Estudante é escolhido para presidir Parlamento Juvenil do Mercosul

O estudante Bruno Moreno, do Colégio Estadual Mário Augusto Teixeira de Freitas, localizado no bairro de Nazaré, em Salvador, tem do que se orgulhar. O aluno foi eleito para representar a Bahia no Parlamento Juvenil do Mercosul, que tem o objetivo central de discutir e propor melhorias para o ensino médio público dos países membros do Mercosul: Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela. Bruno Moreno foi recebido na quarta-feira (15/8) pelo secretário da Educação do Estado da Bahia, Osvaldo Barreto, no edifício-sede do órgão, no Centro Administrativo.

O jovem baiano foi escolhido, ainda, entre todos os representantes dos estados brasileiros para presidir o Parlamento Juvenil. Com empolgação e comprometimento, o estudante falou sobre a felicidade de ter sido eleito para o Parlamento Juvenil, uma espécie de versão jovem do Parlamento do Mercosul. “Tenho muita coisa boa para passar para os meus colegas. A experiência já é muito enriquecedora. E quero colocar todos os meus objetivos em prática. Entre as minhas prioridades, está trazer a Conferência Nacional do Parlamento Juvenil para a Bahia”, disse Bruno Moreno.

Para o secretário Osvaldo Barreto, o engajamento e a formação de Bruno são exemplos da transformação que a escola pública vem sofrendo nos últimos anos. “Ter este retorno positivo por parte dos estudantes é muito importante. Percebemos que o ensino público na Bahia e no Brasil está mais preparado. Hoje, temos escolas com um funcionamento mais facilitado, com mais autonomia. A escola precisa desse dinamismo para se reinventar. Fico contente de ver alunos e pais envolvidos em todo esse processo”, considerou.

A diretora do Colégio Estadual Mário Augusto Teixeira de Freitas, Adriana Araújo, ressaltou a importância que a escolha teve para a unidade escolar. “A eleição do nosso aluno serviu, também, como reconhecimento para toda a equipe do colégio. Realizamos um trabalho em conjunto para oferecer sempre o melhor para os nossos estudantes. Bruno é um aluno antenado, comprometido, com participação ativa na escola. Ficamos muito felizes com a escolha”, disse.

Bruno Moreno já tem agenda de compromissos para cumprir como parlamentar. Ainda em agosto, ele segue juntamente com os outros eleitos para uma fase preparatória na Colômbia. A posse está programada para acontecer oficialmente em setembro, em Montevidéu, no Uruguai.

Eleição – O estudante foi eleito presidente do Parlamento por ter a maior votação de todos os concorrentes (69 votos). A eleição final aconteceu em Brasília, no dia 4 de agosto, e contou com a participação de 80 alunos de todo o País, indicados pelas secretarias estaduais da Educação. O evento foi realizado pelo Ministério da Educação em parceria com a Unicef e elegeu 26 representantes brasileiros para o Parlamento, que vão permanecer na função no período de 2012 a 2014.

Durante o mandato, os jovens vão ser envolvidos em diversas ações de integração e formulação de propostas para melhoria do ensino médio. O Ensino Médio que Queremos é o tema dos trabalhos do projeto que se desdobrará em assuntos como inclusão educativa, gênero, jovem e trabalho, participação cidadã e diversidade. As discussões serão abraçadas por jovens de todos os países envolvidos.

Os estudantes que foram eleitos para representar o Brasil no Parlamento Juvenil do Mercosul precisam assumir o compromisso de participar de todas as instâncias presenciais e virtuais que compõem o projeto; estudar ou produzir os documentos necessários para participar de todas as etapas do evento e assistir a todas as reuniões obrigatórias.

Fonte: http://www.educacao.ba.gov.br/node/3532