Dica de Leitura: Semana de Arte Moderna

Artes plásticas, literatura e música. Em 2012, o Brasil comemora os 90 anos da Semana de Arte Moderna, que deu início a uma revolução contra a  linguagem artística da época através de apresentações e exposições que quebraram os ideais estéticos vigentes desde o século XIX.
Nos dias 13, 15 e 17 de fevereiro de 1922, artistas como Tarsila do Amaral, Mário de Andrade, Pagu, Oswald de Andrade e Heitor Villa-Lobos apresentaram o Modernismo a uma sociedade conservadora, no Teatro Municipal de São Paulo, efervescente ponto de cultura do país. Na produção dos novos artistas, o nacionalismo aparece como forma de expressão aliada à arte, além da mistura de novos elementos que foram recebidos com desprezo pela população.
A Biblioteca Pública do Estado da Bahia disponibiliza obras de escritores modernistas para consulta pública. No Setor de Artes, que funciona de segunda à sexta-feira, das 8h30 às 18h , é possível encontrar livros que falam sobre a Semana de 22 ou exemplares de autoria dos participantes do evento histórico. Veja algumas das obras disponíveis:
 
– Pequena História da Música (Mário de Andrade)
– A Semana de Arte Moderna (Neide Rezende)
– Teatro: A Morta, O Rei da Vela, O Homem e o Cavalo (Oswald de Andrade)
– Desenhos de Di Cavalcanti na Coleção do MAC
– Tarsila do Amaral (Fundação Finambrás)