Baianidade e Histórias no terceiro dia da Flica

O sotaque baiano invadiu a Flica, na manhã dessa quinta-feira (13). Estudantes de Cachoeira e cidades vizinhas compareceram em massa. O jornalista e escritor Gustavo Falcón, a escritora e diretora teatral Adelice Souza e o comunicólogo e também escritor Márcio Matos compartilharam suas experiências literárias, mediados pelo professor universitário Sérgio Rivero.

Sobre o processo criativo, Falcón contou que o dele foi construído a partir de sua história de vida, sempre privilegiando a reflexão: “A razão é vital, já que sou um ensaísta”. Matos lembrou da importância da literatura como instrumento que oferece tanto ao leitor como ao escritor um processo de significação das coisas. Ele disse: “O fascinante da literatura é o momento em que ela deixa de ser fato e passa a ser criação e recriação”.
Já Adelice afirmou que, em seus escritos, ela, enquanto pessoa, está sempre escondida e falou ainda que seu processo de escrita é teatral, carnal e corporal, influenciado pelas técnicas do Yoga. “É uma experiência completa”, concluiu.

A cidade de Cachoeira foi a protagonista na conversa da tarde. A mineira Ana Maria Gonçalves, autora do livro Um Defeito de Cor, declarou que, ao chegar nesta cidade em 2002, para realizar as pesquisas para o livro, encontrou a Cachoeira do século XIX: “Através dos olhos da personagem, uma africana escravizada desde a infância, eu via a Cachoeira daquele período”.

Ana Maria vê a literatura como uma grande viagem interior, guardiã do passado e transformadora do presente. “Ao escrever, eu buscava resgatar minha identidade negra”, acrescentou.

À noite, foi a vez do curitibano Leandro Narloch falar de seu livro Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil. Nele, Narloch vai na contramão da história oficial brasileira e desconstrói heróis, resgata personagens esquecidos, apresentando outras verdades.

O som de Magary, que mistura rock, reggae, funk, soul com ritmos tradicionais do Recôncavo baiano, fechou o terceiro dia da Festa Literária de Cachoeira.