Autor: Cobertura Estudantil

Juventude e Mundo do Trabalho – 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual

Estudante-repórter: Tayline Alves E aí, pessoal! Nesta reportagem, conhecemos alguns detalhes das Mesas de Interesse Juventude e Mundo do Trabalho. Temas contemporâneos e a  inserção do jovem no mercado de trabalho foram alguns assuntos abordados. Confiram o vídeo:                     Tayline Alves tem 17 anos, é estudante do Colégio Estadual Polivalente do Cabula, que fica em Salvador, e faz parte da equipe de Cobertura Colaborativa Estudantil

Diversidade étnica e cultural no 4° Encontro Estudantil

Estudante-repórter: Lucicarla Lima A II Mostra Fotográfica Faces da Escola traz uma exposição de pessoas, culturas e comunidades baianas, sob o olhar de educadores da rede pública de ensino. Foi necessário viajar por várias cidades do interior do estado, filmando e documentando as diversas culturas e identidades do povo baiano. A exposição mostra uma diversidade étnica muito grande: brancos, negros e índios. A Mostra investiga um pouco da indentidade cultural desses povos. Peterson Azevedo, fotógrafo e professor da Rede Anísio Teixeira, conta a importância do Faces da Escola para a educação: “A obras mostram, por meio da imagem, o protagonismo juvenil, o fazer desses estudantes; e mostra que a escola pública não é suja ,não é degradada, acabando com essa[…]

Estudantes apresentam projetos na Feciba

Estudante-repórter: Roniton Fernandes A Feira de Ciências da Bahia (Feciba) é promovida pelo programa Ciência na Escola e tem como objetivo apresentar projetos de estudantes baianos com propostas de intervenção em causas sociais. Nesta quinta feira, 3 de dezembro, foram abordados diversos temas, como coleta seletiva e padrão de beleza. Os estudantes Ian Kauê Soares, 17 anos; e Drielle Naiara Rodrigues, 16 anos, orientados pela professora Adja Batista, 36 anos, todos do Colégio Estadual Professora Maria Olímpia, no município de Aurelino Leal, exploram em seu estande informações e pesquisas sobre lixo escolar e coleta seletiva. “Observamos, no nosso colégio, que os alunos não têm utilizado os coletores seletivos para o descarte do lixo” afirmou Drielle, explicando a escolha do tema.[…]

"Xadrerizando…"

Estudante-repórter: Érica de Jesus Oi, turma! Tudo bem? Rita Boenes, 50 anos, professora de educação física, trabalha há cinco anos com jogos de xadrez, no Colégio Estadual Duque de Caxias (CEDC), localizado no bairro da Liberdade, em Salvador. “Além de diversão e entretenimento, os alunos homologaolvem habilidades cognitivas, raciocínio lógico, comportamental e educacional. Sendo assim, auxilia os alunos nas matérias exatas e nas de sociologia e filosofia”, afirma Rita. O estudante Denílson Oliveira, 17 anos, que cursa o 3° ano do Ensino Médio, no CEDC, foi um dos participantes da competição Festival de Xadrez, no 4° Encontro Estudantil, contou um pouco sobre a sua experiência com o jogo de xadrez: “Quando você se dedica ao xadrez, você vê a vida[…]