Dia do Trabalhador

O Dia do Trabalhador está chegando e muitos ficam feliz por ser um feriado. É o momento que muitos aproveitam para se divertir em família, comemorar as conquistas obtidas pela classe trabalhadora. Mas já se perguntaram: Como surgiu o Dia do Trabalhador? Bem para isso teremos que voltar um pouco no tempo, precisamente para 1º de Maio de 1886.

A Revolta Haymarket

Chicago (EUA) 1º de Maio de 1886, milhares de operários, organizados pela Federação Americana do trabalho decidem fazer uma grande paralisação, reivindicando redução da jornada de trabalho que era 13 horas chegando a 17 horas para 8 horas. Essa paralisação foi mais do que uma manifestação local, mas uma greve geral em todo o Estados Unidos.
No dia 3 de maio, terceiro dia de paralisação, trabalhadores e policiais entraram em confronto, que acabou com um saldo de 50 feridos, centenas de prisões e 6 mortes. No quarto dia da greve uma bomba estourou junto ao local onde policiais estavam posicionados, matando um imediatamente e ferindo outros 7 que morreram mais tarde. A polícia imediatamente abriu fogo contra os manifestantes, ferindo dezenas e matando onze pessoas. Os oito organizadores da manifestação, militantes anarquistas, foram presos e incriminados pelo acontecimento, mesmo na ausência de evidências que os conectassem com o lançamento da bomba. Uma grande campanha foi organizada para salvar os militantes anarquistas. No entanto, quatro deles foram executados, um cometeu suicídio antes do enforcamento, e os três remanescentes receberam sentenças de prisão que foram revogadas em 1893, quando o governador concluiu que todos os oito acusados eram inocentes.
Três anos mais tarde, a 20 de Junho de 1889, a segunda Internacional Socialista reunida em Paris decidiu por proposta de Raymond Lavigne convocar anualmente uma manifestação com o objetivo de lutar pelas 8 horas de trabalho diário. A data escolhida foi o 1º de Maio, como homenagem às lutas sindicais de Chicago. Em 1 de Maio de 1891 uma manifestação no norte de França é dispersada pela polícia resultando na morte de dez manifestantes. Esse novo drama serve para reforçar o dia como um dia de luta dos trabalhadores e meses depois a Internacional Socialista de Bruxelas proclama esse dia como dia internacional de reivindicação de condições laborais.
Em 23 de Abril de 1919 o senado francês ratifica o dia de 8 horas e proclama o dia 1 de Maio desse ano dia feriado. Em 1920 a Rússia adota o 1º de Maio como feriado nacional, e este exemplo é seguido por muitos outros países. Apesar de até hoje os estadunidenses se negarem a reconhecer essa data como sendo o Dia do Trabalhador, em 1890 a luta dos trabalhadores estadunidenses conseguiu que o Congresso aprovasse que a jornada de trabalho fosse reduzida de 16 para 8 horas diárias.

Dia do Trabalho no Brasil

Até o início da Era Vargas (1930-1945) certos tipos de agremiação dos trabalhadores fabris eram bastante comuns, embora não constituísse um grupo político muito forte, dado a pouca industrialização do país. Esta movimentação operária tinha se caracterizado em um primeiro momento por possuir influências do anarquismo e mais tarde do comunismo, mas com a chegada de Getúlio Vargas ao poder, ela foi gradativamente dissolvida e os trabalhadores urbanos passaram a ser influenciados pelo que ficou conhecido como trabalhismo.
Até então, o Dia do Trabalhador era considerado por aqueles movimentos anteriores (anarquistas e comunistas) como um momento de protesto e crítica às estruturas sócio-econômicas do país. A propaganda trabalhista de Vargas, sutilmente, transforma um dia destinado a celebrar o trabalhador no Dia do Trabalhador. Tal mudança, aparentemente superficial, alterou profundamente as atividades realizadas pelos trabalhadores a cada ano, neste dia. Até então marcado por piquetes e passeatas, o Dia do Trabalhador passou a ser comemorado com festas populares, desfiles e celebrações similares. Atualmente, esta característica foi assimilada até mesmo pelo movimento sindical: tradicionalmente a Força Sindical realiza grandes shows com nomes da música popular e sorteios de casa própria.
Bem! pessoal como vimos o Dia do Trabalhador é comemorada desde o final do século XIX, a data é uma homenagem aos oitos anarquistas que organizaram a paralisação em Chicago (1886), que fico conhecida como a Revolta Haymarket. Eles foram presos e julgados sumariamente por dirigirem manifestações que tiveram início justamente no dia 1º de maio daquele ano.
Assim como os trabalhadores de Chicago lutaram por melhores condições justa de trabalho, devemos hoje dar continuidade as lutas que tem o objetivo de criar relações de trabalho livre da exploração da mão de obra, do trabalho infantil; lutar pelo fim do preconceito, racial, gênero e orientação sexual no mercado do trabalhado e tantas outras contradições.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Revolta_de_Haymarket