O que pode acontecer a cada 40 segundos?

O que pode acontecer a cada 40 segundos?

Fig.1 Campanha Setembro Amarelo

 

Atenção! Antes mesmo que termine de ler, algo já aconteceu!

Falar é a melhor solução.” Essa é grande bandeira trazida pelo Setembro Amarelo.

Você já deve ter visto pela cidade de Salvador alguns outdoors com a divulgação dessa temática. Trata-se de uma campanha brasileira de prevenção ao suicídio. As iniciativas do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) reconhecem a necessidade de se falar cada vez mais desse assunto, já reconhecido como problema de caráter mundial e de saúde pública. 

O Brasil se colocou como signatário do Plano de Ação em Saúde Mental, divulgado em 2013 pela Organização Mundial de Saúde (OMS). “A cada 40 segundos,alguém morre por suicídio em todo o mundo”, é o que afirma o vídeo divulgado pela ONU Brasil.

O mês de setembro, no Brasil, faz alusão ao dia 10 de setembro que é considerado o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, uma iniciativa da International Association for Suicide Prevention, que promove e divulga ações preventivas e esclarecedoras sobre o suicídio.

De acordo com a World Health Organization(WHO) que, no Brasil é representado pela Organização Mundia de Saúde (OMS), o suicídio é a segunda principal causa de morte entre pessoas com a idade entre 15 e 29 anos. Para a OMS, sua constituição fomenta ações para a melhoria de saúde de todos os povos e compreende saúde como um «estado de completo bem-estar físico, mental e social e não consistindo somente da ausência de uma doença ou enfermidade.» O  depoimento apresentado  por Igor Sastro, estudante de Serviço Social, na série da TV Campus sobre o Setembro Amarelo, afirma que o adoecimento e o suicídio são cada vez mais crescentes entre os jovens no universo acadêmico:

Mas o que indica a cor amarela? Uma das suposições talvez, esteja associada a alegria que a cor remete: um novo dia ao nascer do sol. Essa representação de recomeço e de vida, aponta a intencionalidade de que outras vidas sejam salvas.

Os números oficiais revelam que 32 brasileiros se suicidam por dia, sendo esse número superior às taxas de vítimas da AIDS e do câncer. O estado do Rio Grande do Sul lidera no cenário nacional. Para a Organização Mundial de Saúde, o suicídio é a única causa de morte que não sofreu redução nos últimos 50 anos e, para os especialistas, falar sobre o assunto ainda é o melhor caminho.  O número é ainda mais alarmante entre indígenas. De acordo com a antropóloga, Lúcia Helena Rangel, o suicídio se intensifica nessa parcela da população, notadamente, entre os jovens e os homens. A estudiosa aponta que a falta de demarcação de terra é um dos principais motivos.

A posvenção é compreendida como um ato bastante comum, que consiste em ajudar alguém que tentou o suicídio e que auxilia o sobrevivente a viver com mais produtividade e com menos estresse. Trata-se de uma ação adotada, mundialmente, como uma ferramenta importante para se cuidar da saúde mental de quem passa pelo problema. Entende-se por sobreviventes todas as pessoas que são afetadas: pais, filhos, irmãos, familiares, amigos, colegas, dentre outros.

Muitas são as causas que contribuem para a pessoa buscar o suicídio como fatores genéticos e multifatoriais. O psiquiatra Rafael Moreno faz um alerta: “O mais perigoso não é quando a pessoa está no fundo do poço, mas quando está entrando ou saindo do poço, porque aí tem energia para executar o plano.” 

Portanto, a escuta sensível é uma das vias mais seguras para dar vez à fala de quem sofre com esse problema. Então, vamos falar sobre? Veja a cartilha que a aborda essa problemática  na nossa Plataforma Anísio Teixeira.

Falar é a melhor solução!” Reforça a campanha. 

Para outras leituras acesse os links abaixo:

Referências:

http://portal.mec.gov.br/component/tags/tag/44991

https://nacoesunidas.org/oms-suicidio-e-responsavel-por-uma-morte-a-cada-40-segundos-no-mundo/

http://radios.ebc.com.br/brasil-rural/edicao/2016-09/prevencao-ao-suicidio-de-indigenas-tambem-e-foco-da-campanha-setembro-amarelo

https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5221:grave-problema-de-saude-publica-suicidio-e-responsavel-por-uma-morte-a-cada-40-segundos-no-mundo&Itemid=839

https://nacoesunidas.org/oms-suicidio-e-responsavel-por-uma-morte-a-cada-40-segundos-no-mundo/

https://gauchazh.clicrbs.com.br/saude/vida/noticia/2016/09/suicidio-o-mal-invisivel-que-mata-mais-de-mil-gauchos-por-ano-7401401.html

http://portalms.saude.gov.br/saude-para-voce/saude-mental/prevencao-do-suicidio

Mônica Mota

Professora da Rede Pública Estadual de Ensino

Publicações relacionadas

  • Alimentação saudável e o “corpo perfeito”14 de junho de 2018 às 15:00 Alimentação saudável e o “corpo perfeito” (0)
    Hoje em dia, dificilmente se encontra uma pessoa com a alimentação saudável e balanceada. Para que uma pessoa entenda como é a alimentação […]
  • Phubbing e WhatsAppinite: problemas do mundo contemporâneo!23 de março de 2018 às 07:00 Phubbing e WhatsAppinite: problemas do mundo contemporâneo! (1)
    Uma situação bastante comum nos dias de hoje, seja numa saída entre amigos, reunião de família, reunião de trabalho ou coisa do gênero, […]
  • Que símbolo é esse?30 de julho de 2018 às 06:00 Que símbolo é esse? (0)
    o símbolo universal da reciclagem, também conhecido como símbolo da coleta seletiva está presente em, pelo menos, todos os tipos de […]
  • 5 de dezembro de 2016 às 17:51 Rede Anísio Teixeira é vencedora em duas categorias do Prêmio ARede Educa 2016 (0)
    Olá, pessoal! É com grande felicidade que nós, Educadores e Educadoras da Rede Anísio Teixeira, compartilhamos com vocês essa importante […]
  • 9 de julho de 2018 às 14:19 Start what? (0)
    Start what? Hello, folks! Vamos “startar” uma conversa? Você já deve ter ouvido alguém pronunciar esse neologismo, não? Bem… mas o que […]
  • 11 de abril de 2016 às 19:57 Radiola PW: Música Sem Pesquisa Brasileira (MSPB) (0)
    No mês de abril, a história e cultura dos povos indígenas fica em evidência por causa do dia 19 de abril. Na verdade, isso não passa de um […]
O que pode acontecer a cada 40 segundos?

Nossos Colaboradores

%d blogueiros gostam disto: