Enem, cuidado com as questões fáceis!

Olá, pessoal! O Blog do Professor Web e da Professora Online mudou! A partir de agora, passará a se chamar Blog da Rede! E não é só isso! O blog está de cara nova! Mais bonito e intuitivo, ele agora faz parte da Plataforma Anísio Teixeira! E, para selar essas mudanças, iniciaremos, no mês de setembro, uma série de textos voltados para você que está se preparando para o Enem: é o “Mutirão para o Enem”. O objetivo é indicar conteúdos digitais, traçar roteiros de estudo e abordar os temas mais cobrados no Enem nos últimos anos.

A prova de matemática do Enem é considerada, pelos estudantes, como uma das mais difíceis. Por isso, é uma das mais temida por eles. Ela também é uma das matérias de maior peso, já que dos 1000 pontos, 250 são atribuídos a ela, só perdendo para Redação, cujo valor é de 1000 pontos. O valor de cada questão varia conforme o porcentual de acertos e erros do candidato, é a chamada Teoria de Resposta ao Item (TRI). Esse sistema pontua as questões de acordo com o seu grau de dificuldade, com o objetivo de valorizar o aluno que sabe mais, em detrimento, daquele que “chutou” a resposta certa. Parece complicado?! Só parece!  Vejamos um exemplo: imagine que um aluno acerta a maioria das questões classificadas como fáceis e acerta ou erra as difíceis, esse resultado é entendido pela banca examinadora como coerente. Porém, caso um aluno erre a maioria das fáceis e acerte pelo menos um item difícil, a banca não vê essa resposta como coerente (interpreta como “chute”) e o aluno não recebe a pontuação máxima daquela questão. Assim, é imprescindível que o candidato pontue os itens fáceis da prova de Matemática, para não se prejudicar! Analisando as últimas edições do exame, percebemos que existe uma grande quantidade de questões fáceis, que exigem do estudante apenas conhecimentos básicos a respeito de gráficos, tabelas, esquemas, infogramas e noções de estatísticas. As mais difíceis exploram conteúdos relacionados à geometria espacial e plana e princípio fundamental da contagem.

Neste primeiro texto, iremos explorar a análise de tabelas e conhecimentos básicos de estatística, através da resolução de questões que foram aplicadas no Enem 2016. Ao final, indicaremos uma série de conteúdos digitais, disponíveis na Plataforma Anísio Teixeira, para aprofundar os conhecimentos relacionados ao tema. Vamos lá!

Prova Azul:

QUESTÃO 144 Preocupada com seus resultados, uma empresa fez um balanço dos lucros obtidos nos últimos sete meses, conforme dados do quadro.

Avaliando os resultados, o conselho diretor da empresa decidiu comprar, nos dois meses subsequentes, a mesma quantidade de matéria-prima comprada no mês em que o lucro mais se aproximou da média dos lucros mensais dessa empresa nesse período de sete meses. Nos próximos dois meses, essa empresa deverá comprar a mesma quantidade de matéria-prima comprada no mês

a) I.                             b) II.                               c) IV.                               d) V.                             e) VII.

Observe que o examinador solicita o mês que mais se aproximou da média dos lucros mensais dessa empresa no período de sete meses. Sendo assim, o primeiro passo para resolver a questão é obter a média (M) dos lucros nos últimos sete meses, dada por:

O segundo passo, consiste em consultar a tabela e verificar através de uma simples comparação de valores qual o mês que mais se aproxima de 31. Concluímos que o valor 30, obtido no mês V, é aquele que mais se aproxima de 31. Logo, a resposta correta é D.

Para encerrar esta postagem, indicarei algumas mídias digitais constantes na Plataforma Anísio Teixeira, que irão lhe auxiliar na interpretação desse tipo de questão. Acesse os links:

http://pat.educacao.ba.gov.br/conteudos-digitais/conteudo/exibir/id/2130

http://pat.educacao.ba.gov.br/conteudos-digitais/conteudo/exibir/id/874

http://pat.educacao.ba.gov.br/conteudos-digitais/conteudo/exibir/id/699

http://pat.educacao.ba.gov.br/conteudos-digitais/conteudo/exibir/id/872

Até a próxima e bons estudos!

Referências:

ESTADÃO – PORTAL DO ESTADO DE SÃO PAULO. Com Teoria da Resposta ao Item, chute no Enem vale menos. Disponível em: <http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,com-teoria-da-resposta-ao-item–chute-no-enem-vale-menos,1770667>. Acesso em: 05 de stembro de 2017.

Publicações relacionadas

Enem, cuidado com as questões fáceis!

Nossos Colaboradores