Preconceito, denunciar é preciso!

Olá, pessoal!

Hoje, vamos falar sobre um assunto que continua sendo constante em nossa sociedade.

Há alguns dias vem circulando na Internet mais uma entre tantas outras notícias falando de preconceito racial. Trata-se do caso de um garoto negro de apenas seis anos, filhos de pais espanhóis, que foi expulso de um restaurante em São Paulo ao ser confundido com meninos pedintes. E ainda que fosse um garoto pedinte, esta seria a atitude mais acertada?

O caso tem repercutido nas principais redes sociais, assim como em outros veículos de comunicação. E é por isso que estamos levantando essa questão, para chamar a atenção da galera e lembrar que racismo é crime inafiançável, de acordo com a Constituição de 1988.

É importante ressaltar que estamos dando exemplo de uma situação onde foram tomadas as providências cabíveis. Mas lembremos de que acontecimentos como esse são constantes para a maioria da população negra no Brasil.

Na Bahia, onde está concentrada a maior população negra fora do continente africano, atitudes preconceituosas são recorrentes, sobretudo em ambientes como shopping, teatros, restaurantes, lojas, supermercados, entre outros.

Muitas vezes, situações desse tipo não chegam ao conhecimento das autoridades e por isso continuam impunes.

Então, não hesite em denunciar todo tipo de preconceito que presenciar.

Dessa forma, estaremos contribuindo para uma sociedade mais justa!