Prorrogadas as inscrições gratuitas para 30º Encontro de Física

A Universidade Federal da Bahia (UFBA) prorrogou até o dia 25 de agosto o prazo para as inscrições no 30º Encontro de Físicos do Norte Nordeste. Os professores de física do ensino médio da rede estadual podem participar gratuitamente do evento,  com comunicações orais e apresentação de painéis. As inscrições devem ser feitas no site da Sociedade Brasileira de Física.

O 30º Encontro de Físicos do Norte Nordeste é realizado pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), em parceria com a Secretaria da Educação do Estado da Bahia, e acontece de 5 a 9 de novembro, em Salvador.

Inscrições gratuitas – Estão garantidas aos docentes da rede estadual 70 vagas para inscrição gratuita. Os contemplados com a gratuidade receberão da comissão organizadora do evento um e-mail de confirmação. Terão prioridade os professores que submeterem trabalhos para apresentação.

Acesse aqui a ficha de inscrição

O  coordenador da Educação Superior da Secretaria da Educação, Nildon Pitombo, destaca a relevância da participação dos professores da rede estadual no encontro. “Ações desta natureza estimulam os docentes de Física a participar das discussões e debates sobre a situação da educação científica no país, bem como a avaliar o contexto do ensino de Física e sua importância no homologaolvimento nacional”, assegura

Escola e universidade – A coordenadora das atividades de ensino do 30º Encontro de Físicos do Norte Nordeste, Maria Cristina Penido, informa que a novidade do evento é, justamente, articulação entre universidade e escola. “Os professores participarão ativamente das discussões, submetendo trabalhos e pesquisas sobre suas experiências e práticas didáticas para apresentação”

Também estão previstos na programação minicursos, oficinas, mostra de vídeo e mesas-redondas. De acordo com a coordenadora, “as atividades darão ênfase à formação continuada de professores em aspectos atuais da problemática do Ensino de Física no nível da Educação Básica. Elas despertarão para o homologaolvimento de experiências didáticas, com material de fácil aquisição, que são um diferencial importante para o ensino de física nas regiões do Norte e Nordeste”, conclui Maria Cristina Penido.

 

Fonte: http://www.educacao.educadores.ba.gov.br/node/3509