Escrita criativa

Olá, pessoal! Tudo bem?!

Vamos pensar um pouco sobre escrita criativa? O que é isso? Como nascem as produções nessa proposta? Todo escritor é criativo? Então companheiros, estas são algumas questões que merecem um pouquinho da nossa atenção.

Vivemos tempos fugazes, no que diz respeito às produções textuais e, consequentemente, à prática da leitura. Cada vez mais, para muitas pessoas, tudo segue demasiadamente rápido, sejam as falas, a escrita, a leitura e até as relações interpessoais. As redações e leituras têm se limitado aos dedos e à palma da mão, pois hoje em dia, muito já cabe aí. Com o poder das redes sociais e a velocidade da comunicação nesses espaços, estamos nos tornando, em muitas situações, seres mutantes, impacientes, intolerantes às pausas, ponderações e até descuidados com nossos interlocutores. Complicado isso, não é? Pensemos.

Apesar desse contexto veloz, é preciso acreditar e potencializar também escritas e leituras diferenciadas, eficientes, qualificadas e prazerosas. É preciso exercitar a criatividade, independentemente de tempo e/ou de extensão narrativa, cuidar do que se escreve, do que se lê e perceber quão prazeroso é esse exercício. Ser criativo na escrita não depende da inspiração, mas da vontade de produzir algo bem-feito. O escritor criativo nasce da prática e de seu amadurecimento, sobretudo enquanto leitor. Para isso, cabem exercícios diários no universo textual.

A escrita criativa requer liberdade e autoria, sem as amarras de uma escrita técnica e sem reproduzir o alheio. É você, o papel/tela do computador e mundos apresentados em ideias, estilos e argumentos bem organizados que convida e fideliza o leitor, tanto para ler dez linhas, quanto duzentas páginas.

Se ligue aí!

Aproveitamos para divulgar uma grande oportunidade para nossos estudantes produzirem textos e desenvolverem escritas criativas, participando do V CONCURSO PARA ESCRITORES ESCOLARES DE POESIA E REDAÇÃO 2019, uma iniciativa da Diretoria do Livro e da Leitura da Fundação Pedro Calmon/Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

Abertas inscrições do V Concurso de Poesia e Redação para Escritores Escolares. Acesse o link: encurtador.com.br/nCX89

 

Por enquanto é isso, pessoal. Em breve refletiremos um pouco mais sobre esse e outros temas.

 

Tchau! Até a próxima!

 

Marcus Leone Oliveira Coelho, professor da Rede Pública Estadual de Ensino

 

 

Publicações relacionadas

  • O Blog da Rede estabelece parceria com o Colégio Estadual Pedro Calmon26 de abril de 2018 às 18:52 O Blog da Rede estabelece parceria com o Colégio Estadual Pedro Calmon (0)
    Olá, pessoal! Na quarta-feira, 25 de abril de 2018, a Rede Anísio Teixeira esteve no Colégio Estadual Pedro Calmon para desenvolver uma […]
  • Por que uma pedagogia dos multiletramentos?4 de junho de 2018 às 16:21 Por que uma pedagogia dos multiletramentos? (0)
    Olá, companheiros! Vamos refletir um pouco sobre produções textuais multissemióticas que envolvem discursos multimídia, e que, sobretudo […]
  • Ser ou não ser, professor?16 de outubro de 2018 às 18:43 Ser ou não ser, professor? (0)
    A palavra “Professor” tem origem no Latim, sendo uma derivação de Professus que significa “pessoa que declara em público” ou “aquele que […]
  • Vamos contar um conto?26 de outubro de 2015 às 18:54 Vamos contar um conto? (0)
    O episódio em questão do quadro Ser professor, do programa Intervalo, fala sobre a arte de contar um conto. Neste episódio, apresentaremos […]
  • Redação no ENEM 2017: cartilha do participante já está disponível18 de outubro de 2017 às 18:04 Redação no ENEM 2017: cartilha do participante já está disponível (0)
    O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) divulgou, na segunda-feira, 16 de outubro, a Cartilha do […]
  • Com a palavra, Ninfa Cunha29 de novembro de 2017 às 18:49 Com a palavra, Ninfa Cunha (0)
    Em conversa com o Blog da Rede, gestora do Espaço Xisto Bahia fala de acessibilidade, educação e cultura O Blog da Rede bateu um […]
Escrita criativa

Nossos Colaboradores