Vídeos sobre mudanças climáticas enriquecem aulas nas escolas estaduais

Alunos da rede pública de ensino estão tendo acesso ao conteúdo dos vídeos educativos produzidos para a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) cujo tema foi “Mudanças Climáticas, Desastres Naturais e Prevenção de Riscos”. O conteúdo, distribuído para 2.200 escolas da rede estadual, é composto de quatro vídeos de 20 minutos cada com plano de aula para alunos do 8° e 9° ano do Ensino Fundamental II.

Participam dos vídeos oito dos principais cientistas brasileiros, que abordam os novos desafios do planeta terra, debatendo os seguintes assuntos: Ciência na Escola, Ciência do Clima, Mudanças Climáticas e Desastres Naturais.

O material integra o ‘circuito virtual’, lançado durante a SNCT, que aconteceu de 17 a 23 de outubro, numa promoção do Ministério da Ciência e Tecnologia e Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia (SECTI).

Entendimento 

Rosângela Maria Silva, professora de Geografia e vice-diretora do colégio estadual Hildete Lomanto, no bairro do Garcia, em Salvador, exibiu nesta segunda-feira (31), um dos vídeos para alunos do ensino fundamental. Ela elogiou a iniciativa da SECTI e da Secretaria da Educação, dizendo que o conteúdo é bem didático e facilita a compreensão dos estudantes.

“O vídeo sobre mudanças climáticas mostra, por exemplo, que se cada um fizer a sua parte, o planeta vai ter menos problemas ambientais”, disse. A professora ressalta ainda que as imagens fortes do vídeo facilitam o entendimento de que a cada ano que passa o ser humano está tirando mais da natureza. “Nós temos que ter consciência que também fazemos parte do meio ambiente e que devemos economizar os recursos naturais”.

O estudante Carlos Eduardo, 13 anos, mora no bairro da Federação e diz que gostou do conteúdo exibido na sala. “É uma forma diferente de abordar esse tema tão importante para todos nós”, diz o jovem que não está acostumado com esse tipo de material em sala de aula.

Apoio didático 

A estudante Josinanda Souza Soares, 15 anos, diz que o vídeo serviu para uma reflexão sobre hábitos simples do cotidiano, que podem contribuir para salvar o planeta. “Em vez de ficar na frente do computador o tempo todo, os jovens têm que buscar estudar e praticar esportes”, ressalta a jovem. E ela garante que faz sua parte em casa, apagando a luz sempre que sai de um ambiente.

O secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Paulo Câmera, destaca a importância desses vídeos para estimular a curiosidade entre os jovens. “Temos que fomentar o gosto pela ciência desde cedo para que possamos ter, no futuro, bons cientistas colaborando para o homologaolvimento do país”, ressalta o secretário.

Segundo Duwillami Arruda, da coordenação de Educação Ambiental da Secretaria da Educação do Estado, o intuito é formar Comissões de Meio Ambiente e Qualidade de Vida nas escolas estaduais e o material da SECTI servirá de apoio didático. Segundo Arruda, unidades de vários municípios já receberam os kits, como Jacobina, Itaberaba, Irecê, Jequié, Ruy Barbosa, Utinga e outros.

Fonte:http://www.comunicacao.ba.gov.br/noticias/2011/10/31/videos-sobre-mudancas-climaticas-enriquecem-aulas-nas-escolas-estaduais