Onde está o Professor Web (2)? (História)

E aí, galera!

O que acham de conhecer um pouco mais a História da cidade do Salvador? Na foto, temos o registro de um bairro da cidade no século XX. Então, descubram que bairro é este.

Vocês conhecem o desenho “Onde está Wally?”. Seguindo esta linha, a pergunta é: Onde está o Professor Web?
Mandem suas respostas nos Comentários.
Confiram ainda um pouco da história que a foto traz e as mudanças que ocorreram nesta região.

Encontre o Professor Web e descubra que local da cidade é este.

 

 

Então conseguiram?

*
*
*
*
*
*
E ai?

*
*
*
*
*
*
*
*

Pronto, acho que vocês conseguiram, então respondam?

*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
Parabéns, vocês conseguiram, veja logo abaixo.

*
*
*
*
*
*
*

Resposta:

Descida da Rua Chile anos 30-40.

A rua chile foi construída em 1549 por Tomé de Souza com o nome de Rua Direita dos Mercadores, sendo a principal rua de Salvador. Em 16 de julho de 1902 a rua foi nomeada de Rua Chile em homenagem à esquadra da Marinha de Guerra do Chile que havia desfilado na cidade e, na época, era a terceira maior do mundo.

Em 1912, com o bombardeio a rua foi destruída, lojas foram incendiadas e prédios arruinados. Com a Reforma do Palácio do Rio Branco, a Rua Chile foi reinaugurada. Mais larga, asfaltada, com trilhos de bondes no sentido ida e volta, arquitetura de forte influência francesa, lojas, iluminação elétrica ao estilo parisiense. O lugar estava pronto para voltar a misturar trabalho e vida social.

A rua Chile concentrava em si boa parte do lazer de Salvador com o teatro São João, famoso pelos seus bailes de carnaval, e os Cines Guarany e Glória. Foi também na Rua Chile que os baianos viram o primeiro trio elétrico; a Fóbica de Dodô e Osmar.

Os Bondes

Em 1911, registrou-se a entrada em tráfego do bonde-salão, um veículo de luxo para recepções a notáveis autoridades em visita à cidade; casamentos, batizados e solenidades. Aparece também o bonde-assistência, utilizado para transportar doentes.

Em 1912 se inicia, de modo precário, a operação dos ônibus em Salvador. Nessa época, o bonde era a melhor alternativa de transporte na cidade. As companhias que operavam os bondes, porém, dependiam da importação de material e componentes do exterior, e sofreram grande abalo no período da 1ª Guerra Mundial, de 1914 a 1918, com uma considerável queda nos serviços e forte ataque da imprensa.

A Revolta do Quebra Bondes. – Em 1930, o povo, em protesto aos maus serviços e altas tarifas cobradas, tocou fogo em cerca de 60 bondes da Cia. Circular de Carris da Bahia, que acionou o governo e, tendo ganho de causa, não colocou mais bondes em serviço. Assim, durante bastante tempo, Salvador foi uma das cidades mais mal servidas de transportes urbanos do Brasil.

Num tempo em que o trio-elétrico ainda não fazia parte do carnaval, os bondes eram o centro das atenções. Durante o carnaval eram ornamentados, as bandas de fanfarras tocavam dentro dos bondes que saiam em desfiles pelas ruas da cidade.