Exposição Capoeira – luta, dança e jogo da liberdade fica em cartaz até 30 de setembro

Mestre Camisa fundador do Abadá Capoeira na Urca - Crédito: André Cypriano

Mestre Camisa fundador do Abadá Capoeira na Urca – Crédito: André Cypriano

Interessados em conhecer um pouco mais da história da Capoeira no Brasil, desde seu surgimento no Brasil Colonial até os dias de hoje, terão mais tempo para conferir a exposição itinerante Capoeira – luta, dança e jogo da liberdade, que encerraria no dia 19 de agosto e foi prorrogada até 30 de setembro. Composta por fotografias de André Cypriano acompanhadas de ilustrações de Debret e Auguste Earle, a exposição retrata centros de capoeira e capoeiristas de Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Nova York, San Francisco, Recife, Brasília, Olinda e Angra dos Reis. A mostra é uma realização da Aori Produções Culturais e tem o apoio da Diretoria de Museus do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia.

Com curadoria de Denise Carvalho, Diretora da Aori Produções Culturais, a mostra apresenta uma expografia que recria um ambiente de sala de capoeira com um assentamento para o Orixá Exu, entidade que deve ser cumprimentada antes de qualquer roda iniciar-se, uma fotografia do grande Mestre Pastinha, remontando um pequeno altar existente em diversos centros de ensino e prática da capoeira, além de instrumentos musicais e uma ambientação sonora típica das rodas.

O potencial educativo da exposição será explorado a partir de três atividades. No dia 23 de agosto, às 16h, uma roda de conversa sobre capoeira movimenta a Galeria Solar Ferrão. O evento conta com a participação de Mestre Dinei, do Grupo da capoeira Gingarte, Mestre Marcos Grito e Mestre Poloca, do Grupo Nzinga de Capoeira Angola, Mestre Molinha, do Grupo de Capoeira Angola Mingolos filhos da Mandinga, e do cineasta Lázaro Farias, autor do filme Roda do Mundo. No dia 11 de setembro, às 15h30, a etnomusicóloga Emília Biancardi, junto com um grupo de alunos, fará uma apresentação de Berimbaus. Já nos dias 13 e 20 de setembro, às 10h e às 14h, acontece o projeto Contação de Histórias, sob coordenação do arte-educador Ubirajara Santos. Com o tema Capoeira, a atividade é voltada para crianças com idade entre 06 e 12 anos e deve ser agendada previamente pelo telefone (71) 3116-6740.

 Serviço:

 O que: Exposição fotográfica Capoeira – luta, dança e jogo da liberdade.

Onde: Galeria Solar Ferrão – Rua Gregório de Mattos, 45 – Pelourinho. Telefone: (71) 3116-6743

Quando: Até 30 de setembro. Visitação de terça a sexta das 12 às 18h. Sábados, domingos e feriados, das 12h às 17h.

Programação educativa: Dia 23 de agosto, às 16h: Roda de conversa sobre capoeira; Dia 11 de setembro, às 15h30: Apresentação de Berimbaus; Dias 13 e 20 de setembro, às 10h e às 14h: Contação de história sobre a capoeira.

Gratuito

Realização: Aori Produções Culturais

Apoio: DIMUS/IPAC

Fonte: Pelourinho Cultural