Autor: Mônica Mota

ArteFicialmente

ArteFicialmente

Up and Down! Esse é o movimento que tem girado em todo o planeta. Upcycling, downcycling, recycling o que essas palavras têm em comum? Será que é tão somente o sufixo ou elas trazem alguma novidade? Bem, vamos por parte! Primeiramente, o que elas significam e, em seguida, aprender como podemos utilizar o sufixo “-ing” tão comum na Língua Inglesa.

Be expert on the subject!

Be expert on the subject!

Hello, false friends!

Você sabe o que são false friends? Bem… Eles são falsos,mesmo! É preciso ter muito cuidado! Também conhecidos como falsos cognatos, os false friends são palavras que apresentam escrita semelhante ou igual ao português. O candidato, ao se inscrever na prova do ENEM, pode fazer a opção pela prova de Língua Inglesa e, se deparar com questões que envolvam os false friends. Essas palavras são  empréstimos, oriundas do latim daí, a facilidade de confundi-las com algumas  do português.

Harry up!

Harry up!

E aí, galera do ENEM? Nada de deixar para última hora os conteúdos de inglês! O ENEM e os vestibulares focam nas questões de Língua Estrangeira Moderna em interpretação e  compreensão do texto. Vamos iniciar mais uma jornada para a preparação. Sinta-se convidado, pelo título desse texto, para aprender sobre phrasal verb. Harry up! Isso mesmo! Apresse-se!

What’s up? Let’s have fun!

What’s up? Let’s have fun!

Isso mesmo! Vamos nos divertir com algumas expressões idiomáticas! Que tal, chutar o balde? Calminha! Em inglês, não é bem assim! Essa expressão não traz a mesma ideia do português, pois significa literalmente: “Bater as botas!” (To kick the bucket ). Não é tão simples,  mas não se desespere! Essas expressões   se encaixam na dimensão do contexto social, cultural e identitário do idioma como patrimônio cultural e imaterial.

Como como?

Como como?

– O quê?

-Ah! Não diga que você não entendeu!

– Sim! Eu como, tu comes, ele come, nós comemos…Um momento! Nós comemos o quê?  Já parou para pensar? ComER é essencial para vivER. Todos nós sabemos! Quer dizer: quase todos! Os verbos comungam de uma mesma conjugação, mas nós, seres humanos, não comungamos de uma mesma alimentação. Por isso! Chega de matar!  Esse é o maior equívoco.

O que pode acontecer a cada 40 segundos?

O que pode acontecer a cada 40 segundos?

O que pode acontecer a cada 40 segundos? Fig.1 Campanha Setembro Amarelo   Atenção! Antes mesmo que termine de ler, algo já aconteceu! “Falar é a melhor solução.” Essa é grande bandeira trazida pelo Setembro Amarelo. Você já deve ter visto pela cidade de Salvador alguns outdoors com a divulgação dessa temática. Trata-se de uma campanha brasileira de prevenção ao suicídio. As iniciativas do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) reconhecem a necessidade de se falar cada vez mais desse assunto, já reconhecido como problema de caráter mundial e de saúde pública.  O Brasil se colocou como signatário do Plano de Ação em Saúde Mental, divulgado em[…]

Start what?

Start what?

Start what? Hello, folks! Vamos “startar” uma conversa? Você já deve ter ouvido alguém pronunciar esse neologismo, não? Bem… mas o que é “startar”? É,simplesmente, começar algo! “To start “ é um verbo do inglês que significa começar, iniciar. E “startup”? Qual sua definição? Qual sua real ideia? Aliás, ideia é,sem dúvida, uma das palavras que mais pulsa dentro de uma startup. Fig.1 Idea De acordo com o Wikipédia, uma start up é “uma empresa emergente que tem como objetivo desenvolver um modelo de negócio escalável, repetível, em condições de extrema incerteza, ao redor de um produto, serviço, processo ou plataforma. O modelo de negócios é a maneira como a empresa emergente gera valor, ou seja, como transforma seu trabalho em[…]

10complica!

10complica!

Olá, você saberia,de primeira, afirmar qual a língua mais fácil de se aprender? Você tem interesse de aprender um novo idioma? Qual fator determinante você usaria para essa escolha? Seria para interesses profissionais ou hobby? Independentemente da intencionalidade, a verdade é que, em tempos de novas propostas e tendências educacionais, ante aos novos formatos exigidos no mundo do trabalho é inquestionável a importância do aprendizado de uma língua estrangeira tanto para o seu crescimento pessoal quanto profissional. Fig.1 Mapa Mundi De acordo com linguistas, o que pode ser apenas consenso: a facilidade para aprender pode ser compreendida pela árvore genealógica do idioma. A glotocronologia se encarrega de esclarecer alguns aspectos das famílias linguísticas. O Defense Language Institute (DLI) ,cuja sede[…]

Phubbing e WhatsAppinite: problemas do mundo contemporâneo!

Phubbing e WhatsAppinite: problemas do mundo contemporâneo!

Uma situação bastante comum nos dias de hoje, seja numa saída entre amigos, reunião de família, reunião de trabalho ou coisa do gênero, tem sempre alguém que não desgruda do celular. Já se sentiu irritado, incomodado ou anulado por alguém em situação igual ou semelhante? Mais precisamente, já disse ou ouviu essa frase: “Pare com esse celular!” Pois bem, esse tipo de comportamento tem mobilizado uma campanha de caráter global: “Stop phubbing!” Ela aborda um comportamento social alimentado cada vez mais pelos avanços tecnológicos oferecidos pelos Smartphones. A intenção maior da campanha, idealizada pelo estudante universitário australiano Alex High, é restaurar o contato social entre as pessoas. Fig.1Phubbing   Talvez você desconheça a palavra ou expressão. Como se pode observar[…]

Nossos Colaboradores