Secretaria prepara educadores para Jornada Pedagógica 2012

Cerca de 200 profissionais da educação, dentre coordenadores técnicos e pedagógicos das Diretorias Regionais de Educação, participam, até sexta-feira (20/01), da Formação para a Jornada Pedagógica 2012, prevista para os dias 1, 2 e 3 de fevereiro. A programação inclui oficinas formativas para implantação do Programa de Monitoramento, Acompanhamento, Avaliação e Intervenção Pedadógica da Rede Estadual de Ensino da Bahia (Paip), que a partir deste ano envolverá 100% das unidades escolares.

Os educadores participantes da formação vão atuar como multiplicadores junto aos mais de 40 mil professores que participarão da Jornada Pedagógica 2012. Levando em conta a dimensão e complexidade da rede estadual de ensino, o secretário da Educação do Estado Osvaldo Barreto classificou a formação e a própria Jornada Pedagógica para planejamento do ano letivo como indispensáveis ao processo de fortalecimento da escola pública.

“Na Jornada Pedagógica os educadores têm a oportunidade de avaliar os indicadores de desempenho de cada escola e planejar para o ano letivo”, afirmou o secretário, recomendando aos educadores “estudar especialmente os dados extraídos do Sistema de Gestão Escolar (SGE) que, aliados às avaliações de desempenho externas, orientam a intervenção pedagógica para garantir aos estudantes o direito de aprender”.

Avaliação e intervenção – O Secretário também ressaltou que os instrumentos de gestão, a exemplo do SGE, Escola 10 e Transparência na Escola, vêm sendo amadurecidos e contribuem para melhorar a gestão de cada escola. Ele afirmou que, em 2012, com a implantação do Paip, a Secretaria da Educação vai ampliar os resultados destas políticas de avaliação e monitoramento, já que o novo programa também investe em medidas de intervenção para ajudar os educadores na melhoria da qualidade da educação básica.

A superintendente de Desenvolvimento da Educação Básica, Amélia Tereza Maraux, destacou que o diferencial do Paip é a configuração em rede, onde o ponto de partida e o ponto final convergem para a escola. “Ficaremos frente a frente com os indicadores e vamos preparar as escolas para vencerem os desafios postos por esta realidade”.

Expectativas – Ano após ano, a Jornada Pedagógica tem seu valor reconhecido entre os educadores. Nesta edição, a grande expectativa fica por conta da implantação do Paip. “A Jornada é o momento que nós temos para rever os dados, fazer reflexões, ver o que deu e o que não deu certo, rever e avaliar o planejamento para o ano escolar. Este ano tem a novidade do Paip que é um projeto ousado. Nós sentíamos falta de um projeto com este teor, que pudesse dar resposta e convergir com as ações da rede e de unir todos os trabalhos pedagógicos”, diz o coordenador pedagógico da Diretoria Regional de Serrinha (Direc 12), Emanuel Messias Conceição.

A coordenadora pedagógica da Diretoria Regional de Macaúbas (Direc23), Cleonice de Amaral, ratifica que, tendo o planejamento no início, fica mais fácil conseguir sucesso com o ensino. “Saber como e para onde caminhar é fundamental para direcionar bem as atividades durante o ano”, afirma.

Fonte: http://www.educacao.ba.gov.br/