Jornada Pedagógica 2012 mobiliza 40 mil professores

A Jornada Pedagógica 2012 mobiliza, nos dias 1, 2 e 3 de fevereiro, mais de 40 mil professores da rede estadual de ensino da Bahia. Neste período, os professores se encontram para planejar o ano letivo nas escolas e construir os planos de curso para cada área do conhecimento. O secretário da Educação do Estado da Bahia, Osvaldo Barreto, ratifica que “a Jornada Pedagógica é, por excelência, o espaço para que educadores e gestores planejem o ano letivo, tendo a escola como o lugar de formação continuada, de modo a garantir um planejamento, de fato, coletivo e que assegure ao estudante o direito de aprender”.

Os planos de curso serão construídos a partir da realidade de cada unidade escolar, considerando os indicadores de desempenho internos e externos da escola. Dados como, frequência dos estudantes, índices de aprovação, reprovação e abandono, além dos resultados de avaliações como Prova Brasil, Avalie e Enem, ajudam a identificar aspectos da vida escolar que precisam ser melhorados para garantir o sucesso do ensino e da aprendizagem.

Programação – A Jornada Pedagógica 2012 acontece em dois turnos. No turno diurno, a programação segue das 7h30 ao meio dia e, no turno noturno, das 18h30 às 22 horas. Todos os instrumentos e conteúdos necessários para o planejamento do professor, por área do conhecimento, e para a elaboração do plano de curso estão disponíveis na página da Jornada. Além disso, este ano, a Secretaria da Educação do Estado disponibiliza um fórum online para comunicação direta e em tempo real com professores.

Acesse aqui a programação da Jornada Pedagógica

A superintendente de Desenvolvimento da Educação Básica, Amélia Maraux, ressalta que o fórum é mais um instrumento para integração e troca de conhecimentos entre os professores e gestores. “A equipe da Secretaria estará disponível para tirar dúvidas e auxiliar os professores no quer for preciso para realização do planejamento pedagógico”, explica.

Durante a Jornada, os participantes vão conhecer o Projeto de Monitoramento, Acompanhamento, Avaliação e Intervenção Pedagógica (Paip). Criado pela Secretaria da Educação do Estado, o Paip vai ser implantado em 100% das escolas, este ano de 2012, como apoio aos professores e gestores na resolução de questões pedagógicas, visando garantir as condições necessárias para que os estudantes obtenham sucesso no percurso educativo.

Momento decisivo – A professora de língua portuguesa do Colégio Estadual Satélite (Salvador), Adriana Carvalho, revela que “a jornada é um momento decisivo para professores e estudantes porque é quando se organizam os projetos, as avaliações, o calendário e o conteúdo a ser trabalhado por unidade”.

Para a professora, a Jornada Pedagógica, somada a outros esforços para oferecer uma educação de qualidade, exerce influência no desempenho de professores e estudantes. “Confirmamos, a cada ano, o quanto a jornada é essencial para alinharmos nossas ações. A escola melhorou, ganhou autonomia. A ampliação do acervo de livros e o empenho em equipar, também, vêm fazendo a diferença”, avalia.

Do município de Juazeiro (a 500 km de Salvador), a diretora do Colégio Estadual Cecílio Matos, Linda Maria Viana, afirma que “as discussões propostas durante a jornada pedagógica são muito proveitosas e dão suporte a todas as atividades homologaolvidas durante o ano letivo, a exemplo dos conselhos de classe, leitura do regimento, realização de projetos e avaliações por unidade”.

 

Fonte: http://www.educacao.ba.gov.br/