Poema ao Estudante

profonline

Olá, querid@s!

Esta semana nossas discussões voltam-se para homenagearmos as figuras protagonistas do nosso blog: @s estudantes. Afinal, como disse Confúcio:  “Estudar é polir a pedra preciosa; cultivando o espírito, purificamo-lo”. E como é bom receber homenagens, não é mesmo?!

Nada mais justo que prestarmos nossa homenagem a estes autores do conhecimento que nutrem nossas ações, e com @s quais construímos parceria e trocamos experiências ao longo destes três anos. É muito bom poder estreitar a relação e proporcionar o crescimento de cada um dos envolvidos nesta proposta. Portanto, construímos essa bela homenagem estruturada em forma de arte: poema. Nada mais doce e aproximadora que a arte pra enaltecer quem se homenageia. Então, este é puramente de vocês!

 

ESTUDAR, ESTUDAR, ESTUDAR…

Da dúvida ao entendimento

O desafio é o que te move

 Longos e muitos obstáculos a sua frente, a sua volta e em seu passado

Alguns superados, com sucesso transpassados

Outros adormecidos, escondidos, esquecidos; esperando o tempo certo

Outros ainda, nem superados, nem aniquilados, porém compreendidos

 Eis que entendes que estes mesmos lhes são degraus

Entende que o que fica perdura-se para sempre e mais um dia

Lembra-te de três regras que sempre se repetirá:

Estudar. Estudar. Estudar.

 Desde os tempos em que nas mãos segurava com maior apego

Outras mãos, não o material escolar

Sabias então que sua estrela se figura em estudar, estudar, estudar.

 Dentro ou fora de algum lugar; com ou sem alguém ao lado

Pra avançar. Pra retornar. Pra revisar, refletir, analisar

Entendes que há tempo de parar

Nem mesmo como voltar, apenas te lembra que sempre há

Estudar. Estudar. Estudar.