só de português vive o português! Se você é tagarela, então vamos bater um papo! Você sabia que, muito do que falamos tem sua origem em línguas africanas e falamos “africanglês”? Talvez, nem precise andar com um dicionário na mochila! Pra ninguém mangar de você e achar que você é um babaca, é melhor se informar! E se alguém te chamar de dengoso, ligue não! Só não dê uma de nenê! Você não precisa mais de nenhuma babá. Também não vale xingar, ficar ranzinza ou se encher de cachaça! Anda meio borocoxô? Está com calundu porque não achou ainda um xodó?[…]

Amanhã é dia de branco?

Era uma vez… Veja o que ele fez. Ou melhor, o que ainda faz! Inicio aqui minha provocação: será que não vivemos o apartheid social no nosso estado, no nosso país? Para começo de conversa, o apartheid é uma palavra oriunda do africânder apartheid, que significa “separação” em africano. Apartheid foi um regime segregacionista e separatista da África do Sul, que deixou marcas ao longo da história. Ele negava, rigorosamente, os direitos sociais, econômicos e políticos dos negros, que eram controlados por uma minoria branca de europeus ( holandeses e ingleses). O regime vigorou até 1994. Um dos principais ícones na luta contra o apartheid foi Nelson Mandela. No Brasil, muito se lutou e se luta pelos direitos e oportunidades[…]

Nossos Colaboradores