Setembro Azul!


MDH
ressalta a importância de se desenvolver políticas públicas para avançar ainda mais na inclusão dessas pessoas na sociedade.

O dia 26 de Setembro é reconhecido como o Dia Nacional do Surdo que foi instituído através da Lei nº 11.796 em 29 de outubro de 2008. A data marca a criação da primeira escola destinada aos surdos no Brasil no Estado do Rio de Janeiro em 1857, posteriormente, tornou-se Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES).

Seu idealizador foi o Imperador Dom Pedro II que tinha intenção de fundar um instituto que atendesse as pessoas surdas no Brasil. O Instituto Imperial de Surdos teve grande contribuição do professor francês, Édouard Huet, também surdo, que lecionava para crianças surdas de modo a possibilitar a integração dessas pessoas à sociedade. Para saber mais assista ao vídeo e veja como tudo começou!

As aulas, ministradas em Língua de Sinais Francesa, influenciaram na construção da Língua Brasileira de Sinais. Contudo, vale salientar que a língua de sinais não é universal! Existem diferenças entre os países e, até mesmo, regiões ou cidades dentro de um único país, por existirem variações e peculiaridades linguísticas.

A Surdez é o termo que revela a impossibilidade, dificuldade parcial ou total do ato de ouvir. Cerca de 5% da população brasileira é considerada surda. O sentido que constitui a audição é formado de canais que envia o som até o ouvido interno, onde as ondas são transformadas em estímulos elétricos e encaminhadas ao cérebro, órgão responsável pelo reconhecimento de tudo que se ouve. Inúmeros são os fatores que provocam a surdez. Ela pode ter diferentes classificações, conforme estabelecidas pelo Ministério da Saúde, uma delas é a cofose. Outro fator importante a ser observado é o termo surdo-mudo. Será que é existe? Leia o artigo que compreenda porque não é correto falar tal expressão.

São muitos os desafios que enfrentados por essa parcela da população! O Ministério dos Direitos Humanos reforça a importância de implementar ações, positivamente válidas, para o desenvolvimento de políticas públicas que possam garantir cada vez mais a inclusão dessas pessoas na sociedade. Assista ao vídeo e veja os avanços e desafios que precisam ser mitigados.

Bilíngue agora é lei? Sim! Um avanço que merece destaque! No dia 4 de agosto de 2021, foi sancionada a Lei 14.191/21, que disciplina a educação bilíngue de surdos. Quando se fala em educação bilíngue, logo se associa ao ensino de outros idiomas. Mas, no caso desta norma, as duas línguas em questão são a Libras (Língua Brasileira de Sinais), considerada a primeira língua e o português escrito (a segunda língua).

A obrigatoriedade dessa modalidade de ensino iniciará na educação infantil e, ao longo da vida acadêmica. Os beneficiados poderão ser estudantes surdos, surdocegos. Veja a história do primeiro estudante surdocego a se formar na UnB. Outra novidade! Você pode aprender LIBRAS de graça e online! Experimente!

Mas como é possível efetivar a comunicação? Através da datilologia! Consiste a forma possível para estabelecer comunicação para quem usa LIBRAS que se estabelece na representação simbólica das letras do alfabeto, soletradas com as próprias mãos, acrescidas de expressões faciais ou corporais.

Proponho um desafio! Aprenda 20 frases para você se comunicar quando encontrar com uma pessoa surda!

A Literatura Brasileira também tem o seu lugar ! Muitos são os poemas de gigantes da nossa literatura que podem ser traduzidos em LIBRAS para o público usuário da língua de sinais, como por exemplo, Manoel de Barros,Vinícius de Moraes, Gonçalves Dias e muitos outros!

Enfim, o objetivo não é esgotar o assunto, mas ampliar o diálogo e promover a inclusão. Há muito por aprender! Para saber mais, acesse a Plataforma Anísio Teixeira . Você pode encontrar desde clássicos da Literatura Universal , histórias infantis , ENEM LIBRAS , verbos, decreto, Física, Medicina , Sistema Solar e outros diversos materiais sobre a temática.

Mônica Mota

Professora da Rede Estadual de Ensino do Estado da Bahia

Referências:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Pedro_II_do_Brasil

https://www.gov.br/mdh/pt-br/assuntos/noticias/2018/setembro/dia-nacional-dos-surdos

https://mundoeducacao.uol.com.br/fisica/o-ouvido-humano.htm

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *